O que há hoje nos endereços onde ficavam as melhores danceterias da cidade

Estabelecimentos mudaram de ramo ou simplesmente não existem mais

Durante as décadas de 70, 80 e 90, as danceterias pipocaram pela cidade e deram aos jovens centenas de opções para a balada do fim de semana. Esses estabelecimentos viram o nascimento da disco music, da new wave e da house music e botaram todo mundo para dançar em pistas sofisticadíssimas para os padrões da época.

Com o passar dos anos, grande parte destes templos da dança e do underground simplesmente fecharam as portas, e hoje seus endereços abrigam outros tipos de estabelecimentos que às vezes nem imaginam que ali já estiveram alguns dos points mais conhecidos da cidade.

Relembre algumas das mais badaladas pistas de dança de São Paulo, e saiba o que está no mesmo endereço nos dias de hoje.

 

Zoom – R. Dr. Zuquim, 311

A mega danceteria de propriedade do empresário Chico Recarey já abrigou uma academia e um salão de danças. Hoje é um prédio abandonado.

 (Google Street View/)

 

Clube Massivo – Alameda Itu, 1548

No espaço do clube, inaugurado em 1991, hoje está o Squat Bar.

 (Google Street View/)

 

Kremlin – Rua Franz Schubert, 193

A enorme danceteria com teto de vidro fechou em 2003, e hoje neste endereço está um condomínio de apartamentos.

 (Google Street View/)

 

Contramão – Rua Coelho Lisboa, 461

O espaço em que ficava esta lendária danceteria do Tatuapé já abrigou bares, lanchonetes e até outras danceterias. Hoje, está fechado.

 (Google Street View/)

 

Allure – Rua Frei Galvão, 135

A casa foi inaugurada em 1992. Hoje, neste endereço, funciona uma startup de tecnologia.

 

Rose Bom Bom – Rua Oscar Freire, 720

O lugar alternativo recebeu também grandes nomes do rock nacional. Hoje, neste endereço está uma loja de moda e presentes.

 

Up & Down – Rua Pamplona, 1418

No endereço em que já esteve um das maiores e mais badaladas danceterias da cidade, hoje é um estacionamento.

 (Google Street View/)

 

London Tavern – Av. Ipiranga, 165

Ficava no Hilton Hotel da Avenida Ipiranga. Hoje, nem o hotel está mais lá. O prédio agora é do Tribunal de Justiça de São Paulo.

 

Radar Tantã – Rua Sólon, 1069

Instalado em uma antiga fábrica, tinha uma pista de 1500 metros quadrados. Hoje, está ali uma empresa exportadora.

 (Google Street View/)

 

Overnight – Rua Juvenal Parada, 35

O point mais famoso da Moóca na década de 90 hoje se tornou um buffet.

 (Google Street View/)

 

Latitude 3001 – Av. 23 de maio, 3001

A danceteria em forma de caravela foi demolida, e hoje em seu lugar está uma concessionária.

 

Hippodromo: Rua Turiassú, 734

No lugar onde ficava a grande danceteria, dos mesmos donos da Up& Down, fica agora uma igreja evangélica.

 (Google Street View/)

 

Sra. Kravitz – Rua Fortunato, 34

A pequena casa underground ficava em Santa Cecília. Já passaram por lá um bar, uma imobiliária e uma serralheria.

 (Google Street View/)

 

Banana Power – Av. São Gabriel 301

Grande sucesso nos anos 70, a danceteria foi uma das primeiras a ser reconhecida nacionalmente. Hoje, neste endereço está um edifício comercial.

 

Columbia: Rua Estados Unidos, 1570

O lugar já abrigou outras danceterias e até uma loja de cosméticos.

 (Google Street View/)

 

Dama Xoc – Rua Butantã, 100

A casa recebeu diversos shows de rock nacional nos anos 80 e 90. Hoje, o prédio faz parte das instalações do Sesc Pinheiros.

 (Google Street View/)

 

Limelight – Rua Franz Schubert, 93

A construção em forma de igreja foi inaugurada em 1991. Hoje, o endereço nem existe mais, em seu lugar está um prédio de apartamentos.

 (Google Street View/)

 

Toco – Rua Dona Matilde, 509

Uma das mais conhecidas danceterias de todos os tempos na cidade funcionou de 1972 até 1997. Depois que fechou, seu prédio foi bingo, igreja evangélica, e hoje a construção foi demolida para dar lugar a um mercado.

 (Google Street View/)

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s