Rodolfo De Santis abre casa de grelhados e anuncia mais inaugurações

Giulietta Fogo & Vino, novo empreendimento do chef do Nino Cucina, deve começar a operar na terça (23)

Além de craque na cozinha, o italiano Rodolfo De Santis vem se consolidando como empresário bem-sucedido. Depois do êxito com o Nino Cucina em 2015, vieram, não exatamente nesta ordem, o Da Marino, especializado em pescados, e a Salumeria, na realidade, uma extensão vizinha ao Nino.

Ele deu um passo atrás, porém, com o encerramento do Peppino, bar de tremendo sucesso fechado em agosto do ano passado. “Não gosto de vender bebidas”, justifica o chef, que manteve o ponto alugado.

Tartare de paleta: acompanhado de gema de ovo caipira, parmesão, rúcula e cogumelo

Tartare de paleta: acompanhado de gema de ovo caipira, parmesão, rúcula e cogumelo (Gladstone Campos/Veja SP)

De Santis se prepara agora para inaugurar o Giulietta Fogo & Vino, também de perfil italiano, mas bem diferente de seus outros negócios. É um lugar escondido. Para chegar até ele, cruza-se a Salumeria. A nova casa, cuja inauguração está prometida para terça (23), é especializada em carnes e vegetais no fogo.

“O conceito não tem nada a ver com o das churrascarias de jeitão argentino, muito comuns no Brasil”, explica o cozinheiro. “Seria mais um, e não é o que quero.” Além da grelha, ele tem uma cruz para assar pequenos animais inteiros, um forno a carvão e um defumador.

Giulietta Fogo & Vino: diferentes espaços para pedidas na grelha

Giulietta Fogo & Vino: diferentes espaços para pedidas na grelha (Gladstone Campos/Veja SP)

“Quero reproduzir a cozinha italiana na grelha”, diz. Também não esconde que uma de suas fontes de inspiração é o conterrâneo Dario Cecchini, dono da Antica Macelleria, em Panzano in Chianti, cidadezinha no interior da Toscana.

E adianta alguns pratos do cardápio: cabrito com batata ao alecrim, brasato de acém no vinho tinto e berinjela à parmigiana, finalizados no forno a carvão, a clássica bisteca à fiorentina na grelha e um tartare de paleta com gema de ovo caipira, parmesão, rúcula e cogumelo.

É muito? Não para De Santis, que não pretende parar por aí.

Bisteca à fiorentina: clássico italiano preparado na grelha

Bisteca à fiorentina: clássico italiano preparado na grelha (Gladstone Campos/Veja SP)

Onde era a balada Piove, do outro lado da mesma rua, ele está montando uma casa com opções fit em um jardim, aberta o dia todo, do café da manhã ao jantar.

Acabaram as novidades? Não. Vem aí, fora da temática italiana, o bar de tapas espanhol La Barra, em parceria com o chef Julian Rigo, também no Itaim.

A conferir.

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma
+ O tiramisu original
+ O melhor petit gâteau do Brasil

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s