Onde tomar brunch em São Paulo

Selecionamos doze lugares, entre bares, restaurantes e cafés, que servem cafés da manhã tardios

Poucas coisas são tão prazerosas quanto um café da manhã sem pressa. Melhor ainda se puder avançar o horário do almoço e ganhar pedidas mais substanciosas. Nasce aí o conceito de brunch.

Selecionamos doze lugares, entre bares, restaurantes e cafés, que servem a refeição caprichada. Há opções para todos os bolsos, de pedidas à la carte a caros pacotes com espumante incluso. Confira.

Botanikafé. O endereço tem mesas em um quintal e cardápio no qual predominam as tostadas e os bowls. As primeiras são fatias de pão torrado que levam coberturas como rosbife, ovo poché, rúcula e molho holandês (R$ 26,00). Nos bowls vão misturas como a tropi (R$ 26,00), de manga, banana, hortelã, granola, coco ralado e sementes de girassol e de abóbora.

Chocolate quente com especiarias do Café Habitual

Chocolate quente com especiarias do Café Habitual (Clayton Vieira/Veja SP)

Café Habitual. A proposta é servir brunch até as 16h, todo dia. Isso significa que por lá não tem horário para comer pedidas como os ovos beneditinos com peito de peru, iogurte, molho de páprica e folhas de hortelã sobre uma fatia de pão da padaria Pão (R$ 32,00). Para acompanhar, há chocolate quente com cravo, canela, cardamomo, gengibre e anis (R$ 12,00).

Café do Farol por Suplicy Cafés. É o lugar perfeito para um café-almoço nas alturas já que fica no 26º andar do Farol Santander (ex-Banespão). Servido aos sábados e domingos em degustação, o brunch tem a assinatura do chef Victor Dimitrow, do Petí Gastronomia. A versão completa, a R$ 85,00, tem nove etapas, e a reduzida, a R$ 65,00, inclui cinco pratos. Há pedidas como a ostra fresca, valorizada por granita de cambuci e pimenta-biquinho. É o melhor brunch da cidade, de acordo com o guia COMER & BEBER.

Camden House. De terça a sexta-feira, o bar inicia as operações às 8h, e, aos fins de semana, às 10h. Todos os dias, até as 16h, saboreiam-se sugestões como as panquecas macias com manteiga e xarope de maple (R$ 27,00, três unidades) e os tradicionais ovos beneditinos com bacon (R$ 29,00). 

Emiliano. Já tradicional no hotel, o brunch sai por R$ 195,00 e dá direito a vinhos e espumantes. Entre as pedidas para comer escolhidas livremente de um menu, pode aparecer panqueca com mel nativo brasileiro e croque monsieur.

Factório Quintal. O restaurante Factório, que funcionou no Itaim Bibi, reabriu em novo formato nos Jardins. O cardápio, focado em receitas típicas de brunch, tem pedidas como o shakshuka (R$ 36,00), clássico do Oriente Médio. Dois ovos cozidos em um molho de tomate e cebola chegam à mesa na panela de ferro ao lado de pão. Há também tostadas e drinques.

French toast: uma das pedidas do Futuro Refeitório

French toast: uma das pedidas do Futuro Refeitório (Gui Galembeck/Divulgação)

Futuro Refeitório. Um dos endereços mais hypados de Pinheiros serve exclusivamente brunch aos sábados (manhã e tarde) e aos domingos. Entre as pedidas, a french toast feita de brioche com manteiga sai por R$ 19,00 e pode ganhar coberturas como pasta de avelã e chocolate, por mais R$ 5,00. 

Ovos mexidos e salmão gravlax: combinação do Ici

Ovos mexidos e salmão gravlax: combinação do Ici (Ilana Lichtenstein/Divulgação)

Ici Brasserie. apenas a unidade do Jardim Paulista desta rede de bistrôs oferece brunch. Aos domingos, das 10h às 14h, dá para solicitar receitas como os ovos mexidos com salmão gravlax sobre uma fatia de pão (R$ 33,00). A taça de espumante da casa, da Salton, sai a R$ 19,00. 

Desjejum reforçado, no Lá da Venda: pode ter sabor nortista

Desjejum reforçado, no Lá da Venda: pode ter sabor nortista (Ana Bacellar/Divulgação)

Lá da Venda. Em uma bancada na matriz, na Vila Madalena, Heloisa Bacellar espalha uma seleção de pães, bolos e frios todo fim de semana, até as 12h15. O valor de R$ 54,00 por pessoa inclui tapioca, ovo mexido, salada de frutas, granola e bebidas como café e suco. Até o fim de fevereiro, também há comidinhas típicas do Norte.

Mosteiro de São Bento. No último domingo de cada mês, os monges beneditinos abrem as portas do mosteiro para um concorrido brunch, a partir das 11h30. Além da refeição, estão incluídos no preço de R$ 220,00 por pessoa uma apresentação musical e um passeio pelo interior das instalações. É preciso reservar com meses de antecedência pelos telefones (11) 2440-7837 ou (11) 2671-0243.

Pão. O bufê é montado aos sábados e domingos nas unidades da Vila Nova Conceição e de Pinheiros — na casa da Vila Madalena a comilança é somente aos domingos e feriados. Até às 14h, ficam disponíveis pelo menos quatro pães mais bolos, cookies e brownies. R$ 51,90 por pessoa.

Tea Kettle Teakettle: ambiente charmoso na Chácara Santo Antônio

Teakettle: ambiente charmoso na Chácara Santo Antônio (Marcela Beltrão/Divulgação)

Teakettle. O charmoso imóvel da Chácara Santo Antônio lembra uma casa de fazenda. Aos domingos, entra em cartaz um caprichado café colonial, das 9h às 14h. Chegam à mesa pães, geleias, ovos mexidos, waffles, bolos entre outros quitutes. Custa R$ 63,00 por pessoa.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s