Boca de Ouro (Desde 2013)

Tipos de Bares: Bares variados
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Cônego Eugênio Leite, 1121 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 43713933
Horário:
segunda-feira
18:00 - 00:00
terça-feira
18:00 - 00:00
quarta-feira
18:00 - 00:00
quinta-feira
18:00 - 02:00
sexta-feira
18:00 - 02:00
sábado
18:00 - 02:00
domingo
Fechado
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Lugares/Capacidade total (25)

Resenha por Saulo Yassuda e Fábio Galib

Da fachada de vidro, já se vê o salão estreito e acolhedor no qual a freguesia celebra em volta do balcão feito de madeira, com tampo de fórmica negra e detalhes em cumaru. Você nunca sabe em qual das dezesseis concorridas banquetas conseguirá se sentar, muito menos quem beberá a seu lado — eis um mistério dos mais agradáveis para quem pinta por lá. Uma coisa é certa: atrás da bancada, a dupla de anfitriões estará presente, como nos melhores botequins. Ex-analista de sistemas, Renato Martins dedica-se ao atendimento. O ex-jornalista Arnaldo Hirai escolhe a trilha (Tom Waits é obrigatório) e prepara os bons drinques, em constante evolução. Com cópias pela metrópole — autorizadas ou não —, o cremoso macunaíma (cachaça, Fernet Branca, limão-taiti e açúcar; R$ 15,00) virou uma espécie de clássico local. Da seleção mastigável, o bolovo (R$ 12,00) é mais um hit, mas friturinhas como batata-doce (R$ 10,00) e picles de pepino empanado (R$ 10,00) são outras delícias botequeiras.

Preços checados em setembro de 2017.

    Comer e beber

    • 2017 - Vencedor

      Balcão de bar Comer & Beber .

      Da fachada de vidro, já se vê o salão estreito e acolhedor no qual a freguesia celebra em volta do balcão feito de madeira, com tampo de fórmica negra e detalhes em cumaru. Você nunca sabe em qual das dezesseis concorridas banquetas conseguirá se sentar, muito menos quem beberá a seu lado — eis um mistério dos mais agradáveis para quem pinta por lá. Uma coisa é certa: atrás da bancada, a dupla de anfitriões estará presente, como nos melhores botequins. Ex-analista de sistemas, Renato Martins dedica-se ao atendimento. O ex-jornalista Arnaldo Hirai escolhe a trilha (Tom Waits é obrigatório) e prepara os bons drinques, em constante evolução. Com cópias pela metrópole — autorizadas ou não —, o cremoso macunaíma (cachaça, Fernet Branca, limão-taiti e açúcar; R$ 15,00) virou uma espécie de clássico local. Da seleção mastigável, o bolovo (R$ 12,00) é mais um hit, mas friturinhas como batata-doce (R$ 10,00) e picles de pepino empanado (R$ 10,00) são outras delícias botequeiras. (Preços checados em setembro de 2017).

      Saulo Yassuda e Fábio Galib

    • 2016 - Participante

      Bares variados Comer & Beber .

      Com espírito de boteco, mas ambiente mais arrumadinho e soul e rock das antigas no som, tornou-se o predileto de muitos barmen da cidade. Muitos deles aparecem para beber coquetéis preparados com correção e sem frescura pelo sócio Arnaldo Hirai. Prove o clássico dry martíni (R$ 26,00) e o mark twain (bourbon, limão-siciliano e angustura; R$ 25,00). Se preferir uma cerveja, a carta alterna vinte rótulos bacanas. Desde o começo do ano, serve opções de petisco do dia. Torça para aparecer a saborosa costela bovina grelhada com vinagrete (R$ 21,00). Evite os horários de pico, uma vez que o espaço se resume a algumas banquetas no balcão e à mesa de sinuca no piso superior. (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Fábio Galib e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Bares bom e barato Comer & Beber .

      O bolovo continua o petisco queridinho do público, que adora compartilhar a foto do quitute nas redes sociais. De tanto ser servida, a receita parece cada vez melhor. Apesar de carecer de um tico de sal, a carne se mostra mais úmida e de casquinha crocante, e o ovo do recheio surge coma gema mais molinha que nunca. Custa R$ 9,00. Outro acepipe dos bons tem a forma de pepininhos em conserva à milanesa (R$ 8,00 a porção pequena), de comer um atrás do outro. Na hora de bebericar, fazem bonito o clássico negroni (R$ 24,00) e o cassino (R$ 23,00), saborosa mistura de gim, limão-siciliano, licor marasquino e bitter de laranja. Completam a linha etílica por volta de vinte rótulos de cerveja, todas servidas em copo americano, caso da Júpiter IPA (R$ 19,00; 300 mililitros). Quase 100% dos assentos ficam no concorrido balcão, onde se acotovelam tipos noturnos que não raro fazem o horário do bar se estender. Mesas? Há uma de bilhar no piso superior, de uso gratuito. (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Saulo Yassuda

    • 2014 - Participante

      Bares bom e barato Comer & Beber .

      Ocupa um sobradinho antigo, com o piso de cima reservado a uma mesa de bilhar de uso livre. No térreo, há apenas uma mesa de bistrô, com três lugares, e um balcão em L, para mais dezesseis convivas. Seus assentos atraem casais, boêmios solitários, alguns músicos, barmen e outros tipos da noite. Um dos sócios, Arnaldo Hirai, dedica-se aos drinques. Ele faz o correto negroni (R$ 24,00) e o fitzgerald (R$ 23,00), equilibrada mistura de gim, limão-siciliano e angustura. Completa a oferta alcoólica uma atraente carta de cervejas, com rótulos como a americana Brooklyn East IPA (R$ 17,00, 355 mililitros). A cozinha expede petiscos em tamanho individual, a exemplo da rabada desfiada sobre um cremoso pirão (R$ 14,00). Acompanhado de molho sutilmente picante, o bolovo (R$ 9,00) virou hit entre os usuários do Instagram. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Saulo Yassuda

    • 2013 - Participante

      Bares botecos Comer & Beber .

      À primeira vista, não parece ter muito a oferecer além de algumas banquetas espalhadas ao redor de um balcão e de uma mesa de sinuca no 2º piso, de utilização gratuita. Mas há outros atrativos que compensam a visita. Um deles é a trilha sonora, marcada por faixas de soul e vintage pop de nomes como Booker T. Jones e Tom Waits. Para petiscar, a cozinha prepara saborosas receitas vendidas a preços amigáveis. A rabada servida sobre cremoso pirão feito de caldo de carne e farinha de mandioca, por exemplo, custa R$ 14,00. Apesar de reduzida, a carta de cervejas lista bons rótulos importados, como o da Founders Centennial IPA R$ 19,00, americana, de amargor persistente. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s