Confira restaurantes para aproveitar o Carnaval

Em diferentes regiões da cidade, casas expedem receitas para foliões ou para quem ficou em São Paulo para descansar

Quem fica na capital para descansar ou curtir o feriadão de Carnaval pode aproveitar a folga para comer bem.

Muitos endereços, entretanto, fecham durante alguns dias. Um dos motivos são os inúmeros bloquinhos que se espalham pela cidade.

O variado Arturito, em Pinheiros, da chef e jurada do Masterchef Brasil Paola Carosella, é um dos estabelecimentos afetados pelo Carnaval. As portas não sobem no almoço de sábado (2), já que o Bloco Bastardo marcará presença em frente a partir das 14h. No jantar, contudo, abre das 19h às 23h30.

Abaixo, confira a lista de endereços selecionados pela equipe de gastronomia de VEJA COMER & BEBER que abrirão no Carnaval:

Arimbá. Na região de Perdizes, a casa da chef Angelita Gonzaga expede receitas como as tiras de alambique (R$ 79,50), que são pedaços grandes de costela bovina com linguiça temperada com cachaça e cebola assada, trazidos junto de porções de farofa e vinagrete, bem acompanhados pela caipirinha de caju e dois limões (R$ 23,50). Fecha somente na segunda (4). Na terça de Carnaval, abre das 12h às 17h30.

Ambiente do restaurante Famiglia Mancini: tradicional cantina na Rua Avanhandava

Ambiente do restaurante Famiglia Mancini: tradicional cantina na Rua Avanhandava (Leo Martins/Veja SP)

Des Cucina. Também em Perdizes, o chef Sergio França (ex-Italy e ex-La Vecchia Cucina) prepara boas entradas, como o atum gordo com mussarela de búfala e ovas na companhia de torradas (R$ 46,00). Sábado (2), abre das 12h às 17h e das 19h à 0h. Domingo (3) e terça (5), somente almoço, entre 12h e 17h. Fecha segunda (4).

Famiglia Mancini. Para curar a ressaca, a casa serve pratões de massas tradicionais de cantina. O endereço funciona normalmente todos os dias e serve receitas como o fettuccine à genova (R$ 152,00), que leva lâminas de bacalhau com azeite, tomate fresco, azeitona preta e manjericão.

Futuro Refeitório. Próximo do agito de Pinheiros, o espaço moderninho abre as portas todos os dias do feriadão. No sábado (2) e na segunda (4), funciona sem intervalo das 9h às 23h. Domingo (3), das 9h às 17h. Terça (5) opera das 8h às 22h30. Oferece desde receitas de café da manhã até drinques criados pelo premiado Alexandre D’Agostino, como a margarita congelada (R$ 26,00), com melancia, limão, tequila e licor de laranja.

Margarita de fruta: tequila, melancia, limão e Cointreau, do Futuro Refeitório

Margarita de fruta: tequila, melancia, limão e Cointreau, do Futuro Refeitório (Gui Galembeck/Divulgação)

Jiquitaia. Pertinho da Rua Augusta, a casa oferece refeições bem brasileiras. Nos menus completos (R$ 55,00, no almoço de segunda a sexta, e R$ 88,00, nos demais horários) pode aparecer a boa bochecha de porco com pamonha e pimenta-de-cheiro. Vale pedir um drinque, como o jerezana (dois tipos de vinho jerez, vermutes tinto e seco e xarope de cacau; R$ 32,00). Fecha apenas domingo. Segunda e terça, funciona das 12h às 16h.

Kitchin. Para os fãs de comida japonesa, vale visitar o endereço no Itaim Bibi. Funciona em horário normal e expede pedidas como os pares de chutoro (atum meio gordo; preço do dia), olho-de-boi (R$ 20,00) e um ótimo ouriço-do-mar temperado com sal e limão (R$ 32,00).

Le Jazz Brasserie. No meio do fervo carnavalesco da Rua dos Pinheiros, o espaço funciona sem intervalo nos dias de folia. Tem boas receitas francesas como o steak tartare (R$ 54,50). O filé-mignon cru e batidinho surge bem temperado na companhia de salada e batata frita.

Sushis de atum gordo: sugestão do Kitchin

Sushis de atum gordo: sugestão do Kitchin (Clayton Vieira/Veja SP)

Mocotó. Reduto de boas receitas brasileiras na Zona Norte de São Paulo, o restaurante funciona sem intervalo no sábado (2), das 11h30 às 23h30. No, domingo (3) e na terça (4), vai até às 17h. Segunda funciona das 12h até 0h. Vale pedir os dadinhos de tapioca ao molho picante e doce (R$ 24,90) e o escondidinho de carne-seca (R$ 36,90).

Teus. Vencedor na categoria de melhor menu-executivo da cidade por VEJA COMER & BEBER, fica nas proximidades da Avenida Faria Lima, onde rolam alguns blocos. Abre normalmente no Carnaval, e fecha somente na segunda (4). Experimente os tacos de linguiça de polvo com pimenta-jalapeño, broto de coentro e picles de cebola ao molho de azeitona (R$ 23,00, duas unidades) e o arroz de lula (R$ 53,00).

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s