La Peruana Cevichería (Desde 2015)

Tipos de Restaurantes: Latinos
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Alameda Campinas, 1357 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 38850148
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
quarta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
quinta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
sexta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
sábado
12:00 - 23:00
domingo
12:00 - 23:00
monetization_on

Faixa de preço

De R$0,00 a R$110,00

payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Estacionamento/Valet (R$ 20,00), Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (47), Comida (couvert) (Gratuito), Levar vinhos (permite) (R$ 40,00)

Resenha por Saulo Yassuda

É pequeno e concorrido o território culinário da chef Marisabel Woodman, que entrega à clientela uma apetitosa amostra de receitas típicas do Peru, seu país natal. Na versão clássica, o ceviche (R$ 29,00) leva cubos de peixe branco (em geral, pescada) com caldo de limão, cebola-roxa e pimenta mais um pouco de milho frito crocante e purê de batata-doce. Há, ainda, outras seis versões incrementadas da receita. Leva o nome de tacu-tacu anticuchero (R$ 35,00) o preparo composto de tiras de filé-mignon em uma rica marinada na companhia de uma massa de feijão-preto com arroz grelhado. Acompanham o prato as guarnições de banana-da-terra, ovo frito e molho de pimenta e cebola, que dá uma agradável acidez ao conjunto. 

Informações checadas entre julho e setembro de 2018. 

    Comer e beber

    • 2018 -

      Peruanos Comer & Beber .

      É pequeno e concorrido o território culinário da chef Marisabel Woodman, que entrega à clientela uma apetitosa amostra de receitas típicas do Peru, seu país natal. Na versão clássica, o ceviche (R$ 29,00) leva cubos de peixe branco (em geral, pescada) com caldo de limão, cebola-roxa e pimenta mais um pouco de milho frito crocante e purê de batata-doce. Há, ainda, outras seis versões incrementadas da receita. Leva o nome de tacu-tacu anticuchero (R$ 35,00) o preparo composto de tiras de filé-mignon em uma rica marinada na companhia de uma massa de feijão-preto com arroz grelhado. Acompanham o prato as guarnições de banana-da-terra, ovo frito e molho de pimenta e cebola, que dá uma agradável acidez ao conjunto. (Informações checadas entre julho e setembro de 2018). 

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2017 - Participante

      Restaurantes latinos Comer & Beber .

      Um ex-food truck, este pequeno restaurante de sofás coloridos e paredes branquinhas é dos mais concorridos. Muita gente espera pelo lugar no bar quase vizinho El Balcón, que a chef e proprietária Marisabel Woodman inaugurou em novembro. Prato de lei nos peruanos da cidade, o ceviche ganha sete versões aqui, entre elas a charapa (R$ 38,00). Combina salmão em cubos, pimentas, banana-da-terra, cebolaroxa, batata-doce, milho e coentro. Se a intenção for petiscar algo com as mãos, o bolinho de batata recheado de carne vem com um saboroso molho de pimenta (R$ 9,00). (Preços checados em setembro de 2017).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2016 - Participante

      Restaurantes bom e barato Comer & Beber .

      Desde que a peruana Marisabel Woodman trocou seu food truck por este restaurante, no ano passado, o endereço bomba. Se na estreia os pratos tinham um bom padrão, hoje eles oscilam um pouco na qualidade. O arroz com pato norteño, que acaba de sair do cardápio, vinha pobre em sabor e com a carne da ave dura. Em compensação, as tenras lulinhas na brasa (R$ 26,00) são deliciosas. Além do ceviche tropical (atum, manga, abacate ao limão e muito shoyu; R$ 36,00), vai bem a causa de polvo (R$ 22,00), cuja base é de batata amassada. (Preços checados em setembro/outubro de 2016).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Restaurantes bom e barato Comer & Beber .

      Originalmente um food truck, a casa acabou se transformando em um restaurante. E dos bons. O pequeno salão costuma lotar e as filas são inevitáveis. Entre o público que espera pacientemente, descolados, playbas e família tudo junto e misturado. Atraem as receitas simples e saborosas de Marisabel Woodman. A chef faz pedidas como o ceviche clássico (pescada-branca no leite de tigre, caldo de limão, temperos e pimenta com milho e purê de batata-doce; R$ 24,00), o trio de causas (batata amassada na forma de bolinhos frios cobertos por polvo, frango e peixe: R$ 19,00) e o bolinho de yuca (massa de mandioca com recheio que lembra a carne de uma empanada; R$ 21,00 por seis unidades). De prato principal, o polvo parrillero (R$ 49,00) é o molusco grelhado com batata, cogumelo-de-paris, tomate e molho verde. (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s