Gastronomia

Comer & Beber 2012-2013: os campeões em bares

Saiba quais são os melhores na categoria

Por: Fabio Wright [colaborou Bruno Cesar Dias] - Atualizado em

Comer & Beber 2012-2013 - Bares
Drinque do Venga!, decoração da Casa de Francisca e bolinho do Bar do Luiz Fernandes: os três estão na lista de vencedores (Foto: Fernando Moraes)

Numa cidade com tantos endereços de qualidade, chegar ao olimpo dos vencedores não deixa de ser um feito. Uma das nove casas contempladas neste ano, o Frangó retorna ao time dos campeões depois de uma ausência de três anos.

+ Conheça os vencedores da edição Comer & Beber 2012-2013

Entre os debutantes estão a Casa de Francisca, na categoria música ao vivo; o Bar do Luiz Fernandes, dono do melhor bolinho; e o Venga!, a revelação da temporada. O novato Spencer Jr., do MyNY Bar, foi eleito o barman do ano.

Confira abaixo endereços para beber, petiscar, badalar, fazer uma happy hour, namorar, dançar, ouvir música, madrugar, comemorar...

  • Botecos

    Veloso

    Rua Conceição Veloso, 54, Vila Mariana

    Tel: (11) 5572 0254

    VejaSP
    34 avaliações

    Não é difícil descrever o boteco em três palavras: fila, coxinha, caipirinha. Uma legião de fãs ocupa a calçada à espera de uma mesa. Mesmo antes de conseguir um assento, jávai devorando as coxinhas de tamanho médio (R$ 30,00, seis unidades), viciantes pela casquinha crocante e pelo recheio de frango ultracremoso. Para acompanhá-las, são imbatíveis as caipirinhas preparadas pela equipe do bartender Souza, como a de tangerina e pimenta (R$ 19,00). Não deixe de pedir o chopinho na tulipa (Brahma, R$ 7,80), muito bom. O vizinho Armazém Veloso (Rua Conceição Veloso, 48) tem o mesmo menu e tenta dar conta da demanda. Tenta.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Frangó

    Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 168, Freguesia Do Ó

    Tel: (11) 3932 4818

    VejaSP
    21 avaliações

    Lá no alto da Freguesia do Ó, este bar de quase trinta anos foi um dos primeiros da cidade a se dedicar às cervejas especiais. Pesada e cheia de páginas, a carta traz 430 rótulos catalogados, como o alcoólico St. Feuillien Grand Cru (R$ 42,00, 330 mililitros), da Bélgica. Gelada da casa, a american pale ale produzida pela Colorado sai a R$ 22,00 (600 mililitros). O menu, célebre pela coxinha (R$ 5,00), ganhou um sopro de renovação com receitas do chef Marcelo Corrêa Bastos (Jiquitaia), entre elas o beirute de cupim (R$ 28,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Drinques

    MyNY Bar

    Rua Pedroso Alvarenga, 1285, Itaim Bibi

    2 avaliações
  • Bar-restaurante

    Bar da Dona Onça

    Avenida Ipiranga, 200, Centro

    Tel: (11) 3257 2016

    VejaSP
    31 avaliações

    No decorrer do ano, a chef Janaina Rueda apareceu em programas de TV, reformulou a merenda da rede estadual e ajudou o marido, Jefferson Rueda, a montar A Casa do Porco Bar. Mesmo tão ocupada, ainda conseguiu manter a qualidade desta casa. Reinam no menu receitas difíceis de não agradar, como a moela úmida de aperitivo (R$ 43,00) e o mexido de arroz, feijão, carne moída, couve e farinha coberto de ovo frito (R$ 49,00). Saboroso, o bloody mary (R$ 32,00) é uma ótima maneira de iniciar a petiscaria.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Casa de Francisca

    Rua José Maria Lisboa, 190, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3052 0547

    VejaSP
    Sem avaliação

    Somente 44 pessoas têm a oportunidade de estar ali a cada noite. Por isso, é imprescindível fazer reserva para curtir os shows intimistas de gente como Arrigo Barnabé, Tulipa Ruiz e Rômulo Fróes. A maioria do público é formada por casais e costuma pedir uma garrafa de vinho. Mas há também drinques, como o gim-tônica (R$ 35,00). Com o mesmo espírito de compartilhamento, saem comidinhas como a porção de faláfel acompanhada de pão sírio mais pepino e beterraba cortados em bastões (R$ 30,50). Em respeito aos músicos, as pedidas só são servidas antes ou depois das apresentações. Até o fim do ano, está prevista a inauguração da segunda unidade, dentro de um palacete histórico na Rua Quintino Bocaiúva, no centro.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Divine Wine Bar

    Alameda Jaú, 1844, Jardim Paulista

    4 avaliações
  • Bares variados

    Suíte Savalas

    Rua Mato Grosso, 398, Higienópolis

    6 avaliações
  • Botecos

    Bar do Luiz Fernandes

    Rua Augusto Tolle, 610, Mandaqui

    Tel: (11) 2976 3556

    VejaSP
    25 avaliações

    Trata-se de um dos mais autênticos (e bombados) botecos da cidade, fundado pelo casal Luiz e Idalina Fernandes, homenageado como a dupla personalidade gastronômica neste ano. Os ambientes com as banquetas de plástico sempre ocupadas ganharam nova companhia, o salão extra dos fundos. Contribuiu para a fama do lugar o ótimo bolinho de acém moído, que tem uma incrível crosta tostadinha (R$ 5,00). A mesma receita virou uma porção de almôndegas: vem na tigela em molho de tomate e é apelidada de mamma mia (R$ 10,00). Molhe a garganta com uma despretensiosa cervejinha em garrafa (Bohemia, R$ 12,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Espanhóis

    Venga!

    Rua Delfina, 196, Vila Madalena

    Tel: (11) 3097 9252

    VejaSP
    9 avaliações

    O lugar é amplo e divertido. Mesas altas e baixas mais um balcão acolhem a galera a fim de petiscar à maneira espanhola. Desde 2015, esta filial do bar de origem carioca não tem mais ligação com a Cia. Tradicional de Comércio, que dividia a administração com o grupo do Rio. Na prática, pouco mudou no dia a dia da casa. As croquetas de camarão (R$ 32,00) ou de presunto cru (R$ 32,00) continuam a agradar tanto quanto as boas batatas bravas lambuzadas de molhos picante e aïoli (R$ 40,00). Também muito bom é o polvo com batatas polvilhado de páprica (R$ 39,00 a porção pequena). Tem o mesmo nome de um agitado bairro madrilenho o saboroso drinque chueca (vodca, maracujá e geleia de pimenta no copo enfeitado com raspas de chocolate; R$ 28,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO