Os melhores restaurantes italianos de São Paulo

Confira os endereços da categoria que foram selecionados pelo guia COMER & BEBER 2018/2019

Mais uma vez, o Fasano faturou o prêmio de melhor restaurante italiano de São Paulo pelo guia COMER & BEBER 2018/2019. Permanece, assim, no seleto grupo de estabelecimentos avaliados com as cinco estrelas máximas atribuídas pela publicação.

Também se deram bem nos testes da equipe de críticos o Piccolo (2º andar) e o Vecchio Torino (3º lugar). Saiba mais sobre esses e os outros italianos que merecem sua visita na capital paulista.

Aguzzo Cucina e Vino

A fachada envidraçada ocupa uma esquina tranquila, não muito distante da movimentada Rua Teodoro Sampaio. Com mesas espaçadas, o salão é procurado por casais e grandes grupos para reuniões. As receitas vindas da cozinha são de matriz clássica. A lasanha à bolonhesa (R$ 75,00), com molho de carne bovina e tomate mais mussarela de búfala, sai do forno com a cobertura tostadinha de queijo. Rua Simão Álvares, 325, Pinheiros,  3083-7363.

Attimo Per Quattro

O restaurateur Marcelo Fernandes deu uma sacudida geral na casa — até no nome, ao qual fez o acréscimo de Per Quattro. As interferências se estendem do ambiente, que ganhou cores quentes, ao cardápio, agora assinado pelo consultor Ivo Lopes. Também trouxe para cuidar do serviço Jailson de Moura Barreto, ex-La Tambouille. O maître, um dos mais gentis da cidade, oferece receitas como o timbalo de berinjela (R$ 31,00), servido em camadas ao molho de tomate e parmesão depois de ir ao forno com uma cobertura de queijo taleggio. A seção de massas inclui o tortellini de coelho ao molho do próprio assado e creme de burrata (R$ 69,00), e no capítulo das carnes está o stinco de cordeiro com risoto de açafrão (R$ 98,00). Como Lopes teve parte de sua formação em culinária italiana no Due Cuochi Cucina, as sugestões escolhidas por ele guardam muita semelhança em estilo e sabor do trio de casas. Rua Diogo Jácome, 341, Vila Nova Conceição,  5054-9999.

Brown Sugar 

Grande parte da clientela vem para bebericar e petiscar, por isso a seleção de entradinhas é longa. Servida numa simpática louça que lembra uma bandeja de ovos, a porção de coxinhas de costela bovina (R$ 29,00) decepciona por ser um tanto insossa. Macio, o stinco de cordeiro (R$ 71,00) chega acompanhado de risoto de açafrão bem cozido. Para a sobremesa, fique no simples e infalível bolo de chocolate belga com calda de brigadeiro e sorvete (R$ 23,00). Rua Padre João Manuel, 1055, Jardim Paulista,  3063-4249, 3062-2893 e 94325-6211.

Ca’d’Oro

Nova encarnação de um clássico da gastronomia paulistana, o restaurante fica junto do Hotel Ca’d’Oro, que funcionou entre 1956 e 2009 no mesmo local, foi demolido e ressurgiu como parte de um megaempreendimento de torres comerciais e residenciais. Massas das antigas continuam no cardápio, caso da casoncelli alla bergamasca (R$ 75,00), variação do ravióli com recheio de vitelo mais biscoito Amaretto, que deixa um traço enjoativo no paladar. Mais saboroso é o ravióli de carne ao molho de tomate (R$ 70,00). Outro clássico do Norte da Itália, o ossobuco vem acompanhado de risoto de açafrão (R$ 89,00). Boa no arremate, a pera cozida ao gostinho de especiarias é servida com sorvete de creme e calda de chocolate à parte (R$ 29,00). Rua Augusta, 129 (Hotel Ca’d’Oro), Consolação,  3236-4300.

Casa Europa

Sobre folhas fresquinhas de rúcula, os camarões feitos na lenha e ainda quentes encontram a companhia ideal dos refrescantes gomos de laranja da salada (R$ 69,00) oferecida de entrada. Continuando no mar, o crustáceo se repete no nhoque com brócolis e tomate-cereja (R$ 79,00). Mas vale dar chance a um sabor bem da terra na hora de pedir o prato principal e ficar com o filé-mignon em peça bem alta e rosada servido com molho de cogumelos e uma porção de tagliolini na manteiga com sálvia (R$ 79,00). Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 726, Jardim Paulistano,  3063-5577.

+ Confira mais endereços do guia VEJA COMER & BEBER 2018/2019 

Casa Ravioli

Também um homem de TV com um interessante quadro sobre receitas no programa É de Casa, na Rede Globo, Roberto Ravioli oferece clássicos da culinária da Bota. Em seu cardápio, encontram-se pedidas como uma apetitosa porchetta na companhia de purê com pesto mais cebola e tomate grelhados (R$ 25,00), embora vez ou outra a pele do porco desossado, enrolado e assado não venha tão crocante como é de esperar. Uma generosidade de ragu mais creme de queijo parmesão banha o rigatoni (R$ 52,00), uma das massas secas do menu. Durante a semana, é servido almoço executivo por R$ 42,00. Rua Joaquim Antunes, 197, Jardim Paulistano,  3083-1625.

Casa Santo Antônio 

Receita-símbolo do agradável casarão que faz sucesso na Zona Sul, a lasanha calabrese, recheada de ragu de carne bovina e linguiça no molho de tomate gratinada com bastante queijo parmesão (R$ 74,00), dá direito a levar um prato (sim, a louça) como lembrança. Algumas das opções do almoço executivo rotativo (R$ 54,00), assinado pelo chef Rafael Januzzi, podem ser polenta cremosa com ragu de linguiça, o risoto de burrata e o tiramisu. Avenida João Carlos da Silva Borges, 764, Santo Amaro,  4328-6205.

Così

As receitas do chef Renato Carioni dão conta de esquentar qualquer um por dentro. Colorido e naturalmente adocicado pela adição de beterraba, o risoto di barbabietola (R$ 65,00) vem coberto por polpettas de pato em tamanho míni. Do mar, o capellini alle vôngole, servido na conchinha, ganha ainda uma farofa de pão com ervas finas (R$ 58,00). Para terminar, torta de limão-siciliano com sorvete de morango (R$ 27,00). Rua Barão de Tatuí, 302, Santa Cecília,  3826-5088.

Des Cucina

Donos do quase vizinho boteco Desembargador, os sócios Orestes Duarte e Luis Mendes acertaram ao abrir esta casa italiana dois anos atrás. Mandaram bem ao convidar o chef Sergio França (ex-Italy e ex-La Vecchia Cucina) para dirigir a cozinha. Ele reserva entradas de grande frescor, como o atum gordo com mussarela de búfala e ovas na companhia de torradas (R$ 46,00), e massas de cozimento preciso, como o tagliatelle de espinafre ao pesto de manjericão e camarão (R$ 62,00). Para quem aprecia boa coquetelaria, há drinques do consultor Marcelo Serrano executados com habilidade por Isvaldo Alves. São coquetéis como o negroni envelhecido no coco seco por uma semana (R$ 33,00) e o red bourbon, combinação de uísque americano, licor de laranja, limão, suco de cranberry, Angostura e um toque picante (R$ 29,00). Rua Desembargador do Vale, 233, Perdizes,  3872-0050.

Due Cuochi Cucina

Responsável pelo trio de restaurantes, o chef italiano Giampiero Giuliani se despede da direção da cozinha em novembro. O menu, que já foi mais empolgante, traz uma seleção de pratos feitos ainda com muito capricho. No ravióli de burrata assentado sobre um ótimo molho de tomate espesso com folhas de rúcula, o presunto cru acrescentado na finalização sobra entre os ingredientes, trazendo uma nota acima de sal (R$ 71,00). Oferece um menu chamado de italiano por R$ 130,00. Inclui sugestões como o escalope ao marsala, que, embora não tenha uma apresentação esmerada, é muito saboroso e recebe de guarnição abobrinha grelhada. À la carte, os clássicos cannoli trazem a nota de doçura (R$ 31,00) à refeição. Rua Manuel Guedes, 93, Itaim Bibi, 3078-8092.

Emiliano

Há quase três anos à frente do restaurante do Hotel Emiliano, o italiano Andrea Montella está cada vez mais à vontade para demonstrar a qualidade do trabalho que vem desenvolvendo. Entre as receitas apresentadas pelo chef nesta temporada, há uma massa excepcional. É o tagliolini fresco de produção própria, cozido com perfeição e banhado por um molho inusitado. Trata-se de uma perfumada bolonhesa de lagosta em cubinhos que se espalham por equilibrado molho de tomate com uma espuma emulsionada a partir de azeite aromatizado de trufas, usado com sabedoria e discrição. Para completar a obra de arte culinária, eleita o prato do ano na estreia da categoria, acrescenta-se a cauda do crustáceo grelhada. O cozinheiro une tradição e modernidade num prato autoral, que custa R$ 92,00. Rua Oscar Freire, 384 (Hotel Emiliano), Jardim Paulista, ☎ 3728-2020/2000.

Empório Ravioli

Com paredes de tijolinhos à vista, a casa do restaurateur e chef Roberto Ravioli está preparada para receber comemorações em família, como aniversários — até uma vela para colocar na sobremesa e cantar Parabéns pra Você a brigada descola. O menu mira agradar a públicos diversos, do pessoal que quer só uma salada com carpaccio (R$ 53,00) aos fãs de pratos mais parrudos, como uma lasanha à bolonhesa (R$ 54,00). Mergulhado em muuuito molho de cogumelos e camarão, o peixe do dia ganha a companhia ainda de risoto de parmesão (R$ 85,00). Rua Fidêncio Ramos, 18, Vila Olímpia,  3846-2908.

Evvai

Não foi mau negócio para o paulistano Luiz Filipe Souza resolver ser protagonista da própria trajetória e ter a cozinha de um restaurante para chamar de sua. Seu mestre desde os tempos do Fasano. Há pouco mais de um ano à frente do Evvai, o cozinheiro, de 29 anos, é escolhido o chef revelação. Ele faz modernas receitas italianas cujo filtro passa pelos Estados Unidos, particularmente Nova York. No cardápio, sempre mutante, são instigantes pratos como o malloreddus, nhoquete sardo de açafrão ao molho de tomate com infusão de erva-doce, queijo pecorino e guanciale (R$ 59,00), e o peito de pato com purê de beterraba orgânica, framboesa e rúcula (R$ 95,00). O tiramisu (R$ 29,00), em nova roupagem, parece uma colônia de cogumelos com biscoito molhado no café mais sorbet e gelatina também de café. No almoço, a casa oferece deliciosos pratos para dois feitos de maneira mais comportada, como a bisteca fiorentina gigantesca (R$ 187,00) e a porchetta (R$ 93,00). Rua Joaquim Antunes, 108, Jardim Paulistano,  3062-1160.

Fasano

Raras personalidades no mundo da gastronomia se comparam a Rogério Fasano. Guardadas as proporções, seu nome poderia ser alinhado ao do falecido Claude Terrail, do parisiense Tour d’Argent, e ao de Sirio Maccioni, que reinou em Nova York com o extinto Le Cirque. E por quê? Embora Fasano não seja cozinheiro, poucas pessoas entendem tanto de seu ofício quanto ele. Desde que a casa com o sobrenome da família está em suas mãos, mudou de endereço três vezes e de chef outras três. Mas nunca perdeu o ponto. O restaurateur faz uma bela parceria há seis anos com o chef Luca Gozzani, italiano da Toscana que regala o público com a melhor culinária italiana do país. São opções à la carte e degustações (R$ 330,00 a R$ 440,00) nas quais podem constar o nhoque recheado de ossobuco ao vinho branco e ervas, a combinação vegetariana de abóbora com creme de nozes e berinjela e, uma exceção francesa, a terrina de foie gras com figo e especiarias. Por fim, será difícil encontrar tiramisu melhor que o preparado nesta cozinha cinco estrelas máximas COMER & BEBER. Rua Vitório Fasano, 88 (Hotel Fasano), Jardim Paulista, ☎ 3062-4000 e 3896- 4000.

Forneria San Paolo

Alguns charminhos fazem toda a diferença para o público cativo, ora disposto a ficar numa saladinha, como a caprese com ótima mussarela de búfala e três tipos de tomate (R$ 43,00), ora interessado num cheeseburger no prato (sem pão, para ser leve) com batata frita (ninguém é de ferro), oferecido por R$ 46,00. Trazida à mesa em uma porção fina e comprida, a lasanha recheada de ragu de carne (R$ 60,00) é servida com molho de tomate de um lado do prato e creme de queijo parmesão do outro. Rua Amauri, 319, Itaim Bibi,  3078-0099/4888.

Gero

Um fenômeno desde a inauguração, quase 25 anos atrás, o salão de tijolos à vista parece estar sempre em festa. Suas mesas continuam disputadas por um público ávido de ver e ser visto, mas que não dispensa cozinha tradicional de alto nível. O restaurateur Rogério Fasano, na casa batizada com seu apelido, propõe pratos como um delicado capelete in brodo (R$ 70,00) ou um picante nhoque de sêmola à diavola (R$ 95,00), preparado com ragu de linguiça ardida num molho de tomate denso e pedaçudo. Antigo clássico do Fasano, a galinha-d’angola com polenta (R$ 123,00) também está no menu. Rua Haddock Lobo, 1629, Jardim Paulista,  3064-0005.

+ Confira mais endereços do guia VEJA COMER & BEBER 2018/2019 

La Macca

Com localização privilegiada na Rua Haddock Lobo, o endereço apresenta um bem montado salão. O cardápio de base clássica está em constante mutação, com pratos a entrar e a sair a cada estação. Cremoso, o risoto de camarão com creme de abóbora custa R$ 90,00. Rua Haddock Lobo, 1589, Jardim Paulista,  3061-9049.

Mellão

Sempre na casa, o chef Hamilton Mello dispensa formalidades e se apresenta como Mellão. Um de seus acertos é investir em cortes injustamente mal aproveitados por aí, caso da língua bovina, aqui cozida e servida com capellini (R$ 59,90). Mais comum (ainda que mais caro), o medalhão de filé-mignon alto acompanha batata, tomate confitado e musseline com ricota de búfala (R$ 81,00). O almoço executivo sai por R$ 49,90. Rua Pais de Araújo, 184, Itaim Bibi,  3078-0812/3073-1519.

MoDi

A rede fundada pelo chef Diogo Silveira atualmente opera no Shopping Pátio Higienópolis e na charmosa matriz, em Higienópolis. Com a fama construída nas refeições de bom custo/benefício, tem derrapado na qualidade da comida. Não raro, o pargo grelhado (R$ 56,00) passa do ponto. É servido com molho de limão-siciliano e risoto de cereais. Uma entrada se dá melhor: polenta cremosa coberta de ragu saboroso de linguiça (R$ 18,00). Rua Alagoas, 475, Higienópolis,  3564-7028.

Mondo

Dá gosto ver um chef experiente como o sardo Salvatore Loi trabalhando na frente da clientela em uma cozinha aberta. Ele expede pratos excepcionais com pescados, como o atum cru com amêndoa laminada e um ovo de gema mole sobre uma torrada (R$ 49,00) e a polenta branca cremosa com polvo fatiado e croquete de presunto cru (R$ 49,00). Outro acerto é o risolio, um risoto sem manteiga preparado com beterraba e camarão (R$ 66,00). Mesmo alguém tão talentoso quanto Loi pode dar um tropeço ao usar queijo de consistência que lembra a elasticidade de um plástico na preparação da lasanha de cordeiro com legumes ao molho com trufas negras em conserva usadas em excesso (R$ 87,00). Rua Oscar Freire, 30, Jardim Paulista, ☎⊇3061-2787.

Nico Pasta & Basta

Com salão de pé-direito duplo, esta casa pertence a Osvaldo “Nico” Gonçalves, dono, junto com a mulher, Sandra Delbosque Gonçalves, de um pequeno império gastronômico surgido no Ipiranga com a pizzaria Sala Vip, em 1992. Neste endereço, provam-se clássicos como a berinjela à parmigiana (R$ 25,00). Servido no almoço durante a semana, o menu executivo (R$ 53,90) é um dos melhores da cidade. Para começar nas quartas- feiras, há salada com vinagrete de mostarda, um delicioso nhoque ao molho de tomate, mussarela de búfala e manjericão e, no ponto-final, o tiramisu. Só para se ter uma ideia, no menu regular a massa custa R$ 55,00 e o doce, R$ 24,00. Rua Costa Aguiar, 1586, Ipiranga, ☎ 2068-3000.

Nino Cucina

Com pinta de trattoria caprichada, esta casa do chef e sócio Rodolfo De Santis tem filas intermináveis. Tanto que o cozinheiro expandiu suas mesas para a calçada, que foi reformada e ampliada para poder atender a mais apetites. A festa para o paladar pode terminar com a crostata de maçã ao creme inglês (R$ 26,00), preparada com a fruta em cubos quase sem açúcar. Antes, há muito que provar, como o ótimo espaguete à carbonara com guanciale crocante de bordas tostadas (R$ 53,00) ou a língua bovina, macia como deve ser, ao molho de mostarda com cebola e batata bolinha sautée (R$ 58,00). Só a trilha sonora italiana poderia ter um volume um pouco mais razoável. Rua Jerônimo da Veiga, 30, Itaim Bibi,  3368-6863.

Nonno Ruggero

Com a qualidade da grife Fasano, mas sem tanta formalidade, a marca conquistou o público apostando no serviço em bufê. No Shopping Cidade Jardim (R$ 110,00) ou no 1º andar do hotel (R$ 138,00), dá para combinar as saladas, frios e queijos de qualidade com um prato do dia. Entre um peixe, como o salmão ao molho de alcaparra e limão, e uma massa, como o fumegante canelone recheado de cubinhos de filé-mignon com tomate ao creme de parmesão, vá de olhos fechados na segunda opção. Na caprichada seção de sobremesas, incluídas no preço, o cliente pode optar por um pudim sedoso ou uma torta alta de chocolate e amêndoa. Rua Vitório Fasano, 88 (Hotel Fasano), Jardim Paulista,  3896-4180 (60 lugares). 6h30/10h30 e 12h/0h (sáb., dom. e feriados 7h30/11h, almoço a partir das 12h30).  (R$ 140,00); Shopping Cidade Jardim,  3552-7000.

Osteria del Pettirosso

Poucos chefs talvez sejam mais dedicados a seu negócio familiar que o romano Marco Renzetti. O cozinheiro está sempre a postos para preparar um mix de receitas próprias e outras clássicas. Para começar a refeição, torça para encontrar o crudo de peixe (R$ 44,00), um saboroso carpaccio do pescado do dia, que pode ser o pargo gordo. A clássica lasanha tem entre suas camadas de massa ragu de bovino e suíno cortados na faca com queijo scamorza e creme de grana padano (R$ 68,00). A versão de porchetta (R$ 78,00) de Renzetti não tem aquela pele crocante e ruidosa. A carne suína, rica em sabor, chega com fava e ervilha de ótima consistência. Alameda Lorena, 2155, Jardim Paulista,  3062-5338/4531.

Picchi

É seguramente um dos melhores endereços italianos da cidade. Os méritos da cozinha de excelência podem ser creditados a Pier Paolo Picchi. O chef, que faz uma culinária italiana antenada com o mundo, reserva ótimas surpresas, como a polenta mole cremosa com ragu de escargot (R$ 69,00), apresentada num bloco de madeira. Do caderno de clássicos, prepara com brilho o pici ao molho de calabresa e feijão–branco levemente picante pela adição de peperoncino (R$ 65,00). Sem o mesmo ponto de equilíbrio, o carré de cordeiro com berinjela à parmigiana (R$ 105,00) não entusiasma tanto. Uma gostosura é o semifreddo de amendoim com farofinha crocante de bacon banhado em cacau e calda de Campari (R$ 37,00). Rua Oscar Freire, 533 (Hotel Regent Park), Jardim Paulista, ☎⊇3065-5560.

+ Confira mais endereços do guia VEJA COMER & BEBER 2018/2019 

Piccolo

O chef Marcelo Laskani está à frente de dois restaurantes de sucesso, o Più e o Piccolo, ambos em Pinheiros. Nesse último endereço, mantém um jovem titular que vem fazendo um trabalho afiado. É Marcelo Milani, cujo talento ficou evidente no ano passado, quando a casa levou o título de melhor almoço executivo. Além de pratos do cardápio regular, como o garganelli ao ragu de pescoço de cordeiro (R$ 64,00), o cozinheiro prepara um ótimo menu degustação no jantar de segunda a quinta. Por R$ 160,00, é possível apreciar receitas que apresentam uma Itália moderna, como ravióli recheado de lagostim ao molho bouillabaisse, semelhante a um molho bisque, um dos melhores pratos provados pela equipe de COMER & BEBER neste ano. Rua dos Pinheiros, 266, Pinheiros, ☎ 3213-8449.

Pina

O pequeno restaurante, em uma ruazinha do Itaim Bibi, funciona sob as ordens do chef italiano Riccardo Rossi. Saboroso, o ravióli amarelinho recheado de ricota e espinafre na manteiga ganha o toque adocicado da redução de vinagre balsâmico, que, de tão caramelada, pode grudar nas laterais do prato (R$ 42,00). O filé de bacalhau bem dessalgado (R$ 64,00) traz ao lado um pó de alcaparra quase imperceptível ao paladar mais o saboroso risoto de cebola caramelada. O recheio bom da crostata de figo não compensa a massa crua no centro (R$ 20,00). Rua Jacurici, 27, Itaim Bibi,  3071-2501.

Piselli

Desde a abertura, catorze anos atrás, a charmosa varanda do restaurante chama atenção. É o lugar certo para provar receitas tradicionais feitas sob a supervisão do restaurateur Juscelino Pereira, que tem ainda o Piselli Sud e duas outras casas no Jardim Pamplona Shop-ping. Nesse espaço pioneiro, são bem-vindas sugestões do mar como a salada de polvo com alcachofra e folhas tenras mais tomatinhos doces amarelos e vermelhos ao lado de uma torrada de ciabatta (R$ 55,00) e o peixe do dia grelhado ao molho de vôngole na companhia de tagliolini de tirinhas de palmito pupunha, cenoura, abobrinha e salsão (R$ 89,00). Embora seja diet, coisa que nem parece, a bavarese (R$ 29,00), ou flã de iogurte com calda de frutas vermelhas, é uma boa alternativa para a sobremesa. Rua Padre João Manuel, 1253, Jardim Paulista,  3081-6043.

Piselli Sud 

Não há como ficar indiferente a esse bonito restaurante de Juscelino Oliveira junto à porta principal do Shopping Iguatemi. Além do ambiente, assinado pelo escritório da Carbondale, em Paris, empolga o menu, que nasceu inspirado pela culinária de cidades costeiras do sul da Itália, mas que ampliou bastante o escopo. É possível provar sugestões como o peixe do dia, que pode ser o dourado ao forno com fregola, brócolis, tomate e ervilha finalizado com bottarga (R$ 89,00). Também estão entre as escolhas o nhoque de azeitona preta com molho alla norma de tomate, berinjela e ricota defumada (R$ 65,00), boa releitura de um clássico siciliano, e o ossobuco de carne tenra com polenta cremosa (R$ 95,00), típico da Lombardia. Tiramisu (R$ 34,00) com excesso de creme fecha a refeição. Shopping Iguatemi,  3031-5404.

Più

O sucesso desta casa do chef Marcelo Laskani e do especialista em bom atendimento Maurício Cavalcante continua dando frutos. Além do Piccolo, também em Pinheiros, deve ficar pronta até novembro a primeira filial do restaurante. Ela terá como endereço o Shopping Iguatemi e levará para lá o mesmo cardápio de qualidade a preços razoáveis. Por enquanto, é possível saborear na matriz ótimas escolhas que misturam a Itália a outros matizes. A barquinha de tapioca recheada de tartare de atum vem com coalhada seca, laranja-baía, pimenta sriracha e alga wakame (R$ 39,00). Também ardidas, as lulinhas cacio e pepe são cortadas em anéis recheados de molho de queijo pecorino e pimenta-do-reino (R$ 48,00). O ravióli recheado de pera com cogumelo shimeji salteado, creme de queijo azul nacional e geleia de pimenta com espumante sai por R$ 64,00. De cozimento ideal, a paleta de cordeiro com aspargos, limão curado e compota de tâmara ao molho de modena (R$ 72,00) pode vir sem a coalhada de ovelha prometida no cardápio. Rua Ferreira de Araújo, 314, Pinheiros,  3360-7718.

Pomodori

Com a saída de Tássia Magalhães da sociedade e do comando da cozinha, o restaurante sofreu um abalo. Depois de uma entrada praticamente infalível — a burrata com tomatinhos e molho pesto com pão italiano (R$ 42,00) —, decepciona o enjoativo ravióli de lagostim com camarão ao molho bisque e fiapos de gengibre crocante (R$ 73,00). O sabor do tagliatelle de espinafre ao creme de parmesão com molho bolonhesa (R$ 64,00) agrada mais, porém a carne, mesmo em pedacinhos, estava firme demais no dia da visita. Rua Doutor Renato Paes de Barros, 534, Itaim Bibi,  3168-3123.

Radici por Brace

Esqueça o Brace Bar & Griglia, o único restaurante com salão próprio na grande praça de alimentação que é o shopping gastronômico Eataly. A chef da nova marca, Ligia Karazawa, continua no comando e expede receitas mais simples. Envolvido por uma capa grossa que poderia ser um pouco mais delicada, o rústico minicalzone frito de pancetta, brócolis e ricota tem a companhia de um delicioso molho de pimenta dedo-de-moça agridoce (R$ 26,00). Também passa pela frigideira o nhoque de abóbora com creme de taleggio derretido, abobrinha salteada e compota de laranja para fazer um belo contraste entre o doce o amargo (R$ 50,00). Surpreende o ótimo e dourado frango orgânico com fregola sarda firme num molho com bacon e milho coberta por quiabos inteiros (R$ 54,00), que se assemelha a uma releitura do frango com quiabo mineiro. Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1489 (Eataly), Itaim Bibi, ☎⊇3279-3300/ 3323.

Ristorantino 

Em perfeita afinação com o restaurateur Ricardinho Trevisani, o menino-prodígio Henrique Schoendorfer desenvolve um trabalho cada vez mais requintado. Ao lado de receitas clássicas como o pappardelle ao ragu de pato (R$ 85,00), ele faz outras com pitadas de ousadia e de inspiração. Está aí para provar a tenra paleta de leitão ao forno na companhia de purê de maçã verde (R$ 98,00). Na seleção de entradas, há um ótimo tartare de atum sobre palmito pupunha e salada valorizado por limão-caviar (R$ 82,00), com gominhos que lembram o formato de ovas de peixe. Para o ponto final, mil-folhas com marmelo (R$ 33,00). Rua Doutor Melo Alves, 674, Jardim Paulista,  3063-0977.

Santo Colomba 

Embora fique no térreo de um flat, tem entrada independente e é um lugar para passar horas agradáveis. Comece por apreciar o bar, que pertenceu ao Jockey Club carioca. Se possível, peça uma mesa por perto. Depois, saboreie um dos pratos do chef José Alencar de Souza. Além do trenette, macarrão que deixou o cozinheiro famoso na cidade e que, em uma das versões, aparece ao molho de tomate e manjericão (R$ 52,00), vale pedir outras de suas especialidades. Uma delas é o nhoque de batata com espinafre ao molho suave de gorgonzola (R$ 63,00). Outra sugestão, o cordeiro é feito na panela e recebe a companhia de arroz de rúcula (R$ 78,00). Alameda Lorena, 1157 (Lorena Residence), Jardim Paulista,  3061-3588.

Sensi

As boas pedidas são muitas no restaurante de fachada envidraçada do chef Manuel Coelho. Vão de uma simples e benfeita porção de lula empanada para esguichar um jato de limão-siciliano (R$ 38,00) ao ovo caipira alla parmigiana, servido sobre uma torrada com fonduta de parmesão, parte do menu executivo de almoço de R$ 51,50. Na sequência, vai bem a lasanha alla emiliana, de massa verde com molhos de queijo e tomate, com algumas folhas frescas de manjericão no topo. De sobremesa, a cheesecake com calda de frutas vermelhas é mais equilibrada na doçura que a musse de chocolate. Rua Gabriele d’Annunzio, 1345, Campo Belo,  2478-5099.

Serafina

Em três unidades, a rede que veio de Nova York encontrou o jeito brasileiro de provar receitas italianas. A divisão entre primeiro e segundo pratos aparece no cardápio, mas a maior parte dos clientes fica com uma única opção principal, seja ele uma massa, como o farfalle ao limoncello com camarão e limão-siciliano (R$ 61,00), ou uma carne, como o bife ancho ao molho de mostarda com couve-flor gratinada (R$ 76,00). No almoço, há saladas como a de rúcula e tomatinhos com lascas de parmesão ao molho de balsâmico e mel (R$ 18,00) em tamanho reduzido, sugeridas para a entrada. Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041, Vila Olímpia,  3849-0636.

Spaghetti Notte

O casarão próximo ao encontro das avenidas Santo Amaro e Brigadeiro Luís Antônio passou a trabalhar com um cardápio de preços bem reduzidos na hora do jantar durante o festival de inverno, válido até outubro. O espaguete broccoletti, preparado com brócolis, tomate fresco e alho, normalmente custa R$ 53,90. Na promoção, por R$ 39,90, inclui ainda uma entrada, como o carpaccio. Sobremesa que vale as calorias, a torta de chocolates branco e preto (R$ 30,00) é finalizada com raspas de mais chocolate. Rua Bento de Andrade, 693, Jardim Paulista,  5181-7151.

Supra di Mauro Maia 

Além de dar nome à casa e conceber as receitas, o restaurateur Mauro Maia tem uma azeitada parceria com Rodrigo Bizzo, o chef responsável pela elaboração dos pratos. Numa cozinha aberta, o jovem profissional prepara o carré de cordeiro desossado ao creme de brócolis na companhia de abobrinha recheada com um mix de ricota, espinafre e pistache (R$ 92,00). As massas são outro ponto alto. Entre elas, o quarteto de agnellotti dal plin no brodo (R$ 99,00) vem com variações de molho. Um deles com vinho Barbera d’Asti, outro na manteiga, sálvia e queijo grana padano, o terceiro, um rôti de vitelo e, por último, pasta de trufa branca de sabor intenso. Um caprichado sorbet de maracujá valoriza a terrine de dois chocolates (R$ 27,00). Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 681, Itaim Bibi,  3071-4473.

Tappo Trattoria

Embora tenha mesas para lá de coladinhas umas nas outras, a casa italiana de Benny Novak é um charme só. A porção de mexilhões, intitulada cozze alla tarantina, vem com molho de tomate de grande frescor. Custa R$ 38,00. Preparada com tomates verdes e tomatinhos doces, a salada caprese se completa com mussarelinha de búfala e pesto clássico (R$ 34,00). O pappardelle ao açafrão ganha um ragu de ossobuco rico em condimentos (R$ 56,00). Amparado em polenta, o brasato em pedaço biteludo é uma delícia (R$ 78,00). Rua da Consolação, 2967, Cerqueira César,  3063-4864/4880.

Tatini

É de celulares a postos, prontos para gravar e postar, que os clientes acompanham os garçons. Fiel à tradição da família de restaurateurs (neste ano, à frente também da inauguração do Casimiro, no Edifício Santos Augusta), a brigada finaliza muitos dos pratos em carrinhos no salão. A massa do fettuccine à moschettiera (R$ 72,00), por exemplo, chega cozida da cozinha, mas todo o preparo da pancetta frita na manteiga com cogumelo-de–paris e molho de tomate é feito na hora. Com sal na medida, o camarão a king george leva uma dose de uísque para flambar e creme de leite fresco (R$ 199,00). Rua Batatais, 558 (Flat Saint Paul), Jardim Paulista,  3885-7601.

+ Confira mais endereços do guia VEJA COMER & BEBER 2018/2019 

Terraço Itália

Ao chegar ao salão envidraçado, não há pãozinho com patê e manteiga do couvert que consiga competir com a vista do centro de São Paulo. De noite, as luzes deixam o cenário mais romântico, mas é no almoço (de preferência em dias de céu azul) que a linha do horizonte arrebata corações de paulistanos e turistas. Opção mais econômica, o executivo (R$ 118,00) pode combinar a quiche de queijo de cabra e abobrinha, para a entrada, com o ravióli de vitelo com fonduta de queijo grana padano, entre outras receitas que aparecem rotativamente. Avenida Ipiranga, 344, 41º e 42º andares (Edifício Itália), centro,  2189-2929.

Totò

Sob orientação da proprietária Luiza Helena Fitipaldi Bistolfi, a brigada recebe com gentileza as famílias com crianças pequenas, devidamente acomodadas em cadeirões, e também os grupos de amigos interessados em petiscar uma polenta frita de espinafre com parmesão, alho, bacon e ricota defumada (R$ 28,00) junto de boas caipirinhas (R$ 23,00 a de mexerica com limão-cravo). Escondida sob muitas folhas de agrião, a rabada bem temperada chega acompanhada de polenta mole (R$ 57,00). Rua Doutor Sodré, 77, Vila Olímpia,  3841-9067.

Trattoria

É o endereço da grife Fasano que mira o sul da Itália e tem até camisas de times italianos na decoração — tudo muito comportado e dentro de molduras. Não acredite que se trata de uma cantina, muito menos nos preços. Feita com uma delicadeza extraordinária, a berinjela à parmigiana (R$ 57,00) revisa a receita clássica siciliana. Também da Sicília é a maneira de cozer a ótima alcachofra no vapor (R$ 61,00). Prossiga com o espaguete à carbonara (R$ 85,00) como se faz em Roma, ou o filé à parmigiana (R$ 99,00), que pode vir um tanto fibroso e que não existe na Itália. A torta de limão com merengue (R$ 38,00) recebe raspas da fruta na finalização. Rua Iguatemi, s/nº (entre a Rua Joaquim Floriano e a Avenida Horácio Lafer), Itaim Bibi,  3167-3322.

Tre

Ao entrar no restaurante do térreo do Shopping JK Iguatemi na hora do almoço, grande parte das mesas está tomada por reuniões de negócios, que ficam mais agradáveis quando acompanhadas de anéis e “perninhas” de lula frita com molho tártaro (R$ 53,00). Típico da Toscana, o pici, um espaguete gordinho feito a mão, ganha cobertura de ragu de linguiça fresca levemente picante e misto de cogumelos na versão alla sporcellata (R$ 74,00). Nada italiano, mas saboroso, o petit gâteau de chocolate branco e laranja sai por R$ 35,00. Shopping JK Iguatemi,  3167-4004.

Tre Bicchieri

Do grupo de elite entre os representantes italianos, tem cozinha comandada por Rodrigo Queiroz, que também responde pelo cardápio da premiada trattoria Etto. O chef, devoto da culinária clássica, feita aqui com leveza, apresenta receitas como o crudo de peixes com salada de folhas (R$ 65,00), para abrir a refeição. Na sequência, prove o coelho desossado, recheado e assado com polenta (R$ 85,00). Para a sobremesa, tem o baba alla lemoncello (bolinho embebido em calda de especiarias e regado por licor de limão; R$ 30,00). Há um bom almoço executivo por R$ 95,00. Rua General Mena Barreto, 765, Itaim Bibi, ☎⊇3885-4004.

Vecchio Torino

Embora o cardápio do chef italiano Giuseppe La Rosa traga outras ótimas massas, como o tortelloni verde recheado de pato (R$ 93,00), o levíssimo nhoque de batata mergulhado no molho de tomate com queijo fontina (R$ 93,00), para comer com a colher, não tem concorrentes. A sugestão é dividir a delícia e, depois, desfrutar clássicos como o ossobuco com risoto à milanesa (R$ 110,00), rico na concentração de ervas. Reserve ainda um espaço para um senhor arroz- doce (R$ 42,00) cremoso e firme, perfumado por canela no momento de servir. Nesse caso, a preparação da sobremesa é feita sob a supervisão de dona Manuela, a mulher de La Rosa. Rua Tavares Cabral, 119, Pinheiros, ☎ 3816-0592/0560.

Vicolo Nostro

Um espaço que lembra uma viela italiana, com chão de pedra e muitas plantas, antecede os salões. Eis um charme extra do restaurante tocado por Silvana Borella Piran e com duas décadas de existência. O filho da empresária, Cristiano Panizza, cuida da cozinha. Sugestão de sotaque francês, o perfumado camarão à provençal ganha a parceria de risoto de limão-siciliano e parmesão. Custa R$ 99,00. Rua Jataituba, 29, Brooklin,  5561-5287.

Vinheria Percussi

Uma cozinha que mantém há anos o padrão de qualidade. Assim pode ser definido o trabalho feito pela chef Silvia Percussi no restaurante fundado por seus pais e que toca ao lado do irmão Lamberto. Os predicados culinários sobressaem em sugestões como o corzetti de camarões médios (R$ 93,00), um ravióli aberto com cubos de tomate ao curry ao molho bisque e um toque discreto de creme de leite para confirmar a harmonia entre os ingredientes. Combinação de lula e abobrinha, o risoto tem ingredientes de primeira em um diálogo um pouco menos ajustado. Custa R$ 78,00. Feito com primor, o escalope de frango ao limão e manteiga vem na companhia de nhoque de ricota com rúcula (R$ 63,00). Em vez de uma sobremesa italiana, o petit gâteau (R$ 27,00) também faz bonito. Rua Cônego Eugênio Leite, 523, Pinheiros,  3088-4920.

Vito

A chef Daniela Malavasi responde pelo menu desde agosto de 2017. Nesse período, a cozinheira, conhecida do público por participação no reality Hell’s Kitchen — Cozinha sob Pressão, exibido pelo SBT, tem obtido bons resultados em pratos como o polvo na companhia de salada de feijões banhado com gremolata de laranja (R$ 75,00). Também acerta em massas, entre elas a lasanha de rabada cozida lentamente ao molho de cebola tostada (R$ 79,00). A porchetta recheada de farofa de pão e castanhas vai à mesa guarnecida de legumes assados com purê de maçã verde (R$ 79,00). Não por acaso, uma das sobremesas de maior saída é a massa fudge de chocolate com calda de Nutella e chocolate de laranja (R$ 27,00). Rua Isabel de Castela, 529, Vila Beatriz,  3032-1469.

Walter Mancini Ristorante 

Nas noites da casa na Rua Avanhandava, uma espécie de “jantar executivo” sai por R$ 99,00, com novos pratos de tempos em tempos. Enquanto se entretém com os pães e pastinhas do couvert (a alichela é uma delícia), repare nos músicos que se apresentam no palco (R$ 9,00 a R$ 29,00 o couvert artístico) — eles tocam ininterruptamente até o último cliente sair. A entrada pode ser uma polenta mole com ragu de ossobucoEm versão cantineira, a pasta à carbonara leva uma boa dose de creme de leite e antecede o tiramisu beeem gelado. Rua Avanhandava, 126, centro,  3258-8510.

Zucco

Pela quantidade de ingredientes, o ravióli recheado de queijo taleggio (R$ 76,00) com figo confitado, creme de pistache, presunto cru e brotinhos, para enfeitar, poderia parecer excessivo. Mas numa única garfada é possível sentir os diferentes sabores e o resultado fica equilibrado. Quem adora suco de tangerina (R$ 12,00) vai se sentir tentado a pedir o camarão regado por um molho da fruta cítrica, acompanhado de risoto de aspargo (R$ 129,00). A torta musse de três chocolates, envolta em uma casquinha de mais chocolate, fica completa (e bem docinha) com a calda de baunilha. Custa R$ 34,00. Rua Haddock Lobo, 1416, Jardim Paulista,  3897-0666.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s