Bom e barato

40 lugares para comer bem em São Paulo sem gastar muito

É possível comer bem na cidade e ainda economizar. Confira restaurantes, lanchonetes e bares que não pesam no bolso

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Para que você não sacrifique o prazer de comer fora mesmo em tempos de crise, preparamos uma lista com quarenta casas onde é possível fazer uma bela refeição sem gastar os tubos.   

É o caso do Clementina Forno & Fogão, que serve um bife ancho fininho com manteiga de cogumelo ou molho de mostarda ao lado de batata frita e salada por R$ 36,00. Justo, não? 

Agora, se a ideia for tomar um bom vinho sem esvaziar a carteira, o Canaille Bar tem um "double" da bebida: as taças, de 12 reais a 20 reais, são servidas no esquema peça uma, beba duas, das 18h às 20h, nos dias de semana. Quem prefere ir de garrafa, também pode ir sem medo. Por lá, 80% dos rótulos custam entre 49 reais e 99 reais.

Confira abaixo uma seleção de locais para comer bem sem deixar o salário na mesa.  

  • Brasileiros

    Arimbá

    Rua Ministro Ferreira Alves, 464, Perdizes

    Tel: (11) 3477 7063

    VejaSP
    Sem avaliação

    Não é exatamente a estreia da capixaba Angelita Gonzaga como chef na cidade. Ela comandou o Garimpos do Interior, na Vila Romana, no papel de titular do fogão. Agora, acaba de abrir o próprio negócio, onde mais uma vez se dedica às raízes culinárias caipiras de diversos rincões do país. Algumas são criações dela inspiradas em receitas existentes. É o caso da matula (R$ 29,50 a porção), um bolinho de farinha de milho recheado de galinha desfiada e um cheiro de queijo da Serra da Canastra. Mais substancioso, o rojão (R$ 48,90; 500 gramas) lembra uma cafta. Trata-se da carne de porco moída bem temperada e montada no espeto grosso de madeira. Outro de seus acertos é o boi no arado (R$ 42,50, para dois), uma chuleta com farofa e vinagrete um pouco mais firme para exercitar o maxilar. No caso dos pratos principais, as guarnições são pedidas à parte. O feijão-guandu-tropeiro (R$ 48,00, para dois) merece atenção pelo sabor. Evite o arroz pantaneiro (R$ 43,50), uma sem graça versão do arroz de carreteiro com dois ovos fritos por cima. De gostinho interiorano, a canjica vem com chantili de café (R$ 18,50) e faz a alegria do paladar. 

    Preços checados em 14 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Cervejas especiais

    Balcão 304

    Rua Pitangueiras, 304, Saúde

    Tel: (11) 4327 0017

    VejaSP
    8 avaliações

    Escondido em meio a quarteirões residenciais da região da Praça da Árvore, este bar é um achado. Seu salão, desprovido de qualquer formalidade, dispensa até garçons. No melhor clima de “lá em casa”, cabe ao cliente se dirigir até a estante de cervejas especiais, escolher um rótulo e solicitar a garrafa gelada diretamente no balcão. Do total de 120 possibilidades, selecionadas pelo sommelier de cervejas Rodrigo Sawamura e vendidas a preços convidativos, merecem ser destampadas ser destampadas. Outro acerto é a cozinha. Há um pequeno cardápio fixo de petiscos que lista o bom bolinho de mandioca com catupiry (R$ 25,00 a porção) e algumas sugestões que mudam ao sabor do dia. Às quartas tem sempre um food truck diferente que estaciona na porta e reforça essa seleção de comes.

    Preços checados em 30 de março de 2016.

    Saiba mais
  • Alemães

    Bierquelle

    Avenida Professor Papini, 169, Interlagos

    Tel: (11) 5666 3416

    VejaSP
    4 avaliações

    Para muitos, o restaurante é considerado longe de tudo — situa-se no extremo da Zona Sul, pertinho da Represa de Guarapiranga. Se você é dessa turma, deixe a preguiça de lado e dê uma chance à casa. E não é só pelo curioso salão que parece um chalé, escurinho e embalado por canções em alemão. Se quiser provar algum dos embutidos do cardápio, escale o “rodízio” (R$ 64,00), um prato com seis apetitosas variedades de salsicha e linguiça guarnecidas de chucrute e batata cozida. Não esqueça de lambuzar tudo com as cinco variações de mostarda — feitas ali também. Da lista de pratos principais, o páprica schnitzel (R$ 49,00), um bife fininho de pernil suíno empanado, chega coberto por molho de páprica, ótimo para molhar o spätzle, nhoque de farinha na forma de fios de macarrão que vem de acompanhamento. Para os amantes de fondues, há diferentes versões o ano todo, como a chamada diabo (R$ 137,00, para dois), de pimenta-verde mais queijos gruyère e estepe — de terça a quinta, tem 20% de desconto. Encerre a refeição com a curiosa panqueca de ovos coberta por calda de frutas e vinho (R$ 25,00), em porção farta.

    Preços checados em 28 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Boca de Ouro

    Rua Cônego Eugênio Leite, 1121, Pinheiros

    Tel: (11) 4371 3933

    VejaSP
    23 avaliações

    O bolovo continua o petisco queridinho do público, que adora compartilhar a foto do quitute nas redes sociais. De tanto ser servida, a receita parece cada vez melhor. Apesar de carecer de um tico de sal, a carne se mostra mais úmida e de casquinha crocante, e o ovo do recheio surge coma gema mais molinha que nunca. Custa R$ 9,00. Outro acepipe dos bons tem a forma de pepininhos em conserva à milanesa (R$ 8,00 a porção pequena), de comer um atrás do outro. Na hora de bebericar, fazem bonito o clássico negroni (R$ 24,00) e o cassino (R$ 23,00), saborosa mistura de gim, limão-siciliano, licor marasquino e bitter de laranja. Completam a linha etílica por volta de vinte rótulos de cerveja, todas servidas em copo americano, caso da Júpiter IPA (R$ 19,00; 300 mililitros). Quase 100% dos assentos ficam no concorrido balcão, onde se acotovelam tipos noturnos que não raro fazem o horário do bar se estender. Mesas? Há uma de bilhar no piso superior, de uso gratuito.

    Preços checados em setembro/outubro de 2015.

    Saiba mais
  • Cozinha variada

    Bona

    Rua Álvaro Anes, 43, Pinheiros

    Tel: (11) 3812 8400

    VejaSP
    Sem avaliação

    Dos mesmos donos do Gardênia, o restaurateur Kike Moraes e o chef Raúl Florenza, esse endereço variado tem uma atmosfera encantadora. No salão de paredes de tijolinhos pintados de brancos, há vasos com samambaias e cactos no salão, muita entrada de luz natural durante o dia e iluminação bem cuidada durante a noite. O clima é “de casa” — mas uma casa bem planejada. Também no cardápio há essa impressão de simplicidade caprichada. Entre os pratos do dia, há picadinho de filé-mignon acompanhado de ovo cozido em baixa temperatura (R$ 39,00), às quartas, e bacalhoada (R$ 43,00), às sextas. No almoço, há ainda opções de prato executivo a partir de R$ 33,00. Do cardápio regular, invista na entrada de polvo firme na medida, cortado fininho e disposto sobre um creme de batata (R$ 41,00), seguido do estrogonofe preparado com ketchup artesanal da marca Strumpf (R$ 39,50). Antes do expresso bem tirado, refresque o paladar com a torta de limão (R$ 12,50). 

    Preços checados em 10 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Hamburguerias

    Bullguer

    Rua Diogo Jácome, 606, Moema

    Tel: (11) 3044 2757

    VejaSP
    33 avaliações

    Atire a primeira batatinha quem nunca levou um susto na hora de acertar a conta numa hamburgueria da nova geração. Para nossa sorte, vez ou outra surgem lugares dispostos a cobrar menos sem falhar no capricho. É o caso desta lanchonete comandada pelo chef e sócio Thiago Koch. As poucas opções do menu custam de R$ 16,00 a R$ 22,00. A combinação simples e deliciosa de carne, queijo, cebola-roxa, tomate e alface, por exemplo, sai a R$ 18,00. Esse preço se equilibra nos pilares qualidade e quantidade. A escolha pela cara carne black angus só foi possível com a proposta de preparar um disco de carne fininho. Ele tem 100 gramas, mas é servido sempre suculento. Se a onda sugere usar ingredientes naturais, optar por um queijo prato processado e batatas congeladas pode parecer um tiro no pé. Mas o remo contra a maré “gourmet” deu certo por aqui: em um mês são vendidos cerca de 14 000 hambúrgueres. Uma segunda unidade, na Vila Madalena, foi inaugurada em novembro de 2015.

    Preços checados em 23 de dezembro de 2015.

    Saiba mais
  • Vinhos

    Canaille Bar

    Rua Cristiano Viana, 390, Pinheiros

    Tel: (11) 3898 3102

    VejaSP
    4 avaliações

    Você toma vinho quando: a) a temperatura cai; b) está em clima de romance; c) vai saborear um belo prato; d) todas as alternativa anteriores e outras mais. A sommelière Marina Bertolucci marcaria a última opção. Sempre é dia da bebida para a ex-advogada, que montou este wine bar desencanado na companhia do empresário francês Frederic Laplace, outro defensor de rodar uma taça sem frescura. O preço das garrafas dos 62 rótulos da casa raramente ultrapassa os dois dígitos — mais de 80% delas custam entre R$ 55,00 e R$ 99,00. “Tive de experimentar muita coisa”, conta a proprietária (e gerente, e compradora, e garçonete...), referindo-se à tarefa de montar a carta, que durou seis meses. “E, se aumentar de valor, tiro o vinho.” Nos dias de semana, as 23 opções em taça (de R$ 12,00 a R$ 20,00) são servidas no esquema peça uma, beba duas, das 18h às 20h. Para petiscar, batatas rústicas a R$ 18,00.

    Preços checados em 4 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Docerias

    Casa de Bolos - Pinheiros

    Rua Deputado Lacerda Franco, 39, Pinheiros

    Tel: (11) 2305 9512 ou (11) 3097 0991

    VejaSP
    3 avaliações

    A onda de endereços especializados em bolos caseiros parece ter dado uma amainada, mas essa rede de Ribeirão Preto, no interior do estado, não para de ganhar lojas pelo país. Haja fermento! São mais de 200, cinquenta delas somente na capital paulista, nas quais cerca de 45 receitas se revezam nas vitrines, entre tortas, cucas e bolos caseiros. Dessa última seção, tem massa fofa e aroma de fruta fresca o bolo de laranja. Custa R$ 13,00, o mesmo preço da versão de fubá com erva-doce, comedida na quantidade de açúcar. Quem prefere algo mais meloso, pode levar para casa o de churro, que exibe massa com canela e recheio de doce de leite (R$ 22,00). Assim como os outros, é perfeito para acompanhar o cafezinho passado em casa.

    Preços checados em 13 de setembro de 2016.

    Saiba mais
  • Portugueses

    Casa Portuguesa

    Rua Cunha Gago, 656, Pinheiros

    Tel: (11) 3819 1987

    VejaSP
    1 avaliação

    Apertadinha, a casa de esquina tem alguns dos salões com teto translúcido, que permite a entrada de luz natural. O restaurante de Maria João Martins funciona só para o almoço e está sempre cheio. Para a entrada, ela sugere um bolinho de bacalhau pequeno e baratinho (R$ 4,00), frito em formato que lembra o de um croquete, ou uma boa alheira (R$ 29,00). Há uma adequada variedade de pratos em tamanho individual. Seja na versão à estalagem (R$ 46,00), do pescado servido em lascas com batata ao murro e farofa de couve, ou à ribeiro alves (R$ 53,00), cozido com batata, ovo, cebola e brócolis, o bacalhau do Porto vem absolutamente sem sal. Uma pitadinha a mais e pronto. Uma tortinha de amêndoa com coco (R$ 6,90) é a opção doce sem gema de ovo para fechar a refeição. 

    Preços checados em 17 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Chocolates

    Chocolates Marghi

    Rua Nossa Senhora Do Outeiro, 537, Interlagos

    Tel: (11) 5666 0877

    VejaSP
    2 avaliações

    Para entrar na loja, que funciona em uma casa amarela de esquina, é preciso apertar a campainha e esperar uma das atendentes abrir a porta. Do lado de dentro, fisgam o olhar as vitrines repletas de bombons moldados com matéria-prima belga e vendidos a R$ 200,00 o quilo. Derretem na boca versões como a de chocolate ao leite com pistache torrado em pedaços ou, ainda, as tentadoras trufas recheadas de maracujá. Boa opção para presente, o nouga tem formato de sapatinho passa na balança pelo mesmo valor. O preço do quilo sobe para R$ 242,00 entre as receitas que levam marzipã. Também estão nas prateleiras a geleia de laranja (R$ 10,00 a pequena), feita com a polpa e a casca da fruta, o que deixa um agradável gostinho amargo na boca, e os biscoitos de produção própria. O de mel (R$ 16,00, 200 gramas), em forma de coração, vai muito bem ao lado de uma xícara de Nespresso (R$ 5,00).

    Preços checados em 10 de fevereiro de 2016.

    Saiba mais
  • Cozinha variada

    Clementina Forno & Fogão

    Rua Oscar Freire, 1582, Pinheiros

    Tel: (11) 3062 1130

    VejaSP
    Sem avaliação

    Deixe qualquer expectativa altíssima que o nome de Carla Pernambuco possa sugerir do lado de fora desse minúsculo endereço de almoço. A ideia da chef e sua sócia Carolina Brandão é servir comida saborosa, naquele preço que dá para pagar sem estourar o orçamento do mês. Na despretensão, elas conquistam a simpatia da clientela, que volta para provar os pratos do dia e algumas pedidas fixas, como o bife ancho fininho com manteiga de cogumelo ou molho de mostarda ao lado de batata frita (daquela congelada mesmo, mas bem fritinha) e salada. Pela refeição, pagam-se R$ 38,00. No meio da tarde, passe só para comer a coxinha de frango com catupiry (R$ 16,00 por quatro unidades) ou a empada de pupunha, milho e queijo cremoso (R$ 11,00). Não importa o horário, só não cometa o crime de não provar o sorvetão de leite em pó com doce de leite (R$ 15,00). Nesse caso, o índice glicêmico supera qualquer expectativa, mesmo as altíssimas.

    Preços checados em 13 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Salgados

    Comedoria Gonzales

    Rua Pedro Cristi, 89, Pinheiros

    Tel: (11) 3813 8719

    VejaSP
    4 avaliações

    Quem comanda o espaço localizado dentro do Mercado Municipal de Pinheiros é o chef boliviano Checho Gonzales, um dos idealizadores da pioneira feira de comida de rua O Mercado. Mesmo que o cardápio, pintado numa lousa na parede, seja rotativo, há boas pedidas que estão sempre por lá. Do forno, por exemplo, saem galeto em especiarias e costelinha suína que descola facilmente do osso de tão macia (R$ 17,00 cada um). Todas as opções podem vir acompanhadas de um tipo de batata-inglesa ao alecrim, bolinha ao alho e doce ao aroma de tomilho. Chega sempre quentíssima a gostosa salteña de carne (R$ 9,00). Além de um ceviche feito com peixe do dia (R$ 21,00) — comprado sempre fresco ali mesmo nos fornecedores do mercadão —, há a opção de frutos do mar (R$ 23,00), na qual entram lula e camarão mais peixe. Arremate com o três leches (R$ 9,00), um pudim de pão de ló com doce de leite no topo.

    Preços checados em 26 de abril de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Empório Nordestino

    Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 144, Freguesia do Ó

    Tel: (11) 3931 3101

    VejaSP
    1 avaliação

    É uma das casas que margeiam o Largo da Matriz, ponto de encontro da Freguesia do Ó com jeitão de interior. Dentro do casarão rústico e arejado ou numa das mesinhas da calçada, dá para pedir boas receitas do sertão em porções fartas. Boa ideia de tira-gosto, o bolinho de mandioca e bacalhau (R$ 20,50; dez unidades) faz casório com a caipirinha de limão e melaço (R$ 16,50). Parta então para a carne-de-sol salgadinha feita com contrafilé e passada pela brasa. A chamada paraibana vem à mesa coberta de queijo de coalho na companhia de um pote de feijão-verde tropeiro e mandioca frita, em porção para duas ou três pessoas (R$ 95,00 e R$ 105,00, respectivamente). Em qualquer um dos tamanhos, a pedida dá direito ao bufê de saladas e guarnições, em que aparecem paçoca de carne-seca e purê de abóbora, entre outras pedidas. O senão fica para o final: o pudim de tapioca (R$ 7,50), consistente demais.

    Preços checados em 19 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Garimpos do Interior - Vila Romana

    Rua Marco Aurélio, 201, Vila Romana

    Tel: (11) 2339 5008 ou (11) 3862 9345

    VejaSP
    6 avaliações

    Ir ao restaurante é uma forma de dar um tempo da correria da cidade grande sem sair dela. Nesta casa com quintal na Vila Romana, dá para tomar sem pressa um café coado na hora (R$ 4,50) e uma cachacinha (R$ 12,00 a dose da mineira Vale Verde). O cardápio, repleto de receitas de jeitã ocaipira, sugere para começar o cocoricó (R$ 11,50), caldo cremoso de galinha, mandioquinha e milho. Da seleção de pratos principais, a carne de panela (R$ 82,00 para dois) é composta de nacos de coxão-mole e batata em um molho vermelhinho, próprio para comer com o arroz. Feijão, couve refogada e farofa complementam a pedida. Disponível apenas aos sábados, a feijoada (R$ 78,00 para dois) leva feijão-preto e não mais o manteiga, que era utilizado pela antiga chef, Angelita Gonzaga, agora no comando do Arimbá. Os minichurros preparados com farinha de milho (R$ 15,50) podem ser mergulhados tanto em doce de leite quanto em melaço. Trata-se de uma receita “sem glúten”, como indica o cardápio, num inevitável momento “tempos modernos”.

    Preços checados em 28 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Hamburguerias

    Hambúrguer do Seu Oswaldo

    Rua Bom Pastor, 1659, Ipiranga

    VejaSP
    18 avaliações

    O número de quadros na parede que comprovam o prestígio desta hamburgueria de bairro é maior do que as sugestões listadas no cardápio. A versão impressa do menu, aliás, quase não é requisitada por ali. A maioria dos clientes já chega com a escolha na ponta da língua: “Me vê um cheese salada”, diz um. “Para mim, um cheese egg”, pede o outro. Por tais combinações, pagam-se R$ 15,00 e R$ 16,50, respectivamente. Para acrescentar alface e maionese junto do ovo frito de gema firme vão mais R$ 2,00. Assim como a saída dos sandubas, a rotatividade de lugares também é rápida. Vale avisar: a casa trabalha apenas com dinheiro.

    Preços checados em 2 de março de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Herdade

    Avenida Brigadeiro Faria Lima, 4199, Itaim Bibi

    2 avaliações
  • Peixes e frutos do mar

    Il Pesce di Eataly

    Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1489, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3279 3300

    VejaSP
    Sem avaliação

    Repleta de pescados filetados e outros inteiros, a peixaria do Eataly desperta a veia cozinheira de quem gosta de comer. Para não ter trabalho, dá para provar alguns dos itens logo ao lado, no restaurante especializado em frutos do mar. Durante a semana, para não pegar fila, é preciso chegar antes do meio-dia, quando a maioria das empresas ao redor faz a pausa para o almoço. O atum em crosta de pistache vem acompanhado de tomate assado (R$ 62,00). Para abrir o apetite, o couvert com pão italiano feito lá mesmo e azeite basta.

    Preços checados em 6 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Japoneses

    Ikeda Ya

    Rua Alfredo Pujol, 1796, Santana

    Tel: (11) 3853 1970

    VejaSP
    14 avaliações

    No piso superior deste boteco japonês, uma salinha reservada acolhe grupos como intuito de se divertir no karaokê (R$ 50,00 a hora até a meia-noite), entoando hits orientais e ocidentais. Quem não tem coragem (ou talento) de soltar o gogó pode escolher uma das mesas do salão moderninho e se ater ao cardápio de petiscos simples e benfeitos criado pelo proprietário Mário Ikeda. Ex-apresentador de rádio e televisão, ele mesmo cuida da cozinha, de onde expede o saboroso okonomiyaki (R$ 35,90 o grande), que lembra uma panqueca de massa leve feita com polvo durinho e camarão. Chamadas de wantomoe (R$ 10,90 a porção), as trouxinhas de massa crocante recheadas de carnes bovina e suína ao gengibre ganham a companhia de maionese de wassabi. Para bebericar, aposte na boa e velha cervejinha, caso da japonesa Sapporo (R$ 18,90 a long neck).

    Preços checados em 19 de agosto de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    La Gorgona

    Rua São Miguel, 22, Bela Vista

    Tel: (11) 3256 9215

    VejaSP
    1 avaliação

    Tem pinta de botequim, mas com televisores que exibem clipes de bandas indie e um cardápio dedicado aos quitutes latinos. Inaugurado em março por três amigos colombianos, este sobrado fica numa travessa da Rua Frei Caneca e atrai um público variado: casais, descolados, gays... No maior estilo desencanado, o pessoal esvazia garrafas de cerveja (Original, R$ 10,00) e beberica doses de rum, caso do Viejo de Caldas (R$ 15,00). A estrela dos petiscos é a arepa, que vem na forma de um disco de massa de milho branco passado pela chapa. Na versão aperitivo (R$ 14,00 a porção), as chamadas arepitas levam queijo de minas e mussarela e ganham a companhia de molhos à escolha. Não deixe escapar a banana verde frita (R$ 9,00 quatro unidades), chamada de patacón, de casquinha crocante. Em tempo: gorgona, ou medusa em português, faz referência a uma paradisíaca ilha na Colômbia.

    Preços checados em 18 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Salgados

    La Guapa Empanadas

    Rua Bandeira Paulista, 446, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3079 2631

    VejaSP
    10 avaliações

    No começo do ano abriu uma filial dentro da Livraria da Vila do Jardim Paulista. O cardápio ali, idêntico ao da matriz, tem como especialidade as acertadas receitas de empanada da sócia e chef argentina Paola Carosella. A massa levinha ganha oito tipos de recheio. Agradam bastante o que combina carne, azeitona, ovo caipira e batata cozida e o salgado preenchido por uma cremosa mistura de espinafre com mussarela. Para os que abrem mão de comer qualquer ingrediente de origem animal, vale pedir a saborosa empanada vegana, com massa feita de focos de quinoa e, no interior, espinafre, abóbora, abobrinha e noz-pecã. Todas são vendidas por R$ 6,90 a unidade e, para distinguir o sabor, elas são assadas em formatos diferentes. O cardápio contempla ainda uma salada (R$ 17,90), cuja composição é escolhida pelo cliente, com itens como queijo da Serra da Canastra e tomate-cereja. Não vá embora sem provar o sorvete de doce de leite feito na casa, servido em potes com uma ou duas bolas (R$ 9,00 e R$ 15,00, respectivamente). Chamado de lanche, o combo de um café mais uma empanada, sorvete ou alfajor custa R$ 15,00.

    Preços checados em 18 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Italianos / Cantina / Trattoria

    La Pergoletta

    Rua Itapura, 1478, Tatuapé

    Tel: (11) 2092 3330

    VejaSP
    9 avaliações

    Fundada no Tatuapé, a cantina querida pelos moradores da Zona Leste começou sua “marcha ao oeste” com uma pequena filial na Rua Doutor Renato Pais de Barros, onde serve hoje apenas pratos individuais. No mesmo bairro, ganhou no meio deste ano uma filial maior na Rua Pais de Araújo, onde o sistema de funcionamento segue o da matriz: porções fartas para dois. Depois da bruschetta de tomate picadinho com mussarela (R$ 22,00), quem gosta muito de queijo pode pedir as conchas recheadas de quatro queijos ao molho de tomate com manjericão (R$ 94,00, para duas pessoas). Por engano, os camarões com espaguete artesanal, catupiry, presunto cru e alcachofra (R$ 145,00) podem ser trocados pelos crustáceos com alho, azeite, tomate fresco e manjericão com penne ao pomodoro (R$ 128,00). Uma desatenção do salão, salva pela cozinha: ambos os pratos são saborosos. Está de malas prontas para Los Angeles? Há uma filial do restaurante também por lá.

    Preços checados em 28 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Latinos

    La Peruana Cevichería

    Alameda Campinas, 1357, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3885 0148

    VejaSP
    3 avaliações

    Não é difícil encontrar na cidade restaurantes que também adotaram o formato de food truck, como o Mocotó. Na contramão dessa tendência, o La Peruana nasceu como uma cozinha sobre rodas que atrai um montão de gente desde o ano passado. Agora, seu pequeno salão igualmente se tornou um sucesso instantâneo, com inevitáveis filas para quem não chega cedo nos fins de semana. O público procura por receitas simples e saborosas. O ceviche clássico (pescada-branca no leite de tigre, caldo de limão, temperos, pimenta com milho e purê de batata-doce; R$ 25,00), o trio de causas (batata amassada na forma de bolinhos frios cobertos por polvo, frango e camarão com siri; R$ 23,00) e o bolinho de mandioca recheado de carne bem temperada (R$ 21,00; seis unidades). De prato principal, o polvo parrillero (R$ 50,00) é o molusco grelhado com batata, cogumelo-de-paris, tomate e molho verde. Na sobremesa, o suspiro limeño (R$ 12,00), feito com vinho do Porto e apoiado sobre doce de leite, tem um gosto de “quero mais”.

    Preços checados em 21 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Japoneses

    Lamen Kazu

    Rua Tomás Gonzaga, 51, Liberdade

    Tel: (11) 3277 4286

    VejaSP
    12 avaliações

    Ficar na fila é praxe por aqui, mesmo para quem chega sozinho durante a semana e topa se sentar no balcão. Para agilizar o atendimento, o próprio hostess entrega o cardápio e anota o pedido antes mesmo de você se sentar. Uma vez acomodado, vai bem a porção de guioza de carne de porco batida na massa bem fina (R$ 23,00). Entre uma mordida e outra, observar a confusão organizada da minúscula cozinha é uma diversão. Parece improvável que ninguém se queime enquanto prepara o shio yassai (R$ 38,00), única versão de caldo vegetariano bem leve e fumegante onde são mergulhados fios grossos de massa, repolho, cenoura, alga marinha, cebolinha e gergelim. Na hora da sobremesa, o choux cream (R$ 5,20), uma carolina gigante recheada de creme servida num plástico, pode causar desconfiança. Mas não precisa não: ela é uma delícia.

    Preços checados em 5 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Espanhóis

    Maripili

    Rua Alexandre Dumas, 1152, Chácara Santo Antônio

    Tel: (11) 5181 4422

    VejaSP
    12 avaliações

    Imagine uma esquina concorrida. Agora acrescente filas de espera demais de meia hora, mesmo durante a semana. Assim é esse espanhol fora da rota convencional dos restaurantes. A clientela animada por vinhos em taça (a partir de R$ 11,00) ou pelo drinque tinto de verano (R$ 8,00) muitas vezes fica só nos petiscos, como o presunto cru servido com pães repostos constantemente (R$ 32,00) e a tortilha de batata (R$ 8,00). Nos dias de calor, invista no gaspacho bem ácido (R$ 8,00). Guarde apetite também para os pratos principais, de preços bem atraentes, a exemplo do solomillo (R$ 39,00), um saboroso filé ao molho de mostarda de Dijon. No quadro-negro, há ainda opções do dia. Para fechar, uma crema catalana bem docinha (R$ 10,00).

    Preços checados em 6 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Mocotó

    Avenida Nossa Senhora do Loreto, 1100, Vila Medeiros

    Tel: (11) 2951 3056

    VejaSP
    36 avaliações

    Se você não mora por perto do Mocotó, explicamos aqui os motivos pelos quais compensa ir ao restaurante-botequim em um dos extremos da Zona Norte. Além de muito boa, a comida é barata. Ainda não se convenceu? Basta provar o torresmo grande e carnudo (R$ 7,90), que vai à mesa cortado em pedaços. Também comprovam quanto vale a visita os outros petiscos e entradinhas, entre eles o feijão-de-corda no caldo com linguiça defumada, maxixe e quiabo (R$ 21,90).O cardápio segue com receitas do sertão nordestino, introduzidas pelo fundador da casa, José de Almeida, e revisada pelo filho dele, o chef Rodrigo Oliveira. Uma delas é o atolado de bode, cozido de carne de carneiro em pedaços com mandioca (R$ 49,90). Mais recente, a pescadinha do são francisco é um ensopado de pintado ao molho de tomate fresco com mix de arrozes agulhinha, integral vermelho e cateto parboilizado mais farofa de coco (R$ 49,90). O cremoso pudim de tapioca (R$ 14,90) ajuda a deixar a circunferência da cintura um pouco mais ampliada, mas que traz uma dose de felicidade, isso não há como negar. Quem não chega cedo aos fins de semana — o ideal é aparecer por lá minutos antes de a casa abrir — só não amarga na fila porque tem como antídoto uma das ótimas caipirinhas.

    Preços checados em 5 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Italianos

    MoDi

    Rua Alagoas, 475, Higienópolis

    Tel: (11) 3564 7031

    VejaSP
    13 avaliações

    O charmoso Edifício Paquita, a primeira sede do MoDi, não foi suficiente para acomodar a clientela, que vai em busca das caprichadas receitas do chef e sócio Diogo Silveira. A solução foi abrir uma filial bem pertinho, no Shopping Pátio Higienópolis. Nesse endereço, igualmente concorrido, o cardápio é idêntico. Provam-se massas como lasanha de berinjela com massa branca e verde ao molho de tomate e pesto (R$ 35,00). Entre as inclusões do menu mais recentes estão o peixe do dia, na companhia de tagliolini ao alho e óleo e molho beurre meunière (R$ 43,00) e o entrecôte grelhado acompanha polenta cremosa, tomate confit e cogumelos (R$ 46,00). Para acompanhar esses e outros pratos, há uma carta de vinhos de ótima relação qualidade-preço, escolhida a melhor da cidade nesta edição de VEJA COMER & BEBER. No arremate, faz sucesso o pudim de limão-siciliano (R$ 13,00).

    Preços checados em 2 de agosto de 2016.

    Saiba mais
  • Hamburguerias

    Na Garagem

    Rua Benjamim Egas, 301, Pinheiros

    Tel: (11) 3097 9031

    VejaSP
    7 avaliações

    Com apenas dois hambúrgueres no cardápio, esta pequena lanchonete consegue manter um público cativo, que chega aformar fila diante do caixa. E isso não mudou nem mesmo depois que o capricho das pedidas passou a desandar. As batatas fritas cortadas em gomos (R$ 8,00), por exemplo, nem sempre chegam crocantes e sequinhas — a porção pode oscilar entre o excesso de óleo e a fritura passada do ponto. O custo-benefício dos hambúrgueres, por sua vez, continua intocado. O cheese salada (R$ 23,00) é montado com 130 gramas de carne temperada com sal e pimenta-do-reino, queijo prato, alface-americana, tomate, cebola-roxa e molho de cenoura e mandioquinha. Para acrescentar bacon ou queijo, pagam-se mais R$ 1,00 e R$ 3,50, respectivamente. Por R$ 1,00 extra também dá para trocar o pão por uma versão integral. A segunda opção do menu é para os vegetarianos. Custa R$ 23,00 e combina um disco feito de arroz integral, feijão-preto, quiabo, coentro e cebolinha com os mesmos complementos do lanche carnívoro.

    Preços checados em 30 de março de 2016.

    Saiba mais
  • Italianos

    Nello's

    Rua Antônio Bicudo, 97, Pinheiros

    Tel: (11) 3082 4365

    VejaSP
    8 avaliações

    O sucesso da matriz em Pinheiros se repete na filial da Vila Leopoldina. O cardápio aprovado pelo falecido fundador Nello Roberto de Rossi é supervisionado hoje em dia pelo olhar atento de sua mulher, dona Rina, eleita personalidade gastronômica no ano passado. Em família, ela mais os filhos e o genro garantem a regularidade das receitas, seja no atraente cardápio executivo, seja no à la carte. Para uma massa saborosa e mergulhada em molho branco, peça o nhoque que leva o nome da proprietária. Feito com ricota de búfala e espinafre, ele chega à mesa gratinado, por R$ 37,00.

    Preços checados em 6 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Franceses

    Oui

    Rua Vupabussu, 71, Pinheiros

    Tel: (11) 3360 4491

    VejaSP
    3 avaliações

    O chef e sócio Caio Guerreiro Ottoboni, ex-braço-direito de Erick Jacquin, usa o melhor do mercado para elaborar as receitas. Essas sugestões fazem parte também do menu executivo (R$ 49,00) — o melhor da cidade por até R$ 50,00 segundo a última edição VEJA COMER & BEBER —, servido de terça a sábado no almoço. A fórmula com entrada, prato e sobremesa pode trazer opções como o peito bovino ao molho de vinho tinto com purê de batata. A linha bom e barato estende-se ao jantar e ao almoço de domingo, quando se oferecem menus fechados a preços igualmente razoáveis. Dá para escolher dois (R$ 65,00) ou três itens livremente do cardápio (R$ 75,00). A outra pedida é o menu confiança em cinco (R$ 105,00) ou sete etapas (R$ 125,00). Se a intenção for provar apenas um clássico filé au poivre, o preço baterá em R$ 58,00.

    Preços checados em 5 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Mediterrâneos

    Paparyco

    Rua Cerro Corá, 719, Alto Da Lapa

    Tel: (11) 3023 2071

    VejaSP
    2 avaliações

    Numa região com poucas ofertas culinárias, essa casa surge como uma boa opção. Sua cozinha, de linhagem mediterrânea, inclui receitas de países, como Portugal, de onde vem o lombo de bacalhau ao forno colorido e perfumado por páprica com tirinhas de pimentão, cebola, tomate, brócolis e arroz (R$ 58,00). A Itália é representada pelo talharim fresco ao molho de tomate com camarão, polvo, lula e mexilhão (R$ 51,00). Ainda de lá, há o pernil de vitela fatiado com brócolis e batata (R$ 52,00).

    Preços checados em 21 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Cozinha contemporânea

    Petí Gastronomia

    Rua Cotoxó, 110, Perdizes

    Tel: (11) 3873 0099

    VejaSP
    1 avaliação

    De bandeja. Foi assim que o chef Victor Dimitrow, de 25 anos, ganhou o espaço no fundo da loja dos pais. Depois de estudar na Anhembi Morumbi (ele não se formou) e no Instituto Paul Bocuse, na França, ele aproveitou o aluguel na faixa para fazer uma casa de inspiração contemporânea a um preço beeem acessível. A empreitada misturou despojamento, compromisso e ousadia. Autoral, o menu completo custa R$ 43,50 — menos que em muito restaurante por quilo. Como ele consegue? Os itens são mutantes. Pode haver opções como o miolo de alcatra ao creme de tutano guarnecido de purê de batata-roxa e alface-romana. O próprio chef está dia sim, dia não na Ceagesp e no Mercado da Lapa para conseguir peixes e carnes. Apenas três funcionários dão conta do movimento de setenta pessoas aos sábados. Com espírito de equipe, dividem-se entre funções e mantêm o clima informal. Um dos garçons, Vitor Almada, por exemplo, cuida também da horta. Nas horas vagas, ele e Victor trocam dicas de skate.

    Preços checados em 19 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Pitico

    Rua Guaicuí, 61, Pinheiros

    Tel: (11) 3582 7365

    VejaSP
    2 avaliações

    Bem no estilo “ocupe a cidade”, o endereço ao ar livre se situa em um antigo estacionamento, que ganhou clima de pracinha com as cadeiras de praia distribuídas no espaço e muitas plantas. Se à tarde aparecem até famílias para um passeio “de leve”, ao cair na noite começam a pintar turmas de jovens descolados, simpatizantes do espírito eco-friendly que o lugar tem. Os copos em que são servidas bebidas como o aperol spritz (R$ 24,00), por exemplo, fazem a linha reutilizável, e hápias para que o pessoal os lave após o uso. Do bar instalado em um contêiner, também saem cervejas long neck, entre elas a Heineken (R$ 8,00). Em outro compartimento, petiscos são preparados, caso do kebab de faláfel (R$ 18,00). Todos os pedidos devem ser retirados pelos próprios clientes — não espere grandes confortos por lá.

    Preços checados em 24 de fevereiro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Sala da Sogra

    Rua Luís Góis, 1150, Mirandópolis

    Tel: (11) 2389 5519 ou (11) 2389 5520

    VejaSP
    8 avaliações

    A antiga residência da sogra de Marlon Sakamoto, um dos proprietários do estabelecimento, foi transformada em bar. Embora o lugar fique longe do circuito boêmio e tenha uma ambientação para lá de simples, merece a visita. O maior atrativo? A seleção de drinques saborosos, fáceis de beber e, o melhor, a preços que não machucam o bolso. Cheio de frescor, o chamado especial mojito (R$ 22,00) é uma versão do coquetel clássico com rum, tangerina, limão, suco de laranja e folhas de hortelã apenas levemente maceradas. Outra boa opção, mais docinha, atende por jack lemonade (R$ 22,00), uma mistura de uísque Jack Daniel’s, limão, licor Cointreau e refrigerante cítrico. Da cozinha, mostram-se boas opções os pastéis de carne-seca com requeijão e os de queijo gruyère, tomate e manjericão (R$ 32,00 cada porção).

    Preços checados em 18 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Salumeria Tarantino

    Rua Padre Carvalho, 227, Pinheiros

    Tel: (11) 3092 2337

    VejaSP
    Sem avaliação

    Tem jeitão simples este pequenino espaço tocado por GilbertoTarantino, também da Tarantino Beer, do BrewDog Bar e do Vinil Burger. O lugar investe em bons embutidos e queijos para petiscar na companhia de vinhos, a preços a partir de R$ 69,00 a garrafa — um mapinha improvisado explica as regiões de origem dos rótulos. Para abrir os trabalhos, peça a tábua de frios por vantajosos R$ 18,00 (a pequena), composta de salame, copa, pastrami, pancetta, queijo da Serra da Canastra, azeitonas, picles e frutas, que podem ser manga ou abacaxi — os itens variam de acordo com o dia. Outra boa pedida mastigável é o sanduíche de calabresa e queijo (R$ 16,00), preparado na ciabatta prensada.

    Preços checados em 5 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Hamburguerias

    Stunt Burger

    Rua José Jannarelli, 426, Morumbi

    Tel: (11) 3721 3538

    VejaSP
    2 avaliações

    Cabe ao cliente escolher os ingredientes e compor a própria receita. Para começar, é preciso decidir qual pão — com ou sem gergelim — vai receber o disco de carne, feito no ponto pedido. Depois, escolhem-se os acompanhamentos, entre os quais estão os queijos mussarela, cheddar, prato e gorgonzola, alface, tomate, cebola caramelada, picles e bacon. Qualquer que seja a combinação, o preço é sempre o mesmo: R$ 21,00. Para devorar ao lado do tradicional cheese salada, uma das montagens possíveis, peça a batata frita (R$ 10,00), que chega crocante e em porção suficiente para duas pessoas. Vale como uma sobremesa o cremoso milk-shake de paçoca (R$ 17,00).

    Preços checados em 3 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Cantina / Trattoria

    Taormina

    Alameda Itu, 251, Cerqueira César

    Tel: (11) 3253 6049

    VejaSP
    12 avaliações

    Nesta acolhedora casa dedicada apenas aos almoços, a fórmula é invariável. Há um menu completo com antepasto, prato principal, fruta de sobremesa e café acompanhado de um delicioso cannolo, o único item que permanece fixo na sequência. Quem toma conta de tudo é a proprietária e responsável pela cozinha Helena Maria Zamperetti Morici. Na seleção de receitas escaladas por ela, em especial as sicilianas, podem aparecer o fusilli ao molho de calabresa com ricota seca defumada e o sofiotti negro de tinta de lula com recheio de frutos do mar. Também aparece entre os antepastos a caponata de berinjela. De segunda a quinta, custa R$ 49,90 ou R$ 52,90 (massa recheada); na sexta, R$ 49,90, R$ 52,90 ou R$ 54,90 (com frutos do mar); aos sábados, domingos e feriados, o preço sobe para R$ 73,90.

    Preços checados em 21 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Tiquim

    Rua Cayowaá, 1301, Perdizes

    Tel: (11) 3582 9743

    VejaSP
    1 avaliação

    Fernanda Huerta, publicitária, e Bianca Battesini, chef de cozinha, deram um sopro de delicadeza à boa botecagem. No acanhado endereço, aberto pela duplad ois anos atrás, a decoração comporta alguns quadros coloridos, espelhos e prateleiras que formam uma biblioteca solidária, com livros doados pelos fregueses. As mesas têm forro de bolinhas e de outras padronagens igualmente fofas, tudo desprovido de qualquer afetação. Brilham no cardápio clássicos de botequim feitos com apuro por Bianca. São exemplos o bolovo, com meio ovo cozido envolto em massa de carne de panela e batata junto de mussarela, e a enorme coxinha (R$ 8,00 cada um), frituras mais que perfeitas para tabelar com a caipirinha de limão-cravo e uva (R$ 18,50, com cachaça paraibana Volúpia). Também dá para beber boas cervejas, como a Dama Tupi IPA, produzida em Piracicaba (R$ 26,00; 600 mililitros). O almoço é concorrido, com pratos de alma caseira e preço camarada, que atraem engravatados e modernos. Às quintas, por exemplo, sai uma ótima macarronada com almôndegas (R$ 19,00).

    Preços checados em 12 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Underdog

    Rua João Moura, 541, Pinheiros

    VejaSP
    7 avaliações

    Pouco a pouco, o paulistano vai se acostumando a abdicar do conforto em troca de um programa bom e barato — ou menos caro. É nesse cenário que surgem estabelecimentos como essa espécie de parrilla-bar, onde o cardápio fica na lousa e quase não há atendentes — é preciso aguardar um dos sócios se desocupar para tirar o seu pedido. Minúsculo, o espaço comporta apenas duas mesas e um balcão, além de outros assentos não muito aconchegantes na calçada. Da pequena churrasqueira, encaixada num dos cantos do salão, saltam bons cortes como o shoulder (R$ 54,00), extraído do dianteiro bovino. Vem no ponto solicitado, cheio de sumo e com um gostinho cítrico no tempero. Outra boa opção da grelha é o hambúrguer alto e saboroso no pão (R$ 20,00), que pode ser acrescido de queijo gorgonzola por mais R$ 5,00. O gim-tônica servido com fatias de pepino (R$ 19,00) ganha um intenso aroma de sementes de cardamomo — avise antes, se não gostar do condimento. Caso prefira uma cervejinha, há Heineken (R$ 8,00).

    Preços checados em 18 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Hamburguerias

    Vinil Burger

    Rua Padre Carvalho, 18, Pinheiros

    Tel: (11) 3881 5103

    VejaSP
    7 avaliações

    Você decide tudo nesta lanchonete onde não há sanduíches previamente montados. Depois de escolher o ponto da carne, que sai de uma grelha circular, basta conferir os complementos estampados na lousa e ir indicando os preferidos ao atendente do caixa. Há queijos cheddar, prato ou provolone, alface, tomate, cebolas caramelada e roxa, picles e bacon. Não importa o número de itens, qualquer combinação sai a R$ 22,00. Se pedir todos, verá que nem assim o sanduíche ficará exagerado. Além da porção simples de batata frita (R$ 9,00), sequinha e crocante, a casa lançou uma segunda versão chamada de chili fries (R$ 15,00), com camadas de chili levemente picante, molho com os queijos da casa e cebolinha salpicada no topo. Para molhar o bico, as cervejas artesanais ocupam mais de 50% das geladeiras e os rótulos rotativos são selecionados pelos proprietários André e Stefano Tarantino (da família da importadora de cervejas Tarantino) mais Marco Magri Daige.

    Preços checados em 22 de março de 2016.

    Saiba mais
  • Japoneses

    Yakitori

    Avenida dos Carinás, 93, Moema

    Tel: (11) 5044 7809

    VejaSP
    1 avaliação

    Pule a parte do cardápio dedicada aos fracos sushis e sashimis para investir no que interessa: os espetinhos de frango, conhecidos por yakitori. Da churrasqueira montada na entrada do salão vem pedidas como o fígado (R$ 7,10), a pele crocante e dourada (o mesmo preço) e também um item raro por aqui mas muito comum no Japão: a cartilagem da coxa com um pouco de carne (R$ 8,25). Na linha das invencionices, o menu inclui também receitas árabes orientalizadas, como a cafta (R$ 13,00) enrolada na folha de shissô, o chamado manjericão oriental, e o caprichado charuto de carne no oden (R$ 10,80), caldo de peixe com shoyu. A vantagem está principalmente nos preços camaradas deste restaurante que passou por uma reforma e dobrou de tamanho em fevereiro (2015). Diariamente no almoço, inclusive aos sábados e domingos, há opções de refeições completas, os teishokus, com preço entre R$ 41,00 a R$ 77,00. O frango aparece mais uma vez como o toriyaki (R$ 41,00), na forma de cubos grelhados sobre arroz junto dos acompanhamentos missoshiru, picles de pepino e chawan mushi, o flã de ovos salgado. Todo primeiro domingo do mês, a casa permanece fechada.

    Preços checados em 6 de julho de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO