Clique e assine por apenas 6,90/mês

Supra di Mauro Maia

(Desde 2014)

Tipos de Restaurantes: Italianos

VejaSP:

Endereço: Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 681 - Itaim Bibi - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 30714473

Horário:

segunda-feira 12:00 - 15:00 - 19:30 - 23:00

terça-feira 12:00 - 15:00 - 19:30 - 23:00

quarta-feira 12:00 - 15:00 - 19:30 - 23:00

quinta-feira 12:00 - 15:00 - 19:30 - 23:00

sexta-feira 12:00 - 15:00 - 19:30 - 23:30

sábado 12:30 - 16:30 - 19:30 - 23:30

domingo 12:30 - 16:30

Rotisseria: 11h/22h (domingo até 16h30).

Faixa de preço: De R$116,00 a R$175,00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (94 lugares), Levar vinhos (permite) (R$ 80,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato e Saulo Yassuda

Nesta casa onde a cozinha funciona como cartão de visitas até se chegar ao salão escondido nos fundos do imóvel, trabalham dois chefs: Mauro Maia, responsável pela criação das receitas, e Rodrigo Bizzo, encarregado da preparação. Tanto que os resultados são superiores quando Bizzo está no fogão. No abre-alas da refeição pode vir o carpaccio de polvo com legumes picadinhos, pontas de aspargo e pérolas de vinagre balsâmico (R$ 42,00) ou a ótima vieira crua ao azeite, limão-siciliano e um toque de dry martini, cujo sabor quase desaparece pela excessiva adição de ovas de capelim e alga (R$ 41,90). O nhoque de batata ganha molho de linguiça toscana, vinho branco, alho, creme de leite, pasta de trufa branca e cogumelos porcini frescos (R$ 89,90), e o dourado confit de pato ao molho de Porto com uma gordurinha deliciosa sob a pele tem a companhia das guarnições cogumelo prataiolo e quiabos grelhados sem o mesmo brilho (R$ 84,00). O cannolo assado e rendado leva recheio de um creme de ricota leve com pistache nas bordas (R$ 29,90). É um dos melhores da cidade.

Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.

    ITALIANO COM UM PÉ NO PARÁ

    Um novo prato do italiano Supra di Mauro Maia tem um quê paraense. O anfitrião Mauro Maia, que acaba de atualizar o menu executado pelo chef Rodrigo Bizzo, acrescentou à lista o capelete de pato confitado (R$ 76,00). Servido com um concentrado molho de carne e pimenta-verde, é enfeitado com folhas e flores de jambu, erva típica do norte do país que dá aquele efeito de dormência na boca. Macia, a paleta de leitão de leite ao molho de licor de mirtilo vem na companhia de cogumelo shiitake e beterraba em conserva, que poderia ter um pouco mais de acidez, e uma delicada tela de pururuca. Custa R$ 85,00. De entrada, o vitelo tonnato (R$ 46,00) traz fatias finas da carne rosada com o molho de atum e maionese, alcaparra e ovinho de codorna. 

    (Por Saulo Yassuda)

    Informações checadas em fevereiro de 2020.

    Nesta casa onde a cozinha funciona como cartão de visitas até se chegar ao salão escondido nos fundos do imóvel, trabalham dois chefs: Mauro Maia, responsável pela criação das receitas, e Rodrigo Bizzo, encarregado da preparação. Tanto que os resultados são superiores quando Bizzo está no fogão. No abre-alas da refeição pode vir o carpaccio de polvo com legumes picadinhos, pontas de aspargo e pérolas de vinagre balsâmico (R$ 42,00) ou a ótima vieira crua ao azeite, limão-siciliano e um toque de dry martini, cujo sabor quase desaparece pela excessiva adição de ovas de capelim e alga (R$ 41,90). O nhoque de batata ganha molho de linguiça toscana, vinho branco, alho, creme de leite, pasta de trufa branca e cogumelos porcini frescos (R$ 89,90), e o dourado confit de pato ao molho de Porto com uma gordurinha deliciosa sob a pele tem a companhia das guarnições cogumelo prataiolo e quiabos grelhados sem o mesmo brilho (R$ 84,00). O cannolo assado e rendado leva recheio de um creme de ricota leve com pistache nas bordas (R$ 29,90). É um dos melhores da cidade.

    Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.