Chef Rodolfo De Santis inaugura uma cantina

O cozinheiro italiano abre a trattoria Peppino no mesmo lugar onde funcionou um bar de mesmo nome no Itaim

Com um tino excepcional para negócios, o chef-empresário Rodolfo De Santis inaugura mais um estabelecimento nesta quinta (22). Desta vez é a Peppino Cantina, casa especializada em culinária italiana com cardápio mais simples do que o do megassucesso Nino Cucina, que fica numa rua transversal. Trata-se do terceiro endereço que De Santis abre só neste ano. Antes, vieram o Giulietta Fogo & Vino, dedicado às carnes, e o bar espanhol La Barra. O cozinheiro com apetite para negócios não vai parar por aí como comento adiante.

A Peppino surge no mesmo endereço onde funcionou o Peppino Bar. Embora o local estivesse no auge e vivesse lotado, além de ter sido premiado pelo COMER & BEBER como revelação de sua categoria em 2017, De Santis decidiu fechá-lo em agosto de 2018. “Não gosto de lugares em que o foco é a bebida e não a comida”, explica. Depois de apenas 15 dias de obras, a trattoria está pronta para funcionar.

Peças de decoração da extinta Capuano: uma balança centenária e um antigo cofre

Peças de decoração da extinta Capuano: uma balança centenária e um antigo cofre (Divulgação/Divulgação)

Até a metade de setembro, a cantina com 48 lugares deve funcionar em soft opening só para jantar. Nesse primeiro momento, haverá apenas massas. São seis opções frescas, cada uma delas podendo ser combinadas a dois molhos diferentes. “Mais para frente, quero colocar uma carne do dia, como um cabrito com batata”, adianta.

A Peppino, que já tem um perfil no Instagram com quase 25.000 seguidores e uma única foto publicada, tem uma característica especial na decoração. Parte de seu mobiliário foi comprada da extinta Capuano, cantina do Bixiga que tinha a primazia de ser mais antiga da capital em funcionamento contínuo.

Detalhes do salão: um Lambretta 1967 e lustre de roda de carroça

Detalhes do salão: um Lambretta 1967 e lustre de roda de carroça (Divulgação/Divulgação)

Entre as peças que serão vistas no salão está um cofre antigo que fica ao lado do caixa na entrada, alguns baús, uma balança Filizola com prováveis mais de 100 anos, e a roda de carroça usada como luminária, além de um clarinete e um violão usados pelo antigo proprietário, Angelo Luisi. “Contratei o Donato, genro do Luisi. Ele ficará no salão para contar a história das cantinas da cidade”, revela.

A informalidade não deve reinar apenas no decor, que inclui ainda salames pendurados no teto. Também estará no serviço . O próprio cliente pode escolher seu vinho direto na prateleira, inclusive abri-lo e se servir.

Salão pequeno: apenas 40 lugares para saborear massas

Salão pequeno: apenas 40 lugares para saborear massas (Divulgação/Divulgação)

Para colocar o novo endereço de pé, De Santis acredita que fez um investimento pequeno. “Foram cerca de 450.000 reais. Aproveitamos muito do que tínhamos no bar”, conta. Depois de mais essa inauguração, o chef se concentrará na abertura da Osteria Nonna Rosa (Rua Padre João Manuel, 950, Jardim Paulista), no fim de outubro, e no Forno da Pino, na mesma quadra da Rua Jerônimo da Veiga, onde ficam o Nino Cucina, o Da Marino e o Giulietta Fogo & Vino.

A Peppino Cantina ainda não foi avaliada. A conferir.

Peppino Cantina
Rua João Cachoeira, 175, Itaim Bibi, tel. 3368-6863.
19h/0h (fecha segunda)

Texto publicado na edição nº 2650, de 4 de setembro de 2019:

Os fãs da culinária do Nino Cucina e outros restaurantes do chef Rodolfo De santis já têm outro endereço para provar essas especialidades. É a cantina Peppino, montada no lugar onde funcionou o já fechado bar de mesmo nome. Na casa, aberta no último dia 22, provam-se só seis massas com dois molhos cada uma, entre as quais o fusilli ao sugo com braciola (R$ 45,00) ou à matriciana (R$ 40,00). O salão, com quarenta lugares, tem na decoração objetos da extinta cantina Capuano, no Bixiga. São peças como uma balança centenária e um antigo cofre. Ainda sem avaliação. A conferir. Rua João Cachoeira, 175, Itaim Bibi, ☎ 3368-6863.

Confira o cardápio:

 (Divulgação/Divulgação)

 

 

 

 

 

 

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma
+ O tiramisu original
+ O melhor petit gâteau do Brasil

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s