Garimpos do Interior – Vila Romana (Desde 2012)

Tipos de Restaurantes: Brasileiros
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Marco Aurélio, 201 - Vila Romana - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 23395008(11) 38629345
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
12:00 - 16:00
quarta-feira
12:00 - 16:00
quinta-feira
12:00 - 16:00
sexta-feira
12:00 - 16:00
sábado
12:00 - 18:00
domingo
12:00 - 18:00
Nos feriados funciona das 12h às 18h.
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (85), Levar vinhos (permite) (R$ 40,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

Em uma antiga residência decorada como uma casinha de fazenda, são servidas sugestões de inspiração caipira. É interessante começar a refeição com os pequenos pastéis de massa de farinha de milho e fritura sequinha, recheados de carne ou queijo da Serra da Canastra (R$ 36,00, dez unidades). Bem dourado, o franguinho ensopado é coberto de fatias finas e tostadas de quiabo (R$ 78,00, duas pessoas)

Informações checadas entre julho e setembro de 2018.

    Comer e beber

    • 2018 - Participante

      Restaurantes Brasileiros Comer & Beber .

      Em uma antiga residência decorada como uma casinha de fazenda, são servidas sugestões de inspiração caipira. É interessante começar a refeição com os pequenos pastéis de massa de farinha de milho e fritura sequinha, recheados de carne ou queijo da Serra da Canastra (R$ 36,00, dez unidades). Bem dourado, o franguinho ensopado é coberto de fatias finas e tostadas de quiabo (R$ 78,00, duas pessoas). (Informações checadas entre julho e setembro de 2018).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2017 - Participante

      Restaurantes bom e barato Comer & Beber .

      A antiga casa da Vila Romana, com um grande quintal por onde também se espalham as mesas, é o cenário para receitas de jeitão caipira. Achado em diferentes cidades do interior, o pastel com massa de farinha de milho tem fritura sequinha e recheios de carne moída ou queijo de minas (R$ 35,00, dez unidades). Entre as diversas opções de carne suína do menu, a costela ensopada com milho se desgruda do osso facilmente de tão macia (R$ 42,00, individual). Vem junto de arroz, feijão, farofa e couve refogada. O doce de abóbora com coco, mesmo com muito cravo, fica saboroso ao lado de cubinhos de queijo (R$ 12,50). (Preços checados em setembro de 2017).

      Arnaldo Lorençato, Fábio Galib, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2016 - Participante

      Restaurantes bom e barato Comer & Beber .

      Uma antiga residência, com quintal e hortinha, é o cenário para uma refeição tranquila, repleta de pratos de inspiração caipira. Na aparência, os bolinhos assados de aipim (R$ 28,00 a dezena) lembram pães de queijo, mas se trata de uma mistura de purê de mandioca e queijo da Serra da Canastra. A dobradinha é feita com feijão--branco e linguiça num caldo espesso e saboroso (R$ 45,00). Chamado de leitão na lata (R$ 45,00), o pernil na própria gordura pode chegar firme demais. Antes da conta, pudim de tangerina (R$ 14,50) e café coado na hora (R$ 4,50). (Preços checados em setembro/outubro de 2016).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Restaurantes bom e barato Comer & Beber .

      Ir ao restaurante é uma forma de dar um tempo da correria da cidade grande sem sair dela. Nesta casa com quintal na Vila Romana, dá para tomar sem pressa um café coado na hora (R$ 4,50) e uma cachacinha (R$ 12,00 a dose da mineira Vale Verde). O cardápio, repleto de receitas de jeitã ocaipira, sugere para começar o cocoricó (R$ 11,50), caldo cremoso de galinha nha, mandioquinha e milho. Da seleção de pratos principais, a carne de panela (R$ 75,00) é composta de nacos de coxão-mole e batata em um molho vermelhinho, próprio para comer com o arroz. Feijão, couve refogada e farofa complementam a pedida. Disponível apenas aos sábados, a feijoada (R$ 78,00) leva feijão-preto e não mais o manteiga, que era utilizado pela antiga chef, Angelita Gonzaga, agora no comando do Arimbá. Os minichurros preparados com farinha de milho (R$ 15,50) podem ser mergulhados tanto em doce de leite quanto em melaço. Trata-se de uma receita “sem glúten”, como indica o cardápio, num inevitável momento “tempos modernos”. (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Participante

      Restaurantes bom e barato Comer & Beber .

      A casa sofreu uma baixa importante neste ano com a saída da chef e sócia Angelita Gonzaga, em fevereiro. Mas se manteve no prumo. Os pratos, em sua maioria destinados a duas pessoas, continuam a ser preparados com categoria, em especial as receitas de porco. Uma delas é a costelinha ensopada (R$ 78,00), que chega na companhia de arroz soltinho e um feijão-preto tão rico que lembra uma feijoada. Não menos saboroso, o jeca tatu tem a forma de uma costela bovina ensopada e cozida até quase se desmanchar (R$ 82,00). Para acompanhamento, recebe um daqueles risotinhos do interior, feito com arroz-agulhinha. Para abrir o apetite, prove uma das cachaças mineiras e peça para preparar um caipirinha de cachaça Lua Cheia (R$ 18,50). (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      É impossível não louvar a culinária da cozinheira Angelita Gonzaga. Ela faz verdadeiros banquetes de tradicionais pratos caipiras. Esqueça as versões excessivamente pesadonas e gordurosas que você provou por aí. Na lista de receitas mineiras e paulistas preparadas com inspiração, o feijão-tropeiro (R$ 68,00) tem linguiça, bacon, ovo e farinha de milho na medida. Chega na companhia de torresminhos deliciosos mais duas bistecas suínas sequinhas e abóbora em pedaços preparadas como coadjuvantes para tantas gostosuras. A rabada (R$ 69,00) recebe agrião fresquinho por cima e tem a companhia de feijão-preto e uma farofa de soja mais um angu rico em tempero, que vale por uma refeição. Como essas sugestões, para dois apetites, demoram um pouco para ficar prontas, embale o paladar com pastel de angu (R$ 28,00) dourado e de massa fina recheado de carne. Como ninguém é de ferro, peça uma das cachaças mineiras. Duas dicas: Salineira (R$ 6,00) e Januária (R$ 5,50). Sobrou espaço para um docinho? Vá de pudim de tangerina (R$ 10,50) beeeeem doce. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Participante

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      A cozinheira Angelita Gonzaga acerta em pratos triviais, feitos com riqueza de sabor e uma boa dose de inspiração. Embora tenha nascido no Espírito Santo, o menu elaborado por ela dedica-se às receitas caipiras, em especial as de São Paulo e Minas Gerais. O feijão-tropeiro coroado com um par de bistecas suínas tem os grãos misturados a flocos de farinha de milho, ovo, couve em fios e torresmo guarnecidos de arroz e banana-da-terra assada. Batizada de leitão na lata, a sugestão, uma das únicas individuais, compõe-se de cubos de carne crocantes servidos junto de farofa de farinha de soja e de mandioca, arroz, feijão-preto e couve refogada. O caipirão (para dois) é a galinha ensopada com ou sem quiabo na companhia de arroz, feijão, couve e angu. De entrada, peça os pastéis de massa de angu recheados de carne bovina ou o bolinho de aipim e queijo da Serra da Canastra assado. Cada porção tem dez unidades. Recebeu dois votos de bom e barato do júri de VEJA SÃO PAULO.

      Veja SP

    • 2012 - Indicado

      Restaurantes bom e barato Comer & Beber .

      A cozinheira Angelita Gonzaga acerta em pratos triviais, feitos com riqueza de sabor e uma boa dose de inspiração. Embora tenha nascido no Espírito Santo, o menu elaborado por ela dedica-se às receitas caipiras, em especial as de São Paulo e Minas Gerais. O feijão-tropeiro coroado com um par de bistecas suínas tem os grãos misturados a flocos de farinha de milho, ovo, couve em fios e torresmo guarnecidos de arroz e banana-da-terra assada. Batizada de leitão na lata, a sugestão, uma das únicas individuais, compõe-se de cubos de carne crocantes servidos junto de farofa de farinha de soja e de mandioca, arroz, feijão-preto e couve refogada. O caipirão (para dois) é a galinha ensopada com ou sem quiabo na companhia de arroz, feijão, couve e angu. De entrada, peça os pastéis de massa de angu recheados de carne bovina ou o bolinho de aipim e queijo da Serra da Canastra assado. Cada porção tem dez unidades. Recebeu dois votos de bom e barato do júri de VEJA SÃO PAULO.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s