Bares

Onde beber chopes que fogem da mesmice

Tiradas na pressão, bebidas de fabricação própria ou trazidas de cervejarias nacionais e estrangeiras destacam-se no cardápio de endereços na cidade

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Algumas casas da cidade se diferenciam por servir um chope campeão, na temperatura ideal e com três dedos de cremoso colarinho. Outras têm a vantagem de fabricar sua própria versão da bebida, servir produtos de marca própria ou investir na compra de marcas artesanais.

+ Seis roteiros para fazer a pé em São Paulo

A novata Cervejaria Ideal, em Perdizes, reserva as dozes torneiras para fermentadas de microcervejarias, sobreturo brasileiras. Já a Cervejaria Nacional, em Pinheiros, é um brewpub, ou seja, os chopes servidos no endereço são feitos no próprio local. Fora eles, outros endereços servem bebidas de marcas que fogem da mesmice. Veja o roteiro abaixo.

 

  • Chope e cerveja

    BrewDog Bar

    Rua dos Coropés, 41, Pinheiros

    Tel: (11) 3032 4007

    VejaSP
    14 avaliações

    É um dos muitos bares da BrewDog espalhados pelo mundo. Fica em frente ao Instituto Tomie Othake e ocupa um espaço de jeitão hipster: concreto por todo lado, neons, lampadinhas... Algo mudou por lá. A casa acabou cedendo e botou funcionários para atenderem mesas — antes, os pedidos eram feitos no balcão. A oferta já foi mais surpreendente, mas ainda dá para encontrar pedidas como o gaúcho Barco Thai Weiss (R$18,00), bem fresco. Montado em brioche macia, o sanduba chicken mayo (R$ 22,00) traz um filezão de frango empanado, bem crocante,junto de alface, tomate e molho aïoli.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Cervejaria Ideal

    Rua Ministro Ferreira Alves, 203, Perdizes

    Tel: (11) 3578 7534

    VejaSP
    3 avaliações

    Um alemão da cidade de Neuwied, no oeste do país, deu de abrir uma choperia em Perdizes que não prioriza as boas pedidas germânicas, mas, sim, as opções brasileiras. Este é Steffen Ohnemüller, sócio do casarão, que tem uma agradável varanda e doze torneiras de chope. Só é fixa a versão com o nome do bar, produzida pela Mea Culpa no estilo blond ale (R$ 10,00, 300 mililitros). Se estiver a fim de provar um pouco de tudo, peça a degustação de cinco copinhos (R$ 25,00). Ochili de carne coberto de mussarela engana a fome (R$ 32,00), mas é levado à mesa por garçons muito desatentos, o que fez a casa perder uma estrela na avaliação.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Cervejaria Nacional

    Avenida Pedroso De Morais, 604, Pinheiros

    Tel: (11) 3034 4318 ou (11) 4305 9368

    VejaSP
    14 avaliações

    Cervejaria Nacional já preparava a própria bebida. Desde 2011, os chopes são produzidos na fábrica que divide o endereço com o bar. Em dois pisos, o público toma o levinho weiss (R$ 13,50, 330 mililitros) e o mais encorpado brown ale (R$ 14,50, 330 mililitros), entre outras pedidas fixas. O líquido não vem estupidamente gelado, mas em temperatura agradável para que se sintam suas nuances. Não deixe escapar os títulos temporários. Do cardápio eclético de mastigáveis, dá para descolar uma pedida brasileirinha: queijo de coalho grelhado com um pouco de melado de cerveja (R$ 27,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Cervejas especiais

    Delirium Café

    Rua Ferreira de Araújo, 589, Pinheiros

    Tel: (11) 2495 2225

    VejaSP
    9 avaliações

    Lá em Bruxelas, o Delirium Café é um bar com uma respeitosa seleção de chopes e cervejas. A unidade paulistana segue a mesma linha, ainda que não fique perto de um ponto turístico tão lindo quanto a Grand-Place. Dos 350 rótulos engarrafados, cuja lista o cliente deve consultar pelo próprio celular, boa parte é belga, como a Bacchus Frambozenbier (R$ 53,00, 375 mililitros), com framboesa na fórmula, e a clássica que batiza a casa, a Delirium Tremens (R$ 35,00, 300 mililitros).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Empório Alto dos Pinheiros

    Rua Vupabuçu, 305, Pinheiros

    Tel: (11) 3031 4328

    VejaSP
    17 avaliações

    Um tufão chamado crise econômica e alta do dólar passou por São Paulo. O resultado se mostrou devastador: as prateleiras perderam um sem-número de rótulos de cerveja. No Empório Alto dos Pinheiros não foi diferente: há um ano tinha 750 opções, hoje exibe 660. “Os importadores deram uma segurada”, explica o sócio Paulo Almeida. Ainda assim, o lugar permanece com uma das maiores ofertas — nacionais e internacionais — da cidade, para onde o GPS dos cervejeiros continua a apontar. O visitante, ao chegar, diverte-se escolhendo sua garrafa direto das geladeiras. Se preferir, pode passar no caixa, botá-la na sacola e bebê-la em casa. Até o fim do ano, o endereço vai aumentar a quantidade de chopes de 34 para 44, conservados em uma câmara fria debaixo do balcão.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Cervejas especiais

    Get Your Beer

    Rua dos Pinheiros, 735, Pinheiros

    Tel: (11) 2538 1160

    VejaSP
    1 avaliação

    Pertence à importadora e distribuidora Get Trade, que traz com exclusividade 75 rótulos de cerveja ao país, entre eles o inglês Adnams Broadside (R$ 28,00, 568 mililitros). No princípio, a intenção era funcionar apenas como loja e showroom da empresa — as prateleiras apinhadas de garrafas provam isso. No entanto, a freguesia foi se apoderando das pequenas mesas altas e estreitas do espaço, que adquiriu uma alma de bar. E só ficando lá mesmo para prova ra boa linha de chopes. Da americana Shipyard, o Monkey Fist IPA (R$ 27,00) revela um delicioso amargor. Também dos Estados Unidos, o Sea Dog Blueberry (R$ 25,00) tem mirtilo na fórmula e sabor adocicado. Entre os poucos comes, a tábua com queijo e linguiças sai a R$ 33,50.

    Preços checados em 6 de abril de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Karavelle

    Alameda Lorena, 1784, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3044 7555

    VejaSP
    2 avaliações

    Como um bom brewpub, o bar exibe na matriz, no Jardim Paulista, os tanques usados na produção de cerveja. Parte dos fermentados, contudo, vem de uma fábrica em Indaiatuba (SP), a fim de suprir a demanda. Das seis variedades na pressão, a keller faz a linha das levinhas, enquanto a barba negra é uma stout típica, bem escura. Qualquer uma delas sai em copo de 300 ou 500 mililitros (R$ 13,90 e R$ 22,50, respectivamente). Mas nem só de goles vive o salão de luz baixa, música alta e um quê de baladinha. A cozinha expede gostosas pedidas, como o trio de petiscos composto de dadinho de tapioca, coxinha de ossobuco e croquete (R$ 33,90).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja / Pubs

    La Fraternité - Beer Shop

    Alameda Jauaperi, 1413, Moema

    Tel: (11) 2645 0248

    VejaSP
    8 avaliações

    Segue a mesma atmosfera da Barcearia, vizinha de bairro. Bem no estilo descontraído, dedica-se a vender cervejas especiais e não tem cozinha. Para acompanhar um dos mais de cinquenta rótulos provenientes de micro cervejarias, há duas opções: pedir um punhado de amendoim torrado e salgado (R$ 8,00 o saquinho de 130 gramas) ou render-se ao food truck estacionado na única vaga em frente ao salão — em geral, um furgão diferente acada dia. Aparece na seleção de geladas para beber ali ou levar para casa a paulista Gordelícia (R$ 20,00; 300 mililitros). Da linha de chopes cremosos, servidos na temperatura certa, aparece o Burgman IPA (R$ 10,00; 300 mililitros).

    Preços checados em 6 de abril de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Les 3 Brasseurs

    Rua Jesuíno Arruda, 470, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3167 4145

    VejaSP
    9 avaliações

    O nome não deixa dúvida: trata-se de uma cervejaria de matriz francesa. Enormes tanques de maturação ficam à vista e produzem diferentes estilos de chope, todos levinhos. São pedidas certeiras o blond (R$ 10,00, 300 mililitros), bem claro, e o ambré, de tom acobreado e sabor um pouco mais intenso (R$ 12,00, 300 mililitros). Para experimentar um pouco de cada, a paleta de degustação traz quatro versões em copinhos de 180 mililitros (R$ 27,00). O poutine (R$ 32,00) é um petardo calórico de origem canadense e consiste em fritas com bacon, cheddar, molho barbecue e cebolas também fritas, tudo junto e misturado.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Mundo Cervejeiro

    Avenida Miruna, 51, Moema

    Tel: (11) 5041 1180

    VejaSP
    1 avaliação

    O goiano Frank Skwirut resolveu largar o emprego como executivo em uma empresa de tecnologia para fabricar bebidas. Neste endereço, aberto em agosto do ano passado, funcionam sua fábrica de chopes e o bar, onde se prova toda a produção de fermentados. Embora o nome da casa seja megalomaníaco, são produzidos apenas cinco tipos de chope fixos: o leve blond ale, o de trigo, o aromático india pale ale, o escuro brown ale e o porter, mais encorpado. O copo de 300 mililitros de qualquer um deles sai por R$ 12,50, mas vale pedir a degustação (R$ 27,90) se o intuito for testar todos e mais um título sazonal. Da cozinha, a generosa panelinha goiana (R$ 72,90, para dois) traz arroz, feijão fradinho, lombo, carne de sol, linguiça e palmito sob queijo meia-cura.

    Preços checados em 10 de fevereiro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO