Tappo Trattoria (Desde 2007)

Tipos de Restaurantes: Italianos
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua da Consolação, 2967 - Cerqueira César - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30634864(11) 30634880
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 00:00
quarta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 00:00
quinta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 00:00
sexta-feira
12:00 - 15:00 - 19:30 - 00:30
sábado
12:30 - 16:00 - 19:30 - 00:30
domingo
12:30 - 17:00
monetization_on

Faixa de preço

De R$111,00 a R$165,00

payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Estacionamento/Valet (R$ 25,00), Lugares/Capacidade total (28 lugares), Comida (couvert) (R$ 8,00) (1), Levar vinhos (permite) (R$ 50,00)

(1)R$ 5,00 (almoço de terça a sexta) e R$ 8,00 (demais horários).

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

Embora tenha mesas para lá de coladinhas umas nas outras, a casa italiana de Benny Novak é um charme só. A porção de mexilhões, intitulada cozze alla tarantina, vem com molho de tomate de grande frescor. Custa R$ 38,00. Preparada com tomates verdes e tomatinhos doces, a salada caprese se completa com mussarelinha de búfala e pesto clássico (R$ 34,00). O pappardelle ao açafrão ganha um ragu de ossobuco rico em condimentos (R$ 56,00). Amparado em polenta, o brasato em pedaço biteludo é uma delícia (R$ 78,00).

Informações checadas entre julho e setembro de 2018.

    Comer e beber

    • 2018 - Participante

      Italianos Comer & Beber .

      Embora tenha mesas para lá de coladinhas umas nas outras, a casa italiana de Benny Novak é um charme só. A porção de mexilhões, intitulada cozze alla tarantina, vem com molho de tomate de grande frescor. Custa R$ 38,00. Preparada com tomates verdes e tomatinhos doces, a salada caprese se completa com mussarelinha de búfala e pesto clássico (R$ 34,00). O pappardelle ao açafrão ganha um ragu de ossobuco rico em condimentos (R$ 56,00). Amparado em polenta, o brasato em pedaço biteludo é uma delícia (R$ 78,00). (Informações checadas entre julho e setembro de 2018).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2017 - Participante

      Italianos Comer & Beber .

      Pelo visual, lembra um bistrô pequeno e bem apertadinho. O cardápio, porém, não deixa dúvida. Este é o restaurante italiano do chef Benny Novak, dono também do Ici Brasserie e sócio de outras casas da Cia. Tradicional de Comércio, entre elas a Bráz Trattoria. Dá para começar pelo vitello tonatto (R$ 37,00), uma composição de fatias de lagarto frias com atum selado. Os frutos do mar aparecem em duas sugestões de massa: espaguete ao vôngole (com alho, cebola, pancetta e vinho branco; R$ 52,00) e o linguine com lagosta e tomate (R$ 79,00). Neste ano, teve uma baixa de peso no serviço: o maître Fábio Ambrózio, que agora se encontra no Suri Ceviche Bar. (Preços checados em setembro de 2017).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Com a saída de Rodolfo De Santis, que montou o Nino Cucina, no Itaim, a supervisão do cardápio desta charmosa casa voltou ao proprietário Benny Novak, sócio também do Ici Bistrô, da Ici Brasserie e da Bráz Trattoria. Auxiliado pelo subchef Danilo Moreira, o empresário-cozinheiro deu um passo atrás e voltou a valorizar receitas tradicionais em formulações mais próximas das originais. Que acerto! Prova disso é a lasanha à bolonhesa montada na hora em camadas de massa fina entremeadas de ragu de carne e molho à bolonhesa (R$ 48,00). Para aguardar os pratos principais há vitello tonnato em versão mais moderna (lagarto de vitela frio com creme de atum e alcaparras; R$ 37,00) e cozze ala marinara (mexilhões no alho, tomate, cebola e vinho branco; R$ 38,00). No almoço durante a semana, paga-se pelo valor do prato e mais R$ 8,00 para incluir entrada e sobremesa do próprio cardápio, como o delicioso cannolo. Se optar por apenas um deles, o acréscimo é de R$ 5,00. (Preços checados em setembro/outubro de 2015.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Desde o ano passado, a cozinha desta charmosa casa de Benny Novak está sob o comando do italiano Rodolfo De Santis. Devotado aos clássicos, o menu continua praticamente inalterado. Há pequenas interferências nas receitas originais, nem sempre com resultados equilibrados. O linguine ao vôngole (tomate, alho, cebola e vinho branco; R$ 52,00), por exemplo, tem o sabor ofuscado pela adição de bacon. Há excesso de molho no bucatini cacio e pepe (R$ 55,00), especialidade romana que deveria levar apenas queijo e pimenta. Duas sugestões sem erro são a pasta alla norma (espaguete com berinjela, pimenta seca, tomate, manjericão e ricota; R$ 46,00) e o nhoque ao ragu de carne (R$ 44,00). O maître-sommelier Fábio Ambrózio conduz o serviço com brilho e dá acertadas sugestões de vinho. (Preços checados em setembro/outubro de 2014.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Ainda que o ambiente lembre um bistrozinho — literalmente, já que são menos de trinta lugares — esta é a casa italiana do chef Benny Novak. Com serviço exemplar conduzido pelo maître-sommelier Fábio Ambrózio, tem sugestões que entusiasmam o paladar preparadas pelo chef Rodolfo De Santis. Fãs de miúdos podem se fartar com a torrada coberta pelo misto acebolado de moela e fígado de frango com uvas verdes sem sementes flambado na grapa (R$ 23,00), sugerida de entrada. Servido de maneira inusitada, o nhoque de ricota, espinafre e parmesão ao molho de tomate (R$ 25,00) vem à mesa em um prato de escargot, aquele com seis lugares para colocar os caracóis.O ótimo carré de porco aparece acompanhado de maçã, repolho-roxo e couve-flor gratinada, além de um molho de curry que, embora saboroso, pouco dialoga com a carne e as guarnições. Custa R$ 52,00. Malpassado como dever ser, o peito de pato tem de guarnição o risoto de feijão-verde ao estilo veneziano (R$ 56,00). De terça a sexta, há um vantajoso menu executivo pelo qual se paga somente o valor do prato principal. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Indicado

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Lembra um antigo vagão de trem com paredes revestidas de madeira e espelho que parecem muito antigos. Essa atmosfera de “em algum lugar do passado” é o cenário para provar boas receitas italianas do chef Benny Novak, dono também do Ici Bistrô e do 210 Diner. O carpaccio de tenras fatias de filé-mignon não muito finas está entre as melhores sugestões de entrada, assim como os mexilhões ao molho de tomate, alho e vinho branco. Das massas, mostra-se cada vez melhor o ravióli de camarão ao molho de foie gras. Peça a cheesecake de queijo de cabra de textura granulada na calda de amora para arrematar. Essas sugestões podem compor o almoço executivo de terça a sexta. Paga-se somente o valor do prato principal. Na escolha do vinho, consulte o atencioso Fábio Ambrózio, que recebeu uma indicação de melhor maître do júri do “Comer & Beber”. No papel de sommelier, ele indica rótulos como o Antigua Monica di Sardegna 2009. O restaurante também recebeu 1 voto como o melhor de sua categoria.

      Veja SP

    • 2012 - Indicado

      Restaurantes maître Comer & Beber .

      Lembra um antigo vagão de trem com paredes revestidas de madeira e espelho que parecem muito antigos. Essa atmosfera de “em algum lugar do passado” é o cenário para provar boas receitas italianas do chef Benny Novak, dono também do Ici Bistrô e do 210 Diner. O carpaccio de tenras fatias de filé-mignon não muito finas está entre as melhores sugestões de entrada, assim como os mexilhões ao molho de tomate, alho e vinho branco. Das massas, mostra-se cada vez melhor o ravióli de camarão ao molho de foie gras. Peça a cheesecake de queijo de cabra de textura granulada na calda de amora para arrematar. Essas sugestões podem compor o almoço executivo de terça a sexta. Paga-se somente o valor do prato principal. Na escolha do vinho, consulte o atencioso Fábio Ambrózio, que recebeu uma indicação de melhor maître do júri do “Comer & Beber”. No papel de sommelier, ele indica rótulos como o Antigua Monica di Sardegna 2009. O restaurante também recebeu 1 voto como o melhor de sua categoria.

      Veja SP

    • 2011 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2011/2012

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s