Clique e assine por apenas 6,90/mês

Pettirosso Ristorante

(Desde 2007)

Tipos de Restaurantes: Italianos

VejaSP:

Endereço: Alameda Lorena, 2155 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 30625338 / (11) 30624531

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

quarta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

quinta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

sexta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:30

sábado 12:00 - 16:00 - 19:00 - 23:30

domingo 12:00 - 16:30 - -

Faixa de preço: De R$116,00 a R$175,00

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (60), Levar vinhos (permite) (R$ 65,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato e Saulo Yassuda

Originalmente uma trattoria familiar, a casa teve uma evolução notável. O motivo do salto de qualidade reside na dedicação de Marco Renzetti, que, embora seja um cozinheiro intuitivo, faz um trabalho excepcional. Além de clássicos da Itália Meridional, em particular de Roma, onde nasceu, o chef cria as próprias receitas, uma delas destacada entre os dez pratos do ano. É o espaguete pettirosso (R$ 93,00), com massa perfeitamente cozida e banhada em molho bisque ao qual se acrescentam tomate, lagostim e camarões grandes e médios. Ainda nas massas, vai bem a fregola sarda preparada com linguicinha (R$ 77,00). O banquete pode incluir a mozzarela in carroza (R$ 31,00), assada e não frita como no original na companhia de creme de burrata, rúcula, tomate confit doce e uma torrada na forma de uma renda fina. Sobremesa rara na cidade, a cassata siciliana ganha uma tentadora versão com calda e casca de laranja confitada (R$ 26,00).

Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.

    APETITOSAS INTERVENÇÕES

    O Pettirosso Ristorante tem uma “alma romana indelével”. Foi assim que o chef Marco Renzetti definiu a casa em entrevista no Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia. Ele está certo. É um dos melhores endereços da cidade para encontrar pratos típicos de Roma, como o tonarelli à carbonara (R$ 75,00). O fato de o cozinheiro mirar na capital italiana, porém, não o impede de incluir no cardápio alguma intervenção de outras regiões. É o caso do recém-lançado cannolicchi, massa em forma de tubo, com um molho típico da Ligúria, o pesto feito com manjericão, azeite, queijos pecorino e parmesão, pinhole e batata, que confere uma boa cremosidade sem que se precise utilizar muito óleo. Custa R$ 65,00. A receita faz parte da lista de novidades de verão, que inclui a salada de tomates vermelhos e amarelos com ervas frescas e alcaparras (R$ 34,00). 

    (Por Saulo Yassuda)

    Informações checadas em fevereiro de 2020.

    Originalmente uma trattoria familiar, a casa teve uma evolução notável. O motivo do salto de qualidade reside na dedicação de Marco Renzetti, que, embora seja um cozinheiro intuitivo, faz um trabalho excepcional. Além de clássicos da Itália Meridional, em particular de Roma, onde nasceu, o chef cria as próprias receitas, uma delas destacada entre os dez pratos do ano. É o espaguete pettirosso (R$ 93,00), com massa perfeitamente cozida e banhada em molho bisque ao qual se acrescentam tomate, lagostim e camarões grandes e médios. Ainda nas massas, vai bem a fregola sarda preparada com linguicinha (R$ 77,00). O banquete pode incluir a mozzarela in carroza (R$ 31,00), assada e não frita como no original na companhia de creme de burrata, rúcula, tomate confit doce e uma torrada na forma de uma renda fina. Sobremesa rara na cidade, a cassata siciliana ganha uma tentadora versão com calda e casca de laranja confitada (R$ 26,00).

    Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.