Lojas e docerias para comprar bombons, trufas e barras de chocolate

Conheça endereços capazes de atrair qualquer chocólatra

Com a Páscoa se aproximando, a necessidade por chocolate fica cada vez maior, seja para presentear ou satisfazer os próprios desejos.

Na loja premiada na mais recente edição de VEJA COMER & BEBER por vender o melhor chocolate da cidade, a Casa do Sabor AMMA oferece barras produzidas com cacau da Bahia.

amma021.jpeg Casa do Sabor Amma: a loja oferece tabletes produzidos na Bahia

Casa do Sabor Amma: a loja oferece tabletes produzidos na Bahia (Fernando Moraes/Veja SP)

Confira, abaixo, endereços de São Paulo para encontrar chocolate para todos os gostos — doces, amargos, em barra, em bombom, em trufa…

Cacau Show: com 200 lojas em São Paulo, a popular marca oferece, além das tradicionais trufas (de R$ 1,75 a R$ 2,75), as barras das linhas Bendito Cacao, com diferentes porcentagens de cacau (de 52% a 85%; R$ 9,90, 100 gramas), e laCreme, mais cremosas, nas versões ao leite e branco (R$ 10,90, 100 gramas).

Cau Chocolates: em suas duas unidades, a ótima loja serve bombons recheados de marzipan, caramelo com flor de sal e maracujá (R$ 6,00). As barras também chamam a atenção, sobretudo as com cacau de origem, como o da Tanzânia, de sabor mais intenso (R$ 34,00, 100 gramas).

cau-fernando-moraes-editada.jpeg Cau Chocolates: bombons recheados e barras são opções na loja

Cau Chocolates: bombons recheados e barras são opções na loja (Fernando Moraes/Veja SP)

Chocolat du Jour: com matéria-prima proveniente do sul da Bahia, a proprietária Claudia Landmann produz barras de diferentes gradações de cacau (45%, 53% e 70%, a R$ 22,00 a unidade de 80 gramas) e trufas em diferentes versões, como ao leite e champanhe (R$ 7,00 a unidade).

Chocommelier: além de bombons como o de pistache e de mirtilo (R$ 5,00 a unidade), o cardápio da doceria, em Pinheiros, propõe harmonizações entre chocolates e bebidas, como cafés, uísque e chás da marca Talchá.

Chocolat du Jour Chocolat du Jour: trufas de diversos sabores chamam a atenção

Chocolat du Jour: trufas de diversos sabores chamam a atenção (Divulgação/Veja SP)

Chocolates Brasil Cacau: do mesmo grupo que comanda a Kopenhagen, a rede oferece chocolates a preços razoáveis, como as trufas, a R$ 2,00 a unidade. As tradicionais de chocolate branco ou ao leite são as mais recomendadas.

Chocolates Marghi: com 25 anos de existência, a casa de Interlagos é bastante procurada pelos seus bombons feitos com chocolate belga. O quilo, independentemente do sabor ou do formato do bombom, sai por R$ 240,00. A única exceção são os bombons de marzipan que saem por R$ 290,00 o quilo.

cx-24bb.jpeg Chocolates Marghi: bombons em diversos formatos e sabores

Chocolates Marghi: bombons em diversos formatos e sabores (Divulgação/Veja SP)

Crismel: sob o comando de Cristina Bonadio, a loja da Vila Mariana tem bombons feitos com chocolate da marca belga Callebaut, que podem ter mais de cinquenta recheios criados pela própria Cristina. O quilo dos doces custa R$ 290,00.

Dengo: aberta em 2017, a loja do MorumbiShopping traz bombons feitos com cacau de produtores baianos e com recheios de cupuaçu, cumaru, jabuticaba e cajá, a R$ 260,00 o quilo. Na vitrine, grandes blocos de chocolate levam o nome de quebra-quebra, que são “quebrados” no tamanho que o cliente desejar (R$ 199,00 o quilo).

Dengo: bombons de cupuaçu, cumaru, jabuticaba e cajá

Dengo: bombons de cupuaçu, cumaru, jabuticaba e cajá (Ricardo D’Angelo/Veja SP)

Kopenhagen: a marca já não é mais referência em chocolates de alta qualidade, mas ainda se faz atrativa com clássico como nhá benta (R$ 12,90 a unidade de 40 gramas) e cherry brandy, bombom recheado de licor de cereja, vendido a R$ 411,00 o quilo.

Lindt: dos free shops de aeroportos para os shoppings da cidade, a marca suíça traz os seus bombons de recheio cremoso, da linha Lindor, a R$ 199,00 o quilo. Ela ainda oferece o piemonte, cubinho de chocolate com sabor gianduia e pedaços de avelã (R$ 44,90, 150 gramas), e uma caixinha de barrinhas sortidas (R$ 44,90, 200 gramas).

10012016_vejasp_mariabrigadeiro_063 Maria Brigadeiro: além do tradicional docinho, há também barras e bombons

Maria Brigadeiro: além do tradicional docinho, há também barras e bombons (Helena Peixoto/Veja SP)

Maria Brigadeiro: a pequena loja de Pinheiros fechou. Continuam em funcionamento a loja do Shopping JK Iguatemi e a nova do Shopping Iguatemi. Além dos famosos brigadeiros, em sabores como vinho do Porto e coco fresco, a R$ 4,50 a unidade, a casa também oferece bombons com diversos recheios, como o de pistache (R$ 6,00), e barras nas versões chocolate ao leite, com 45% de cacau, intenso, com 75%, e branco (R$ 25,00, 80 gramas).

Renata Arassiro Chocolates: a pequena loja, perfumada com o aroma dos chocolates preparados pela especialista Renata Arassiro, oferece bombons de sabor marcante, como o de gianduia com laranja e o de puxuri, uma planta típica da Amazônia (ambos a R$ 5,00). Também é possível encontrar tabletes feito com cacau de origem, como o São Thomé (R$ 35,00).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s