Cora

(Desde 2021)

Tipos de Restaurantes: Cozinha variada

VejaSP:

Endereço: Rua Amaral Gurgel, 344 (6º andar) - Centro - República - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 32314561

Site: @cora.sp

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 19:00 - 23:00

quarta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

quinta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

sexta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

sábado 12:00 - 16:00 - 19:00 - 23:00

domingo 10:00 - 12:30 - 12:30 - 17:00

Faixa de preço: De R$1,00 a R$175,00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (26), Levar vinhos (permite) (R$ 80,00)

imagem reserve sua mesa Reserve sua mesa

Resenha por Arnaldo Lorençato

O inusitado e o improvável acontecem com muita frequência em São Paulo. Inaugurado durante o abre e fecha no auge da pandemia de coronavírus em 2021, o Cora estreou como um lugar sui generis. Em vez de um restaurante de passagem, nasceu como um endereço de destino na cobertura de um prédio retrofitado no Centro de São Paulo. É preciso ter vontade de ir ao edifício que faceia o Minhocão e tomar o elevador até o sexto andar. É lá que se distribuem mesas em um pequeno salão e outras tantas ao ar livre. Esse espaço administrado por Rafael Capobianco e Dany Simon ganhou notoriedade pelas receitas do chef e sócio Pablo Inca, talento revelado no extinto Mangiare Gastronomia, que ficava na Vila Leopoldina. Come-se muito bem por lá. São pratos do profissional argentino sem qualquer adjetivação que maquie ou sobreponha e ofusque sabores, uma culinária límpida, transparente e fresca com o mais expressivo do mercado e boa parte dos ingredientes preparados na grelha. Se há uma reclamação é que as criações mais parecem sugestões temporárias, já que não costumam permanecer muito tempo disponíveis — sempre estão em alto giro. Do menu provado em maio, por sorte, pode ser que esteja disponível o peixe do dia, por vezes o olho-deboi, cortado ao estilo de um sashimi e combinado a lâminas de caju, molho da fruta fresca, limão-taiti e pimenta, além de generosa quantidade de coentro (R$ 56,00). Também dá para pedir os rosados e tenros corações de pato sobre creme de couve-flor aromatizados por pétalas de cebola (R$ 52,00), que ilustram essa página. É torcer para que em algum momento volte o creme brûlé desenformado com uvas (R$ 30,00), que tiveram uma passagem meteórica no Cora. Por essas qualidades, o restaurante leva pela primeira vez o título de melhor variado de VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER.

Informações checadas em agosto e setembro de 2023.

    Essa é uma matéria fechada para assinantes.
    Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

    Para curtir o melhor de São Paulo!
    Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
    Impressa + Digital no App
    Impressa + Digital
    Impressa + Digital no App

    Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

    Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
    *Para assinantes da cidade de São Paulo

    a partir de R$ 39,90/mês

    PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
    Fechar

    Não vá embora sem ler essa matéria!
    Assista um anúncio e leia grátis
    CLIQUE AQUI.