MyNY Bar

Tipos de Bares: Drinques
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Pedroso Alvarenga, 1285 - Itaim Bibi - São Paulo - SP ver no mapa
Horário:
Estabelecimento fechado

    Premiada na edição 2012 do especial "Comer & Beber", a casa fechou as portas na sexta-feira, dia 19 de julho de 2013, porque os donos do imóvel em que o bar está instalado, no Itaim Bibi, pediram o ponto de volta. O proprietário Daniel Fialidini está à procura de um novo ponto e deve reabrir o local dentro de alguns meses em novo endereço.

    Comer e beber

    • 2013 -

      Spencer Jr. Barman .

    • 2013 -

      Mini-hambúrguer Petiscos .

    • 2013 -

      Carta de coquetéis .

    • 2012 - Vencedor

      Bares carta de coquetéis Comer & Beber .

      Ele foi jogado numa fogueira: substituir Marcelo Serrano (o barman de 2011) na casa campeã da categoria carta de coquetéis, o MyNY Bar. Paulistano de Pinheiros, 34 anos e fã de tatuagens (tem treze), Spencer Jr. não só cumpriu bem a tarefa como surpreendeu. Em junho de 2012, reformulou o cardápio, agora com 54 receitas, e levou o endereço de inspiração nova-iorquina ao bicampeonato. Vale a pena ocupar o balcão e puxar papo com a figura. Estudioso do assunto, ele sabe bastante sobre os drinques e suas histórias, pesquisadas em livros e na internet. Uma das novidades, o gin & handmade tonic é uma versão do clássico gim-tônica preparada com água tônica artesanal, gaseificada na hora. Dica para quem prefere combinações mais suaves, o black shissô leva gim, purê de amora, licor de frutas vermelhas e folhas de shissô (usadas na culinária japonesa). Atente também para o potion #3, que traz extrato de cenoura e vem decorado com um ramo de tomilho, e o blazer nº 6, flambado com uísque americano. O melhor de todos é o refrescante physalis mule. Entram na fórmula vodca, suco de physalis, ginger beer (bebida fermentada não alcoólica de gengibre e limão) e espuma de gengibre, de notas picantes.

      Veja SP

    • 2012 - Vencedor

      Bares barman do ano Comer & Beber .

      Ele foi jogado numa fogueira: substituir Marcelo Serrano (o barman de 2011) na casa campeã da categoria carta de coquetéis, o MyNY Bar. Paulistano de Pinheiros, 34 anos e fã de tatuagens (tem treze), Spencer Jr. não só cumpriu bem a tarefa como surpreendeu. Em junho de 2012, reformulou o cardápio, agora com 54 receitas, e levou o endereço de inspiração nova-iorquina ao bicampeonato. Vale a pena ocupar o balcão e puxar papo com a figura. Estudioso do assunto, ele sabe bastante sobre os drinques e suas histórias, pesquisadas em livros e na internet. Uma das novidades, o gin & handmade tonic é uma versão do clássico gim-tônica preparada com água tônica artesanal, gaseificada na hora. Dica para quem prefere combinações mais suaves, o black shissô leva gim, purê de amora, licor de frutas vermelhas e folhas de shissô (usadas na culinária japonesa). Atente também para o potion #3, que traz extrato de cenoura e vem decorado com um ramo de tomilho, e o blazer nº 6, flambado com uísque americano. O melhor de todos é o refrescante physalis mule. Entram na fórmula vodca, suco de physalis, ginger beer (bebida fermentada não alcoólica de gengibre e limão) e espuma de gengibre, de notas picantes.

      Veja SP

    • 2011 - Indicado

      Bares Comer & Beber .

      Um barman de ideias arrojadas em um endereço que não mede esforços para pô-las em prática. Essa feliz parceria rendeu à casa de inspiração nova-iorquina um prêmio duplo: a melhor carta de coquetéis e barman do ano. Paulistano da Mooca que chegou a tentar a carreira de jogador de futebol profissional, Marcelo Serrano apaixonou-se pela coquetelaria em Londres, onde passou oito anos atrás de balcões. De volta, assumiu os drinques do MyNY Bar. Com espírito alquimista, ele busca incessantemente novidades. Pesquisa ingredientes, descobre copos e surpreende até no gelo, em formato de cubo, bastão, esfera e meia-lua. Em junho, Serrano reformulou a carta de bebidas do bar, agora com 79 receitas clássicas e autorais. Recente criação dele, o lafayette tem paladar delicado e vem numa charmosa xícara de chá de porcelana adaptada numa taça. A fórmula combina o gim escocês Hendrick’s com xarope de chá de camomila, licor de ervas, néctar de gengibre, água de flor de laranjeira e suco de limão-siciliano. Atente-se ao refrescante moscow mule, servido num copo arredondado de cobre. Elaborado com vodca, suco de limão, angustura e gelo, é finalizado na mesa, com espuma de gengibre. Serrano lança mão ainda de ingredientes brasileiros em suas invenções, como acerola, manga e xarope de rapadura. Nessa linha, há o delicioso o nego, mix de cachaça, açaí, néctar de gengibre e suco de limão-siciliano.

      Veja SP

    • 2011 - Vencedor

      Bares carta de coquetéis Comer & Beber .

      Um barman de ideias arrojadas em um endereço que não mede esforços para pô-las em prática. Essa feliz parceria rendeu à casa de inspiração nova-iorquina um prêmio duplo: a melhor carta de coquetéis e barman do ano. Paulistano da Mooca que chegou a tentar a carreira de jogador de futebol profissional, Marcelo Serrano apaixonou-se pela coquetelaria em Londres, onde passou oito anos atrás de balcões. De volta, assumiu os drinques do MyNY Bar. Com espírito alquimista, ele busca incessantemente novidades. Pesquisa ingredientes, descobre copos e surpreende até no gelo, em formato de cubo, bastão, esfera e meia-lua. Em junho, Serrano reformulou a carta de bebidas do bar, agora com 79 receitas clássicas e autorais. Recente criação dele, o lafayette tem paladar delicado e vem numa charmosa xícara de chá de porcelana adaptada numa taça. A fórmula combina o gim escocês Hendrick’s com xarope de chá de camomila, licor de ervas, néctar de gengibre, água de flor de laranjeira e suco de limão-siciliano. Atente-se ao refrescante moscow mule, servido num copo arredondado de cobre. Elaborado com vodca, suco de limão, angustura e gelo, é finalizado na mesa, com espuma de gengibre. Serrano lança mão ainda de ingredientes brasileiros em suas invenções, como acerola, manga e xarope de rapadura. Nessa linha, há o delicioso o nego, mix de cachaça, açaí, néctar de gengibre e suco de limão-siciliano.

      Veja SP

    • 2011 - Vencedor

      Bares barman do ano Comer & Beber .

      Um barman de ideias arrojadas em um endereço que não mede esforços para pô-las em prática. Essa feliz parceria rendeu à casa de inspiração nova-iorquina um prêmio duplo: a melhor carta de coquetéis e barman do ano. Paulistano da Mooca que chegou a tentar a carreira de jogador de futebol profissional, Marcelo Serrano apaixonou-se pela coquetelaria em Londres, onde passou oito anos atrás de balcões. De volta, assumiu os drinques do MyNY Bar. Com espírito alquimista, ele busca incessantemente novidades. Pesquisa ingredientes, descobre copos e surpreende até no gelo, em formato de cubo, bastão, esfera e meia-lua. Em junho, Serrano reformulou a carta de bebidas do bar, agora com 79 receitas clássicas e autorais. Recente criação dele, o lafayette tem paladar delicado e vem numa charmosa xícara de chá de porcelana adaptada numa taça. A fórmula combina o gim escocês Hendrick’s com xarope de chá de camomila, licor de ervas, néctar de gengibre, água de flor de laranjeira e suco de limão-siciliano. Atente-se ao refrescante moscow mule, servido num copo arredondado de cobre. Elaborado com vodca, suco de limão, angustura e gelo, é finalizado na mesa, com espuma de gengibre. Serrano lança mão ainda de ingredientes brasileiros em suas invenções, como acerola, manga e xarope de rapadura. Nessa linha, há o delicioso o nego, mix de cachaça, açaí, néctar de gengibre e suco de limão-siciliano.

      Veja SP

    • 2010 - Vencedor

      Bares bar revelação Comer & Beber .

      Muita gente se confunde na hora de dizer o nome do MyNY Bar, no Itaim. Pronuncia-se “minibar”, mas quem conhece o lugar há de concordar que o mais adequado mesmo seria “My New York Bar”. Inaugurada um ano atrás, a casa faz uma caprichada ode à Big Apple. Imita até os tijolinhos escuros nas paredes, típicos das construções americanas. Instalado no fim da Rua Pedroso Alvarenga, próximo à Rua Iguatemi, o endereço foi aberto por Daniel Fialdini, paulistano apaixonado por Nova York. Luz rarefeita, poltronas de couro, sofás embutidos e um belo balcão compõem sua atmosfera noir, nitidamente inspirada nos chamados speakeasies, os bares clandestinos da época da Lei Seca americana. Além disso, dois telões projetam fotos de ruas, cartões-postais e personagens nova-iorquinos. Eleito o barman do ano pelo júri de VEJA SÃO PAULO, Marcelo Serrano executa ali uma carta de 24 coquetéis, entre clássicos e modernos. Ele já recebeu na casa a visita de dois bartenders de Nova York. Um deles, Sam Ross, do bar Milk & Honey, deixou no menu uma preciosa receita: o drinque penicilline, interessante combinação de uísque, mel e gengibre em copo com gelo. Na hora de petiscar, opte pelas meat balls, almôndegas de carne ao molho rôti com cerveja escura.

      Veja SP

    • 2010 - Indicado

      Bares carta de coquetéis Comer & Beber .

      Muita gente se confunde na hora de dizer o nome do MyNY Bar, no Itaim. Pronuncia-se “minibar”, mas quem conhece o lugar há de concordar que o mais adequado mesmo seria “My New York Bar”. Inaugurada um ano atrás, a casa faz uma caprichada ode à Big Apple. Imita até os tijolinhos escuros nas paredes, típicos das construções americanas. Instalado no fim da Rua Pedroso Alvarenga, próximo à Rua Iguatemi, o endereço foi aberto por Daniel Fialdini, paulistano apaixonado por Nova York. Luz rarefeita, poltronas de couro, sofás embutidos e um belo balcão compõem sua atmosfera noir, nitidamente inspirada nos chamados speakeasies, os bares clandestinos da época da Lei Seca americana. Além disso, dois telões projetam fotos de ruas, cartões-postais e personagens nova-iorquinos. Eleito o barman do ano pelo júri de VEJA SÃO PAULO, Marcelo Serrano executa ali uma carta de 24 coquetéis, entre clássicos e modernos. Ele já recebeu na casa a visita de dois bartenders de Nova York. Um deles, Sam Ross, do bar Milk & Honey, deixou no menu uma preciosa receita: o drinque penicilline, interessante combinação de uísque, mel e gengibre em copo com gelo. Na hora de petiscar, opte pelas meat balls, almôndegas de carne ao molho rôti com cerveja escura.

      Veja SP

    • 2010 - Vencedor

      Bares barman do ano Comer & Beber .

      Muita gente se confunde na hora de dizer o nome do MyNY Bar, no Itaim. Pronuncia-se “minibar”, mas quem conhece o lugar há de concordar que o mais adequado mesmo seria “My New York Bar”. Inaugurada um ano atrás, a casa faz uma caprichada ode à Big Apple. Imita até os tijolinhos escuros nas paredes, típicos das construções americanas. Instalado no fim da Rua Pedroso Alvarenga, próximo à Rua Iguatemi, o endereço foi aberto por Daniel Fialdini, paulistano apaixonado por Nova York. Luz rarefeita, poltronas de couro, sofás embutidos e um belo balcão compõem sua atmosfera noir, nitidamente inspirada nos chamados speakeasies, os bares clandestinos da época da Lei Seca americana. Além disso, dois telões projetam fotos de ruas, cartões-postais e personagens nova-iorquinos. Eleito o barman do ano pelo júri de VEJA SÃO PAULO, Marcelo Serrano executa ali uma carta de 24 coquetéis, entre clássicos e modernos. Ele já recebeu na casa a visita de dois bartenders de Nova York. Um deles, Sam Ross, do bar Milk & Honey, deixou no menu uma preciosa receita: o drinque penicilline, interessante combinação de uísque, mel e gengibre em copo com gelo. Na hora de petiscar, opte pelas meat balls, almôndegas de carne ao molho rôti com cerveja escura.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s