Clique e assine por apenas 5,90/mês

Casa do Sabor Amma Chocolates

(Desde 2015)

Tipos de Comidinhas: Chocolates

VejaSP:

Endereço: Alameda Ministro Rocha Azevedo, 1052 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 30680240

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 11:00 - 19:00

quarta-feira 11:00 - 19:00

quinta-feira 11:00 - 19:00

sexta-feira 11:00 - 19:00

sábado 11:00 - 20:00

domingo 13:00 - 19:00

Estabelecimento fechado

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (30)

Resenha por Gabrielli Menezes

Gosta de chocolate ao leite? Aqui talvez não seja o seu lugar. Por outro lado, este é o paraíso para quem curte sabores mais amargos. Comandada por Diego Badaró, a marca produz tabletes com 60%, 75%, 85% e até 100% de cacau. Alguns podem ganhar complementos, como pimenta aroeira­-vermelha ou cupuaçu, que deixa o chocolate macio e persistente na boca. Cada um custa R$ 17,00 (80 gramas). Pelas prateleiras da matriz também ficam barras de outros produtores. Uma das pioneiras no movimento bean­-to­-bar (do cacau à barra), Luisa Abram pode marcar presença por ali. Com matéria­-prima originária do Pará, o 81% rio acará custa R$ 22,00. Além dos chocolates, há uma seleção de docinhos preparados sem leite, ovo ou manteiga. Vale provar o bolo de chocolate 60% coberto por doce de leite de castanha de caju (R$16,00 a fatia) e o brigadeiro feito a partir de leite de amendoim (R$ 6,00).

Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.

    AMMA AGORA É ON-LINE

    Eleita a casa do melhor chocolate em 2015 e 2017 pelo guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER, a Amma migrou definitivamente para o virtual. A bonita loja que ficava no Jardim Paulista, Casa do Sabor Amma, fechou as portas durante a pandemia e não tem data para retornar. Os ótimos tabletes produzidos com cacau orgânico do sul da Bahia agora são encontrados apenas no site ammachocolate.com.br, com entregas para todo o país. A barra que combina café com cacau 60% sai por R$ 15,00 (80 gramas), mesmo valor da opção mais amarga (80%) feita com cupuaçu.

    (Por Gabriela Del'Moro)

    Informações checadas em outubro de 2020.

    Gosta de chocolate ao leite? Aqui talvez não seja o seu lugar. Por outro lado, este é o paraíso para quem curte sabores mais amargos. Comandada por Diego Badaró, a marca produz tabletes com 60%, 75%, 85% e até 100% de cacau. Alguns podem ganhar complementos, como pimenta aroeira­-vermelha ou cupuaçu, que deixa o chocolate macio e persistente na boca. Cada um custa R$ 17,00 (80 gramas). Pelas prateleiras da matriz também ficam barras de outros produtores. Uma das pioneiras no movimento bean­-to­-bar (do cacau à barra), Luisa Abram pode marcar presença por ali. Com matéria­-prima originária do Pará, o 81% rio acará custa R$ 22,00. Além dos chocolates, há uma seleção de docinhos preparados sem leite, ovo ou manteiga. Vale provar o bolo de chocolate 60% coberto por doce de leite de castanha de caju (R$16,00 a fatia) e o brigadeiro feito a partir de leite de amendoim (R$ 6,00).

    Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.