Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Os melhores restaurantes abertos em 2021

Conheça o ranking dos destaques do ano pelo crítico Arnaldo Lorençato

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 20 jan 2022, 14h04 - Publicado em 23 dez 2021, 06h00

Selecionei os dez melhores restaurantes abertos até outubro de 2021, aliás, onze. O asiático Kazuo e o Priceless – Notiê são tão bons que estão no topo entre as inaugurações do ano. Confira o ranking.

Bowl de cerâmica com gelo e ostra com gema ao centro .
Kazuo: ostra ao molho ponzu com gema de ovo de codorna e ovas de tobiko Ligia Skowronski/Veja SP

✪✪✪✪ Kazuo. Não por acaso, o endereço que exibe o nome do chef Kazuo Harada levou o título de estreia do ano. Tudo funciona bem nesta casa de cardápio asiático: gastronomia, atendimento e ambiente. Saboreia-se uma ótima degustação (R$ 390,00) com pratos como a ostra ao molho ponzu com gema de ovo de codorna crua e ovas de tobiko e o pato de Pequim, que pode ser pedido à la carte (R$ 124,00). Fecha de 24 a 26 e de 31 a 2 de janeiro. Rua Prudente Correia, 432, Jardim Paulistano, tel. 97620-8488. Tem acessibilidade. kazuorestaurante.com.br. $$$

Prato de cerâmica sobre mesa de madeira com camarão, molho alaranjado e tapioca.
Pitu com bisque, purê de macaxeira e tapioca: do Notiê Clayton Vieira/Veja SP

✪✪✪✪ Priceless — Notiê. A casa, instalada na cobertura do Shopping Light e que faz parte do complexo gastronômico Priceless com os bares-restaurantes Abaru e Botâma, estreou pouco depois de a edição COMER & BEBER estar fechada. Além de impressionar pela ambientação com uma área aberta que revela a beleza do centro da cidade, apresenta para os paulistanos o talento do chef paraibano Onildo Rocha. Aberta só no jantar, tem dois menus degustação, um em dez (R$ 390,00) e o outro em catorze etapas (R$ 475,00). Inclui pitu com bisque, purê de macaxeira mais a cobertura de tapioca suflada. Fecha de 24 a 26 e de 31 a 2 de janeiro. Rua Formosa, 157. Não tem telefone. Tem acessibilidade. priceless.com/saopaulorestaurante. $$$

Ambiente com paredes de cor clara, cadeiras e mesas de madeira e algumas árvores
Casa Rios: endereço comandado por Rodrigo Aguiar e Giovanna Perrone Giuliana Nogueira/Divulgação

✪✪✪✪ Casa Rios. Chef revelação do COMER & BEBER 2017, Rodrigo Aguiar volta nesta casa que substitui o extinto Rios na mesma rua e agora divide o fogão e a grelha com a namorada, Giovanna Perrone. Eles expedem a deliciosa costela de porco preto assada no forno a lenha com feijão-mondubim, creme de cogumelos, minicebolas glaceadas e farofinha de beiju (R$ 215,00, para dois). Reabre no dia 7. Rua Itapura, 1327, Tatuapé, tel. 2091-7323. Tem acessibilidade. casariosrestaurante.com.br. $$

Varanda de restaurante decorada com mesas e cadeiras em coras avermelhadas e guarda-sóis de cor clara
Cora: varanda do restaurante com vista para o Minhocão Clayton Vieira/Veja SP

✪✪✪ Cora. É a casa do argentino Pablo Inca, que comandou o extinto Mangiare Gastronomia. Na cobertura de um edifício retrofitado em frente ao Minhocão, o afiado cozinheiro faz pratos para partilhar, como a tortilha de lula com coalhada e pasta de pimenta (R$ 39,00) e o cordeiro, lentilha, tomate confitado e coalhada (R$ 75,00). Bom serviço de vinhos. Reabre no dia 11. Rua Amaral Gurgel, 344 (6º andar), centro, tel. 9887-12469. Instagram: @cora.sp. $

Pequeno hambúrguer servido junto de chips
Tacacá burger: opção do Caos Brasilis Clayton Vieira/Veja SP

✪✪✪ Caos Brasilis. A casa da Vila Madalena marca a estreia de Bruno Hoffmann como sócio de um negócio. Ex-participante da segunda temporada do reality Mestre do Sabor, ele propõe surpreendentes releituras do receituário nacional. Clássico amazônico, o tacacá burger (R$ 28,00) é um delicioso sandubinha de porco e camarão no brioche de mandioquinha ao molho tártaro de tucupi e jambu com crocantes chips de mandioca ao sal de camarão. Reabre no dia 8. Rua Medeiros de Albuquerque, 270, Vila Madalena, tel. 3037-7431. Tem acessibilidade. caosbrasilis.com.br. $$

Torrada coberta por carne de jaca e picles de cebola-roxa no topo
Tostada de carne de jaca: uma das pedidas do Camélia Òdòdó Ligia Skowronski/Veja SP

✪✪✪ Camélia Òdòdó. A baiana Bela Gil, escolhida chef revelação pelo COMER & BEBER 2021, investe forte em pratos veganos e vegetarianos. São deliciosas pedidas sem carne, como a torrada coberta por jaca, maionese de castanha-de-caju e picles de cebola-roxa (R$ 39,00). Só às sextas, entra em cartaz o bobó de cogumelo shimeji no creme de aipim (R$ 49,00). Fecha nos dias 25, 1º e 2. Rua Girassol, 451B, Vila Madalena, tel. 3815-0767 e WhatsApp 98871-3510. Tem acessibilidade. Tem delivery. cameliaododo.com.br. $

Refogado de feijão-manteiguinha com folhas verdes servido em uma cumbuca de cerâmica de cor azul sobre bancada de madeira.
Refogado de feijão-manteiguinha: prato do 31 Restaurante Clayton Vieira/Veja SP

✪✪✪ 31 Restaurante. Um menu quase sempre vegano e que muda com frequência é a proposta de Raphael Vieira. Há duas formas de degustação, uma em treze etapas (R$ 140,00) e a outra com nove opções (R$ 115,00). São pratos como o refogado de feijão-manteiguinha com folhas verdes amargas. Durante a semana, no almoço, a opção executiva custa R$ 55,00. Reabre no dia 5. Rua Rego Freitas, 301, centro, tel. 91083-9721. Tem acessibilidade. 31restaurante.com.br. $$

Ostras servidas em prato de cor escura coberto por sal grosso
De*Segunda: ostras frescas com sorbet de caju Clayton Vieira/Veja SP

✪✪✪ De*Segunda. O casal Gabriel Coelho e Júlia Tricate, ambos ganhadores de realities culinários, faz uma bela parceria profissional distante das câmeras e com pedidas de sotaque nacional. Algumas mais clássicas, como o cuscuz paulista de camarão com vinagrete de lula, azeite de dendê e coco (R$ 55,00), e criações, caso da ostra fresca com sorbet de caju e vinagrete de picles de cebola-roxa (R$ 42,00). De prato principal, o stinco de leitão com abóbora na brasa e vinagrete de milho sai por R$ 75,00. Fecha no dia 25. Rua Professor Tamandaré Tolêdo, 160, Itaim Bibi, tel. 3078-2900. Tem acessibilidade. Instagram: @desegunda.restaurante. $

Continua após a publicidade

 

Duas croquetas lado a lado.
Me Vá: croqueta de chistorra com maionese negra de leite e mostarda fermentada Clayton Vieira/Veja SP

✪✪✪ Me Vá. O chef Marco Aurélio Sena, que passou dois anos na Andaluzia e, na capital paulista, integrou as equipes do Dalva e Dito, Marakuthai, Komah e Cór, faz apetitosas pedidas ibéricas. É o caso da mentada (R$ 22,00).  Dos pratos principais, vá de arroz marinheira com polvo, camarão grelhado e aïoli de açafrão (R$ 96,00). Um bolo de farinha de amêndoa com laranja é regado por ganache de chocolate branco com caipirinha (R$ 28,00). Fecha nos dias 25, 31 e 1º. Rua Ferreira de Araújo, 285, Pinheiros, tel. 3816-0588. Instagram: @restaurantemeva. $

 

Ambiente de restaurante decorado com fotos na parede
Il Capitale: italiano na região dos Jardins Ricardo D'Angelo/Veja SP

✪✪✪ Il Capitale. É comandado pelo empresário Gianluca Perino (ex-Bottega Bernacca) e pelo chef Ricardo di Camargo (ex-Serafina). Na lista de massas, está o clássico espaguete cacio e pepe (R$ 74,00) com uma deliciosa inclusão: além do molho de queijo pecorino diluído na água do cozimento do macarrão com pimenta-do-reino, acrescentam-se à mesa ovas de bottarga raladas na hora e raspas de limão-siciliano. Funciona até esta sexta (24) e retorna no dia 4. Rua Oscar Freire, 600, Jardim Paulista, tel. 2574-0545 e WhatsApp 97832-3460. Instagram: @ilcapitale. $$

 

Pedaço de carne servida junto de molho shoyu em um prato fundo de cor branca
Pato de pequim: assado com molho de soja e mel Clayton Vieira/Veja SP

✪✪✪ Cantón Peruvian & Chinese Food. Muito se fala na influência japonesa na culinária do Peru, conhecida como nikkei. Certamente é marcante, mas não a única cozinha asiática presente no país andino. Outro ramo importante desse receituário é chamado de chifa, que se beneficia em especial da influência chinesa. São justamente esses pratos que o empresário peruano Marco Espinoza, que chegou a montar o Lima Cocina Peruana na cidade, mas não prosperou, apresenta no Cantón Peruvian & Chinese Food. Numa esquina da Pompeia, a refeição pode ter deliciosos wonton (R$ 22,00, seis unidades), os pasteizinhos fritos recheados de frango e porco ao molho de tamarindo, ou siu may (R$ 44,00, quatro unidades), versão no vapor com carne de porco e camarão para regar com molho hoisin de pêssego. Pensou em ceviche? Tem. Leva o nome da casa e é preparado com atum, leite de tigre e palha de wonton frito (R$ 45,00). Pratos como a chaufa, receita de arroz frito em fogo vivo na frigideira wok preparada em versões como a de rosbife com vegetais e gema curada (R$ 66,00). Uma delícia. Embora esteja descrita como uma entrada no cardápio, a caprichada opção do pato de pequim (assado com molho de soja e mel com panquecas e salada de pepino com molho de alho e maionese de pimenta sriracha) é a única que pode pesar muito na conta deste restaurante bom e barato. Sai a R$ 178,00, mas vale o investimento. De sobremesa, há o bao frito recheado de sorvete de baunilha, creme de chocolate branco, lichia e manga (R$ 29,00). Fecha nesta sexta (24) e na próxima (31). Rua Padre Chico, 631, Pompeia, tel. 3872-8948. Instagram: @canton.sp. $

Assine a Vejinha a partir de 12,90 mensais

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:

Facebook: Arnaldo Lorençato

Instagram: @alorencato

Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br

Caderno de receitas: + Fettuccine alfredo como se faz em Roma

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês