ESPECIAL

Restaurant Week 2013: brasileiros

Conheça todos os restaurantes desta especialidade que participam do festival e confira o menu de cada um

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Jiquitaia - Restaurant Week - set/2013
Jiquitaia: arroz de polvo servido com um tentáculo grelhado (Foto: Rafael Wainberg)

De segunda (2) até o dia 15 de setembro, ocorre a 13ª edição da São Paulo Restaurant Week. Durante duas semanas, mais de 200 restaurantes, bares e casas de comidinhas servem menus promocionais no almoço (R$ 34,90) e no jantar (R$ 47,90).  

Abaixo, conheça dez restaurantes de culinária brasileira que participam do evento. Para saber o que eles estão servindo, basta clicar no nome do estabelecimento.

Lembre-se de que é possível compartilhar as suas experiências durante o festival aqui no site da Vejinha. Basta acessar a página do lugar que você deseja avaliar e fazer login com o seu Abril ID.

Tudo sobre a São Paulo Restaurant Week 2013

+ Confira os restaurantes divididos por tipo de cozinha

  • Brasileiros

    Amazônia

    Rua Rui Barbosa, 206, Bela Vista

    Tel: (11) 3142 9264

    VejaSP
    2 avaliações

    O proprietário, Paulo Leite, adora caminhar pelo salão e explicar aos clientes os sabores da cozinha paraense. Montado apenas aos sábados e domingos no almoço, o bufê de sete especialidades oferece um panorama dessa culinária aos iniciantes (R$ 75,00), mas o visual dos aparadores não chega a empolgar. Disponível diariamente, a lista de pedidas à la carte mostra-se mais atraente. Peça a apetitosa casquinha de caranguejo (R$ 23,00) para começar, coberta por bastante farinha de mandioca amarela. Para ser tomado direto na cuia, o caldo tacacá (R$ 21,00) leva tucupi (sumo da mandioca brava), goma de tapioca, camarão seco e jambu, vegetal de efeito anestésico. Continue com a maniçoba (R$ 62,00 para dois), receita que lembra a feijoada, composta de folhas de mandioca cozidas por um longo período, carnes e embutidos. Na sobremesa, tapioca em duas versões: no sorvete da marca paraense Cairu (R$ 12,00) e no pudim salpicado de pedacinhos crocantes do ingrediente (R$ 12,00).

    Preços checados em 31 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Badaró - MorumbiShopping

    Avenida Roque Petroni Júnior, 1089, Jardim Das Acácias

    Tel: (11) 5181 8076

    Sem avaliação

    Em sistema à la carte, o restaurante serve um cardápio variado, com foco na cozinha tradicional de São Paulo. Há pratos como virado à paulista, filé à cavalo e escalope grelhado com pastel, couve, arroz e feijão. Outra pedida que tem grande saída é a picanha que leva o nome da casa, grelhada com alho e guarnecida de batata noisette, palmito, brócolis salteado e arroz.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Capim Santo

    Alameda Ministro Rocha Azevedo, 471, Cerqueira César

    Tel: (11) 3089 9500

    VejaSP
    13 avaliações

    Precedida por um belo jardim, a casa da chef Morena Leite, sócia também da rede Santinho, tem um cardápio em constante mutação. Em vez do couvert, confira a degustação de petiscos com oito pares de salgadinhos (R$ 53,00). Inclui pequenas tentações como o minichurro de tapioca recheado de vatapá. A cozinheira apresenta sua versão do tradicional picadinho de carne com farofa de ovo e aligot de tapioca (R$ 56,00), um creme de queijo com o derivado da mandioca. Melhor ainda, o robalo na brasa vem no molho de limão-cravo com minilegumes (R$ 89,00). Perfumado por aridan, uma fava de origem africana, o pudim de caramelo (R$ 19,00) é um bom fecho. O almoço, sempre em bufê, tem preço fixo de R$ 63,00 (terça a sexta) e R$ 96,00 (sábados, domingos e feriados).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Consulado da Bahia

    Rua dos Pinheiros, 534, Pinheiros

    Tel: (11) 3085 3873

    VejaSP
    14 avaliações

    Começar com um acarajé é sempre uma boa ideia nesta casa de alma baiana e jeitão botequeiro. O quitute pode vir na versão grande (R$ 16,00) ou em porção de quatro unidades pequenas (R$ 37,00). Em seguida, escale uma das moquecas para dois, entre elas a de dourado (R$ 130,00) e a de siri catado (R$ 132,00). Durante a semana até as 15h30, compensa pedir as versões individuais que custam de R$ 44,00 a R$ 51,00. Outra opção, o arrumadinho (R$ 94,00 para dois) traz carne de sol, banana-da-terra, farofa de feijão-de-corda e arroz.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Família Mineira

    Rua Manuel Guedes, 436, Jardim Europa

    Tel: (11) 3071 3672 ou (11) 3078 6254

    1 avaliação
  • Brasileiros

    Jiquitaia

    Rua Antônio Carlos, 268, Consolação

    Tel: (11) 3262 2366

    VejaSP
    12 avaliações

    É raro encontrar um lugar com melhor relação qualidade-preço do que este restaurante aberto pelo chef paranaense Marcelo Corrêa Bastos em parceria com a irmã, Carolina. Embora se possam pedir as opções à la carte, é mais vantajoso experimentá-las no trio entrada, prato e sobremesa ao custo fixo de R$ 49,00 no almoço executivo de segunda a sexta e R$ 79,00 nos demais horários. Podem pintar o caprichado picadinho com arroz e ovo caipira de gema mole (R$ 39,00) e a marcante dobradinha no molho de tomate com linguiça (R$ 39,00). Não perca o ótimo café coado (R$ 4,50) da marca Martins. Em maio, os irmãos Corrêa Bastos montaram um concorrido bar na parte de cima do sobrado que ocupam.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Manzuá

    Rua Oscar Freire, 1189, Cerqueira César

    Tel: (11) 3085 5058 ou (11) 3082 2626

    VejaSP
    5 avaliações

    Fundada pelo pernambucano Leonel da Rocha, a rede de restaurantes baianos tinha essa filial paulistana originalmente com o nome Bargaço. Dois anos atrás, transformou-se em Manzuá, palavra que batiza a rede usada para a pesca da lagosta no Nordeste. A moqueca continua a estrela do menu, embora não seja tão inspirada como em um passado não muito distante. Na de camarão, nada no caldo fervente de leite de coco, azeite de dendê e tomate uma quantidade grande do molusco (R$ 140,00 para dois). Para petiscar, deixe de lado o acarajé (R$ 28,00 o par) adaptado para turistas — quase sem dendê, quase sem personalidade. Invista nos bolinhos de aipim com lagosta (R$ 32,00, seis unidades). Sobremesas típicas como o doce de caju (R$ 18,00) dão uma dignidade açucarada ao fim da refeição.  

    Preços checados em 17 de junho de 2015.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO