Venga! (Desde 2011)

Tipos de Bares: Espanhóis
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Delfina, 196 - Vila Madalena - São Paulo - SP ver no mapa
Estabelecimento fechado

    Comer e beber

    • 2016 - Participante

      Bares espanhóis Comer & Beber .

      O lugar é amplo e divertido. Mesas altas e baixas mais um balcão acolhem a galera a fim de petiscar à maneira espanhola. Desde 2015, esta filial do bar de origem carioca não tem mais ligação com a Cia. Tradicional de Comércio, que dividia a administração com o grupo do Rio. Na prática, pouco mudou no dia a dia da casa. As croquetas de camarão (R$ 32,00) ou de presunto cru (R$ 32,00) continuam a agradar tanto quanto as boas batatas bravas lambuzadas de molhos picante e aïoli (R$ 40,00). Também muito bom é o polvo com batatas polvilhado de páprica (R$ 39,00 a porção pequena). Tem o mesmo nome de um agitado bairro madrilenho o saboroso drinque chueca (vodca, maracujá e geleia de pimenta no copo enfeitado com raspas de chocolate; R$ 28,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Fábio Galib e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Bares espanhol Comer & Beber .

      Nascida em um modesto ponto do Leblon seis anos atrás, a marca de origem carioca está presente por aqui desde 2011. Fica em uma vistosa esquina da Vila Madalena, cujas mesas da varanda dão vista para a praça em torno da qual distribuem-se outros dois bares de sucesso, Astor e Pé de Manga. Receitas em pequenas porções feitas com ingredientes de qualidade predominam no menu. Os dados de bacalhau são três deliciosos cubos do pescado cobertos por aïoli ao mel e acompanhados de espinafre (R$ 26,00). Bebidas merecem um capítulo à parte. A gostosa caipirinha venga, feita de cachaça, maçã verde, limão-taiti e um choro de vinho Pedro Ximenez (R$ 22,00), é uma alternativa ao básico chopinho Stella Artois (R$ 9,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Saulo Yassuda

    • 2014 - Participante

      Bares espanhol Comer & Beber .

      Com matriz no Leblon, no Rio de Janeiro, sua veia é espanhola, confirmada pelo caprichado menu de tapas, os petiscos típicos. Trazido no fim de 2011 à capital paulista pela Cia. Tradicional de Comércio, o endereço fica a poucos passos de distância do Astor, outro bar do grupo. Não raro, os desistentes das constantes filas do veterano correm para o bar ibérico. Belos aros iluminados no teto e um balcão para vinte pessoas marcam o ambiente rodeado de mesinhas, altas e baixas. Na hora de beber, a sangria tinta (R$ 39,00, meio litro; R$ 54,00, 1 litro) está entre as mais pedidas, mas a carta ainda dá espaço a vinhos, coquetéis, chope e cervejas, a exemplo da espanhola Voll-Damm (R$ 22,00). As tapas são benfeitas e carregam no preço. Fazem sucesso as croquetas de jamón e de camarão (R$ 8,00 cada uma). Uma ala chamada de conservas ingressou no cardápio neste ano e inclui opções como as sardinhas marinadas em vinagrete de xerez (R$ 26,00). Também novidade, a carne roja y piquillo (R$ 32,00) compõe-se de fatias de bife de chorizo grelhado acompanhado de pimentão vermelho assado. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Saulo Yassuda

    • 2013 - Participante

      Bares espanhol Comer & Beber .

      Um endereço que serve tapas bem arrumadinho. A casa que nasceu no Rio de Janeiro e migrou para a cidade apresenta um salão caprichado, com mesas altas e baixas, e um balcão com banquetas que separa a cozinha dos clientes. O lugar é frequentando principalmente por uma turma que já passou dos 30 anos. Sucesso por ali é a croqueta de jamón (R$ 7,00). A bruschetta de vieiras (R$ 27,00) chega na forma de um espetinho em que os moluscos são intercalados com pimentão e cebola. É macia e saborosa. Para beber, a sangria tinta está entre as mais pedidas (R$ 32,00, meia jarra; R$ 44,00 a jarra). Vinhos espanhóis, coquetéis e cervejas (entre elas a de trigo Weiss Damm; R$ 14,90) completam a oferta de bebidas. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra

    • 2012 - Vencedor

      Bares bar revelação Comer & Beber .

      Com a avalanche de bares espanhóis inaugurados, era provável que um deles se tornasse a revelação da temporada. Nesse período, surgiram os simpáticos Donostia, La Madrileña, Sancho Bar y Tapas e Menys, mas quem se destacou foi o Venga! Nascido no Rio de Janeiro, onde mantém unidades no Leblon e em Ipanema, fixou-se por aqui numa esquina da Vila Madalena, vizinha ao Astor e de frente para uma praça. Peças de jamón penduradas e estantes cheias de latas de azeite e conservas dão ares ibéricos ao salão, que vive tomado de gente na faixa dos 30 anos para cima. Como toda casa espanhola que se preze, possui um belo balcão, com 22 lugares. O cardápio reúne tentadoras tapas, entre elas croqueta de jamón, espetinho de aspargo cozido e presunto cru ao vinagrete de jerez e polvo à galega. Prove ainda o delicioso huevo loco. Servido num copo, traz musseline de batata coberta por pedacinhos de chouriço e presunto cru fritos e ovo pochê. A oferta etílica também é variada: inclui sangria, cervejas como a Estrella Damm, de Barcelona, e uma seleção de coquetéis, da qual faz parte o refrescante gim-tônica incrementado com gomos de grapefruit e laranja. Com um interessante sabor floral, o martini bilbao tem como bebida predominante o curioso licor pacharán (de abrunho, uma pequena ameixa), típico da região de Navarra.

      Veja SP

    • 2012 - Indicado

      Bares bolinho Comer & Beber .

      Com a avalanche de bares espanhóis inaugurados, era provável que um deles se tornasse a revelação da temporada. Nesse período, surgiram os simpáticos Donostia, La Madrileña, Sancho Bar y Tapas e Menys, mas quem se destacou foi o Venga! Nascido no Rio de Janeiro, onde mantém unidades no Leblon e em Ipanema, fixou-se por aqui numa esquina da Vila Madalena, vizinha ao Astor e de frente para uma praça. Peças de jamón penduradas e estantes cheias de latas de azeite e conservas dão ares ibéricos ao salão, que vive tomado de gente na faixa dos 30 anos para cima. Como toda casa espanhola que se preze, possui um belo balcão, com 22 lugares. O cardápio reúne tentadoras tapas, entre elas croqueta de jamón, espetinho de aspargo cozido e presunto cru ao vinagrete de jerez e polvo à galega. Prove ainda o delicioso huevo loco. Servido num copo, traz musseline de batata coberta por pedacinhos de chouriço e presunto cru fritos e ovo pochê. A oferta etílica também é variada: inclui sangria, cervejas como a Estrella Damm, de Barcelona, e uma seleção de coquetéis, da qual faz parte o refrescante gim-tônica incrementado com gomos de grapefruit e laranja. Com um interessante sabor floral, o martini bilbao tem como bebida predominante o curioso licor pacharán (de abrunho, uma pequena ameixa), típico da região de Navarra.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s