Vecchio Torino (Desde 1994)

Tipos de Restaurantes: Italianos
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Tavares Cabral, 119 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 38160560(11) 38160592
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
12:00 - 16:00 - 19:00 - 00:00
quarta-feira
12:00 - 16:00 - 19:00 - 00:00
quinta-feira
12:00 - 16:00 - 19:00 - 00:00
sexta-feira
12:00 - 16:00 - 19:00 - 00:00
sábado
12:00 - 16:00 - 19:00 - 00:00
domingo
12:00 - 16:00
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Estacionamento/Valet (R$ 28,00), Lugares/Capacidade total (60), Comida (couvert) (R$ 12,00), Levar vinhos (permite) (R$ 130,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

Embora o cardápio do chef italiano Giuseppe La Rosa traga outras ótimas massas, como o tortelloni verde recheado de pato (R$ 93,00), o levíssimo nhoque de batata mergulhado no molho de tomate com queijo fontina (R$ 93,00), para comer com a colher, não tem concorrentes. A sugestão é dividir a delícia e, depois, desfrutar clássicos como o ossobuco com risoto à milanesa (R$ 110,00), rico na concentração de ervas. Reserve ainda um espaço para um senhor arroz- doce (R$ 42,00) cremoso e firme, perfumado por canela no momento de servir. Nesse caso, a preparação da sobremesa é feita sob a supervisão de dona Manuela, a mulher de La Rosa.

Informações checadas entre julho e setembro de 2018.

    Comer e beber

    • 2018 - Indicado

      Italianos Comer e Beber .

      Embora o cardápio do chef italiano Giuseppe La Rosa traga outras ótimas massas, como o tortelloni verde recheado de pato (R$ 93,00), o levíssimo nhoque de batata mergulhado no molho de tomate com queijo fontina (R$ 93,00), para comer com a colher, não tem concorrentes. A sugestão é dividir a delícia e, depois, desfrutar clássicos como o ossobuco com risoto à milanesa (R$ 110,00), rico na concentração de ervas. Reserve ainda um espaço para um senhor arroz- doce (R$ 42,00) cremoso e firme, perfumado por canela no momento de servir. Nesse caso, a preparação da sobremesa é feita sob a supervisão de dona Manuela, a mulher de La Rosa. Informações checadas entre julho e setembro de 2018.

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2017 - Participante

      Italianos Comer & Beber .

      Nascido em Turim, região do Piemonte, o engenheiro italiano Giuseppe La Rosa é um artista da cozinha clássica. Sua maior receita é um nhoque, ou melhor, um senhor nhoque. De tão delicada, a massa de batata e farinha parece que flutua no molho de tomate com generosa quantidade de queijo fontina (R$ 93,00). Para o máximo de proveito, a recomendação é que se use uma colher. Outra alternativa de prato principal, a costeleta de cordeiro tem a companhia de risoto trufado (R$ 99,00). Antes, cai bem a polenta cremosa com gorgonzola (R$ 43,00). (Preços checados em setembro de 2017).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      No comando da cozinha desde a fundação, o proprietário italiano Giuseppe La Rosa faz memoráveis clássicos de seu país. Por mais que outros pratos sejam recomendados, não há como escapar do levíssimo nhoque ao molho de tomate com queijo fontina (R$ 77,00). Quase futua na boca e, ao prová-lo, você entenderá quanta felicidade pode existir em um cubo de massa de batata e um toque de farinha. Outra opção feita com categoria, o coelho cozido na panela com uma profusão de ervas tem a companhia de polenta cremosa (R$ 96,00). Menos tradicional, o camarão grande perfumado com curry é servido junto de um caprichado risoto de açafrão (R$ 128,00). Com efeito um pouco inferior ao dos pratos, a seleção de sobremesas inclui o pudim de coco na calda de goiaba (R$ 39,00). À moda antiga, o atendimento é dos mais cordiais da cidade. (Preços checados em setembro/outubro de 2015.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Você pode até tentar, mas é difícil encontrar outro restaurante que prepare um nhoque superior ao do chef e o proprietário Giuseppe La Rosa. Os delicados pedaços da massa de batata mergulhados em um molho de tomate enriquecido por queijo fontinha são soberbos. Custa R$ 69,00. Não se trata do único acerto. Tradicional sugestão de cantinas paulistanas, o polpettone surge alto e macio na companhia de espaguete fresco grosso temperado com o clássico sugo (R$ 78,00). A costeleta de cordeiro vem guarnecida de um risoto com a cremosidade ideal, perfumado por manteiga de trufa (R$ 99,00). Feitas por dona Manuela, mulher de La Rosa, as sobremesas são menos sóbrias e abusam do açúcar. Exemplo? A musse de chocolate (R$ 30,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2014.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Italiano de Turim, o proprietário Giuseppe La Rosa é um mestre da cozinha clássica e refinada. De tão bom, seu nhoque de batata mergulhado no molho de tomate acrescido de queijo fontina (R$ 69,00) foi copiado por outros restaurantes da cidade. De sabor intenso, o molho de rabada distancia o espaguete italiano (R$ 92,00) do trivial. Outra receita exemplar de La Rosa, o brasato é carne cozida lentamente em vinho tinto até que fique bem macia (R$ 96,00). Tem a companhia de risoto de trufa negra al dente. Essas e outras sugestões são servidas em um salão decorado com uma exuberância de elementos, como telas de diferentes estilos. Trata-se de objetos selecionados por Manuela, mulher de La Rosa, responsável pelas sobremesas. Fique atento: possui uma carta de vinhos notável pela seleção de rótulos, assim como pelos preços altos. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      No salão decorado com uma exuberância de detalhes, desfilam ótimas receitas do proprietário Giuseppe La Rosa. Nascido em Turim e radicado no Brasil há quase quatro décadas, o chef apresenta como receita imbatível o delicado e marcante nhoque de batata mergulhado no molho de tomate acrescido de queijo fontina para ser saboreado com a colher. Chamado de robalo light, o peixe aparece em forma de uma posta alta e úmida, coberta por tomate picado e perfumado por ervas. Tem ainda a companhia de flor de brócolis verdinha e al dente. Outra pedida exemplar, a codorna desossada e ao forno surge banhada em molho denso do próprio assado guarnecida de risoto de trufa negra. Responsável pelas sobremesas, Manuela, mulher de La Rosa, faz um bom tiramisu. O Bava Dolcetto d’Alba Contravento 2008 é um dos tintos italianos.

      Veja SP

    • 2011 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2011/2012

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s