Dengo (Desde 2017)

Tipos de Comidinhas: Chocolates
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Avenida Roque Petroni Júnior, 1089 - Morumbi Shopping - Loja 62A - Jardim das Acácias - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 51812818
Horário:
segunda-feira
10:00 - 22:00
terça-feira
10:00 - 22:00
quarta-feira
10:00 - 22:00
quinta-feira
10:00 - 22:00
sexta-feira
10:00 - 22:00
sábado
10:00 - 22:00
domingo
14:00 - 20:00
check_circle

Informações adicionais

Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (12)

Resenha por Gabrielli Menezes

A grife de chocolate cresceu. Na última publicação do guia COMER & BEBER, quando estreou no topo do pódio, ela caminhava para a abertura da terceira loja em São Paulo. Multiplicou-se em oito endereços — sem contar filiais em cidades como Curitiba, Brasília, Rio de Janeiro… A grande vantagem dessa expansão é que o portfólio de qualidade chega a mais e mais gente. A responsável por manter os produtos no alto é a chocolatière Luciana Lobo, que afina os resultados obtidos pela fábrica no bairro paulistano de Santo Amaro e em Ilhéus, na Bahia, por uma equipe responsável em avaliar amêndoas de cacau de uma rede formada por mais de 200 produtores. Com essa matéria-prima, a especialista inventa bombons de cachaça, cumaru, jabuticaba, banana e outros sabores (R$ 4,20 cada um). Criação de sucesso, os quebra-quebras são placas enormes, porém finas, que podem ser partidas na dimensão do apetite do cliente. O ao leite com banana desidratada e em versão crocante é de aplaudir, assim como o amargo com castanha-de-caju e cupuaçu glaceado (R$ 220,00 o quilo). As pepitas de cacau (R$ 280,00 o quilo), torradas, carameladas e envoltas em chocolate ao leite ou amargo, são quase snacks. Daqueles que prolongam a nossa vontade de comer.

Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.

    Comer e beber

    • 2019 - Vencedor

      Comidinhas - Chocolate COMER & BEBER .

      A grife de chocolate cresceu. Na última publicação do guia COMER & BEBER, quando estreou no topo do pódio, ela caminhava para a abertura da terceira loja em São Paulo. Multiplicou-se em oito endereços — sem contar filiais em cidades como Curitiba, Brasília, Rio de Janeiro... A grande vantagem dessa expansão é que o portfólio de qualidade chega a mais e mais gente. A responsável por manter os produtos no alto é a chocolatière Luciana Lobo, que afina os resultados obtidos pela fábrica no bairro paulistano de Santo Amaro e em Ilhéus, na Bahia, por uma equipe responsável em avaliar amêndoas de cacau de uma rede formada por mais de 200 produtores. Com essa matéria-prima, a especialista inventa bombons de cachaça, cumaru, jabuticaba, banana e outros sabores (R$ 4,20 cada um). Criação de sucesso, os quebra-quebras são placas enormes, porém finas, que podem ser partidas na dimensão do apetite do cliente. O ao leite com banana desidratada e em versão crocante é de aplaudir, assim como o amargo com castanha-de-caju e cupuaçu glaceado (R$ 220,00 o quilo). As pepitas de cacau (R$ 280,00 o quilo), torradas, carameladas e envoltas em chocolate ao leite ou amargo, são quase snacks. Daqueles que prolongam a nossa vontade de comer. 

      Gabrielli Menezes

    • 2018 - Vencedor

      Chocolates Comer e Beber .

      Sete pequenos produtores de cacau da Bahia fornecem a matériaprima usada na confecção dos bombons da marca, hoje com duas unidades — a terceira deve ser aberta em novembro, no Shopping Higienópolis. Quem responde pela produção é Luciana Lobo, que por oito anos trabalhou na Cau Chocolates. São uma delícia os chocolates recheados de creme de frutas brasileiras como mangaba, cajá e jabuticaba, de acidez e doçura na medida. Eles são vendidos a R$ 3,20 cada um, o mesmo preço das versões de ganache, café e cumaru. As barrinhas têm diferentes gradações, do docinho 36% ao intenso 75% (R$ 4,80, 20 gramas cada uma). Placas enormes com castanhas e frutas ganham o nome de quebra-quebra: podem ser fracionadas no tamanho que o cliente desejar (R$ 199,00 o quilo). Experimente a de abacaxi com fitas de coco. Informações checadas entre julho e setembro de 2018.

      Gabrielli Menezes e Fábio Galib

    • 2017 - Participante

      chocolates Comer & Beber .

      Tinindo de nova, a bonita loja reúne criações da chocolatière Luciana Lobo, ex-Cau. Todas trazem na composição cacau proveniente de sete produtores da Bahia, que é processado em uma fábrica própria aqui em São Paulo. Há bombons de cupuaçu, cumaru, caramelo, jabuticaba, cajá, mangaba... tudo a R$ 229,00 o quilo. O grande destaque fica em uma vitrine no meio do salão e leva o nome de quebraquebra. São grandes blocos de chocolate, “quebrados” no tamanho que o cliente desejar (R$ 199,00 o quilo). Além da versão de coco e nibs de cacau, há outra mais docinha, de gianduia e castanha-de-caju. (Preços checados em setembro de 2017).

      Fábio Galib e Gabrielli Menezes

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s