O valet é free para clientes Visa em restaurantes selecionados

Quem possui o cartão Visa Platinum ou Infinite pode participar da promoção. Saiba como

Quem usa o cartão Visa Platinum ou Infinite não paga o valet nos restaurantes selecionados abaixo. Aproveite!

Para participar, siga estes passos:
1- Baixe o app Free Valet Restaurantes ou acesse o chatbot chamando a @VisaBr no Messenger do Facebook
2- Cadastre-se com o cartão Visa Platinum ou Infinite
3- Escaneie o tíquete do valet ao chegar ao restaurante. Após pagar a refeição com o cartão cadastrado (mínimo de R$ 100,00), valide sua cortesia. Pronto! Você já pode pedir seu carro ainda da mesa do restaurante

Leia mais detalhes dos endereços abaixo.

Adega Santiago: lascas do peixe com fava

Adega Santiago: lascas do peixe com fava (Ricardo Bozza/Veja SP/Divulgação)

Adega Santiago (Jardim Paulista). Este misto de bar e restaurante aposta em sabores da Espanha e de Portugal. A saladinha de lascas de bacalhau, cebola-roxa, fava, tomate assado e farofa de pão é indicada para abrir a refeição junto de uma taça de vinho.

Bistrô Charlô: peixe do dia com farofa de camarão e tomate assado

Bistrô Charlô: peixe do dia com farofa de camarão e tomate assado (Divulgação/Divulgação)

Bistrô Charlô. A casa do banqueteiro Charlô Whately investe na cozinha variada. Entre as opções de prato principal, aparecem receitas como o peixe do dia grelhado guarnecido de farofa de camarão e tomate assado.

Olivier Anquier, chef de cozinha

Olivier Anquier, chef de cozinha (Mario Rodrigues/Veja SP)

Bistro L’Entrecôte d’Olivier (Jardim Paulista e Jardim Paulistano). O chef e apresentador de TV Olivier Anquier oferece um único prato: o entrecôte banhado em um molho secreto, repleto de fritas para acompanhamento.

Ici Bistrô: costela bovina cozida ao pastis com azeitona e purê de batata

Ici Bistrô: costela bovina cozida ao pastis com azeitona e purê de batata (Divulgação/Divulgação)

Ici Bistrô. O ambiente é dos mais românticos da cidade. A cozinha expede sugestões como a costela bovina cozida ao pastis com azeitona e purê de batata. Há também um interessante menu executivo, com entrada, prato e sobremesa nos dias de semana.

JAM: Shake hara é o sashimi de salmão ao molho cítrico com batata-doce palha

JAM: Shake hara é o sashimi de salmão ao molho cítrico com batata-doce palha (Tadeu Brunelli/Divulgação)

JAM – Japanese Food, Arts & Music (Itaim Bibi e Jardim Paulista). O espaço serve receitas japonesas com toque ocidental ao som de pop e MPB ao vivo. O shake hara é o sashimi de salmão ao molho cítrico com batata-doce palha.

Josephine: picadinho com arroz, ovo e banana

Josephine: picadinho com arroz, ovo e banana (Divulgação/Divulgação)

Josephine. Além da concorrida varanda, tem ambiente charmoso que lembra um bistrozinho parisiense. No menu variado, os pratos são de várias bandeiras. Entre as opções de alma brasileira está o picadinho com arroz, ovo e banana.

Mochi recheado de sorvete, do restaurante Kosushi, no Itaim Bibi.

Mochi recheado de sorvete, do restaurante Kosushi, no Itaim Bibi. (Roberto Seba/Divulgação)

Kosushi. Tem belo ambiente, pelo qual circulam sugestões japonesas de sushi e sashimi preparadas por George Koshoji. Entre as caprichadas sobremesas, a dupla da massinha de arroz mochi recheada de sorvete pode vir nos sabores chá­-verde e coco.

Ceviche clássico de peixe branco marinado com cebola-roxa e pimenta dedo-de-moça: pedida do La Mar

Ceviche clássico de peixe branco marinado com cebola-roxa e pimenta dedo-de-moça: pedida do La Mar (Fernando Moraes/Divulgação)

La Mar Cebichería Peruana. Fundada pelo chef Gastón Acurio no Peru, a rede oferece estandartes da cozinha andina. Uma das pedidas sem erro é o ceviche clássico, com peixe branco, cebola-roxa, pimenta dedo-de-moça, coentro e limão.

Le Jazz Brasserie: bochecha de boi cozida

Le Jazz Brasserie: bochecha de boi cozida (Mario M. Leite/Veja SP)

Le Jazz Brasserie (Jardim Paulista). O agradável bistrô dispõe de um menu clássico criado pelo chef e sócio Chico Ferreira. Uma das receitas é a bochecha de boi cozida no vinho com cogumelo, purê de batata, cebola-roxa crocante e vagem francesa.

Salada de frango com mussarela de búfala e tomatinhos, do restaurante Le Manjue Organique

Salada de frango com mussarela de búfala e tomatinhos, do restaurante Le Manjue Organique (Ricardo D'Angelo/Veja SP)

Le Manjue Organique (Vila Nova Conceição). Sucesso de público, é o ponto de encontro da galera que preza os ingredientes orgânicos na alimentação. A salada com mussarela de búfala e tomatinho é valorizada por frango em estilo tailandês.

Fregula com frutos do mar do Mondo: massa típica da Sardenha, ilha italiana onde nasceu Loi

Fregula com frutos do mar do Mondo: massa típica da Sardenha, ilha italiana onde nasceu Loi (Clayton Vieira/Veja SP)

Mondo. A cozinha é tocada pelo experiente Salvatore Loi, chef italiano nascido na Sardenha. Sob sua orientação são executados preparos como a fregula com frutos do mar, uma massa em formato de grãos valorizada pela adição de caldo de pescados.

changs011-jpg.jpeg Mongolian beef, do restaurante P.F. Chang’s, no Itaim Bibi.

Mongolian beef, do restaurante P.F. Chang’s, no Itaim Bibi. (Fernando Moraes/Veja SP)

P.F. Chang’s (Itaim Bibi). A matriz da rede de culinária asiática tem salões amplos e serviço informal, além de dois cavalos gigantes na entrada. O mongolian beef traz fatias de carne na chapa ao molho de shoyu e alho com cebolinha por cima.

Ruella: confit de pato ao molho roisin com tarte tatin de batata, cogumelo e alho confit

Ruella: confit de pato ao molho roisin com tarte tatin de batata, cogumelo e alho confit (Tadeu Brunelli/Divulgação)

Ruella (Jardim Europa). Também apresentadora de TV, Danielle Dahoui é a chef e dona do restaurante de decoração romântica apreciada por casais. Uma das pedidas é o confit de pato ao molho roisin com tarte tatin de batata, cogumelo e alho confit.

Moqueca de peixe com banana-da-terra, do restaurante Sal Gastronomia, em Higienópolis

Moqueca de peixe com banana-da-terra, do restaurante Sal Gastronomia, em Higienópolis (Ricardo D'Angelo/Veja SP)

Sal Gastronomia (Higienópolis). É o restaurante do chef Herinque Fogaça, jurado do reality show MasterChef Brasil. No pequeno salão, provam-se boas sugestões como a moqueca de peixe do dia com banana-da-terra mais farofa de coentro.

Espuma de queijo branco com goiabada quente do Sallvattore

Espuma de queijo branco com goiabada quente do Sallvattore (Divulgação/Divulgação)

Sallvattore. Num imóvel de esquina arejado por janelões, a casa tem cardápio italiano. Há uma extensa seleção de massas e pizzas individuais servidas inclusive no almoço, assim como boas sobremesas. Uma delas é goiabada com espuma de queijo.

 

Tanit: leitãozinho de pele crocante com purê de cenoura

Tanit: leitãozinho de pele crocante com purê de cenoura (Ricardo D'Angelo/Veja SP)

Tanit. Premiado como chef do ano por VEJA COMER & BEBER, o catalão Oscar Bosch é quem manda neste endereço, dedicado à culinária espanhola. Opção irresistível e sem erro, o leitão vem na companhia de purê de cenoura e cenourinha glaceada.

Mais informações: visa.com.br/freevaletrestaurantes

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s