Attimo renova menu e ambiente; leia a minha crítica

Mudanças vão da fachada à cozinha, que agora tem consultoria do chef Ivo Lopes

O Attimo está irreconhecível. Tudo mudou no restaurante italiano, que tem até novo nome. Chama-se agora Attimo Per Quattro. Se as alterações na fachada incluem um mural kitsch no antigo sobrado de linhas retas projetado nos anos 1950 por David Libeskind — o mesmo do Conjunto Nacional —, as modificações mais significativas se concentram no cardápio.

Desde a saída de Jefferson Rueda, a cozinha teve quatro comandos. Primeiro foi Francisco Pinheiro, um especialista em culinária francesa e ex-pupilo de Laurent Suaudeau. Em seguida veio Paulo Kotzent, egresso do Piselli. Logo depois da repaginação visual do imóvel, Augusto Piras, ex-La Tambouille, teve uma passagem meteórica por lá. Desde abril, Ivo Lopes, que é sócio do Avenida Café Bistrô, na Mooca, presta consultoria à casa.

Imagem da Toscana: mural kitsch no antigo sobrado projetado por David Libeskind — o mesmo do Conjunto Nacional

Imagem da Toscana: mural kitsch no antigo sobrado projetado por David Libeskind — o mesmo do Conjunto Nacional (Clayton Vieira/Veja SP)

Lopes despontou no período em que trabalhou no Due Cuochi Cucina. É impossível não reconhecer no menu proposto por ele pratos semelhantes ao desse megassucesso italiano, com três endereços na capital. De jeitão siciliano, o timbalo de berinjela (R$ 31,00) traz o vegetal assado e montado em camadas ao molho de tomate e parmesão. Antes de ir à mesa, ele é gratinado com queijo taleggio.

Saboroso, o tortellini de coelho ao molho do próprio assado e creme de burrata (R$ 69,00) ficaria melhor se a massa fosse mais delicada. Difícil é encontrar a Itália no atum selado com gergelim sobre tarê com espaguete de pupunha ao molho de especiarias (R$ 72,00). Prefira o substancioso e acertado stinco de cordeiro com risoto de açafrão (R$ 98,00).

Saboroso tortellini de coelho: servido ao molho do próprio assado e creme de burrata

Saboroso tortellini de coelho: servido ao molho do próprio assado e creme de burrata (Clayton Vieira/Veja SP)

Também deixa uma boa lembrança a panacota (R$ 25,00) de textura sedosa. Duas boas notícias: os preços estão um pouco mais em conta e o serviço, atencioso, agora é conduzido por Jailson de Moura Barreto, ex-Tambouille.

Avaliação: BOM (três estrelas)

Clique para conferir o cardápio:

 (Divulgação/Divulgação)

 

 

 

 

 

 

 

 

Valeu pela visita! Volte sempre e deixe seu comentário. Aproveite para curtir minha página no Facebook e minhas postagens no Instagram. As novidades quentes aparecem também no meu Twitter.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s