Clique e assine por apenas 5,90/mês

Festa Junina em casa: dicas para montar o arraial da quarentena

Dicas para comemorar a festa junina em casa com muita criatividade

Por Gabrielli Menezes - Atualizado em 20 jun 2020, 16h23 - Publicado em 19 jun 2020, 06h00

Em tempos normais, a bota, o chapéu de palha e a camisa xadrez já teriam sido tirados do armário. Tudo para dançar quadrilha e encher a barriga de pinhão, pamonha, pé de moleque… Mas, por causa da pandemia de Covid-19, quermesses tradicionais foram canceladas. É o caso das organizadas pela Igreja do Calvário, em Pinheiros, e pela Igreja da Consolação, no centro.

Neste ano, é preciso de uma dose extra de criatividade para celebrar o São João no isolamento. Saiba, a seguir, como adaptar a festa doméstica e confira sugestões de música, decoração, brincadeiras e comidinhas para montar seu próprio arraial.

DESENHOS TEMÁTICOS PARA COLORIR

Desenho da BIC: para imprimir e colorir Divulgação/Divulgação

No site da galeria VerArte (galeriaverarte.com) e da marca BIC (biccolorir.com.br) encontram-se desenhos de festa junina em preto e branco. Os arquivos precisam ser baixados e impressos para ganhar cor com lápis ou canetinha. Crianças “high-tech” também podem colorir pelo computador.

A criação do cenário

Arranjos: plantas secas Divulgação/Divulgação

Uma boa forma de entrar no clima caipira, especialmente com crianças, é preparar a decoração com materiais que se tem em casa. Confira as dicas de especialistas

Por Estéfi Machado, designer, artista e especialista em faça você mesmo:
“Dá para fazer muita coisa usando só o que a gente já tem. Por mais que não seja uma festa junina como estamos acostumados, podemos recriar símbolos desses rituais em casa, como uma fogueirinha usando rolos de papel higiênico e pedaços de papel colorido. Dá também para fabricar cones para pipoca com restos de embalagens e sacolas reaproveitadas. Fazer uma espécie de barraquinha de correio elegante utilizando uma caixinha de frutas e canudos de papel também cativa as crianças e rende diversão para a família toda. Lembre-se: caixas, embalagens, palitos, pregadores de roupa… tudo pode virar novidade.”

Fogueira: para fazer em casa Divulgação/Divulgação

Por Chris Campos, jornalista e criadora do blog Casa da Chris:
“Uma ideia bacana é fazer versões de bandeirinhas com retalhos de tecido. É só recortar as peças nos moldes tradicionais e utilizar um grampeador para fixá-las em barbante ou costurar a beirada reta das bandeiras, deixando um vão para a passagem do fio. Quanto maior o sortimento de estampas, cores e texturas, mais bonito fica. Depois da festa, você pode ainda guardá-las, sem o risco de rasgarem ou perderem a cor. Buquês de folhas ou folhagens secas são outras boas pedidas para decorar paredes ou colocar em garrafões ou jarras como arranjos.”

Cenário de papel: correio elegante Divulgação/Divulgação

RECEITA

Bolo de milho > por Heloísa Bacellar, do Lá da Venda 

Bolo de milho: receita de Helena Bacellar Ana Bacellar/Divulgação

INGREDIENTES:
> 1 e 1⁄2 xícara (chá) de milho verde fresco, em conserva bem escorrido ou congelado
> 2 xícaras (chá) de farinha de milho flocada
> 1 e 1⁄2 xícara (chá) de açúcar
> 1 xícara (chá) de leite de coco
> 1⁄2 xícara (chá) de leite
> 3⁄4 de xícara (chá) de óleo vegetal
> 1 colher (sopa) de fermento químico em pó
> 1 pitada de sal
> 4 ovos
> 1 xícara (chá) de coco ralado
> Manteiga para untar
> Açúcar para polvilhar

MODO DE PREPARAR:
Aqueça o forno a 160 graus. No liquidificador, bata o milho, a farinha, o açúcar, o leite de coco, o leite, o óleo, o fermento, o sal e os ovos até obter uma massa lisa. Junte o coco ralado e transfira para a fôrma média com um furo no centro untada com manteiga e polvilhada de açúcar. Asse o bolo por cerca de 45 minutos ou até que ele cresça e fique firme e dourado. Retire-o do forno, deixe esfriar, desenforme sobre um prato raso e sirva.

DELIVERY DE COMIDINHAS TÍPICAS

Churros de milho: do Arimbá Divulgação/Divulgação

Nos meses de junho e julho, o Arimbá ganha status de arraial. Embora o salão não receba clientes por causa do isolamento social, o espaço está todo decorado para as festas juninas. O cardápio, bolado pela proprietária Angelita Gonzaga, ganha aos sábados e domingos receitas típicas para delivery ou para pegar e levar. “Vamos brincar com essa época tão feliz, mas na forma que dá”, conta.

Continua após a publicidade
Buraco quente: só nos fins de semana Divulgação/Divulgação

A lista traz itens como milho assado (R$ 7,90), minirrojão (R$ 9,80, com farofa), espeto de carne moída de porco condimentada, e buraco quente (R$ 16,70), pãozinho com carne bovina moída. Churros de milho (R$ 13,70, cinco unidades) e canjica com coco (R$ 12,70) figuram na relação de guloseimas açucaradas. Delivery: tel. 3477-7063, tel. 93454-9337 e iFood. Retiradas: Rua Ministro Ferreira Alves, 464-B, Perdizes.

Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

Davvero: sorvete de doce de leite com pé de moleque Tadeu Brunelli/Divulgação

Davvero Gelato Tradizionale. A melhor sorveteria de São Paulo oferece opções com sabor de quermesse durante o mês. Doce de leite com pé de moleque (foto) e vinho quente são duas das pedidas (36 reais, 350 gramas). Delivery: iFood. Retiradas: Avenida Sabiá, 788, Moema; Rua dos Pinheiros, 773, Pinheiros.

Sorvete de paçoca: Bacio di Latte Divulgação/Divulgação

Bacio di Latte. Investe no gostinho junino em sorvetes como o feito de paçoca com calda de amendoim. Cada pote de 630 mililitros custa 55 reais. Delivery: iFood. Retiradas: Avenida Braz Leme, 2378, Santana, tel. 3938- 2409. Mais catorze endereços.

Cocadas: pedidas da Dona Deôla Rodolfo Regini/Divulgação

Dona Deôla. Arroz-doce (5,40 reais), bolo de pamonha (19,50 reais), cocada (5,90 reais) e outras receitas ganharam as vitrines das padarias. Delivery: loja.donadeola.com.br/franquia. Retiradas: Rua Conselheiro Brotero, 1422, Higienópolis. Mais quatro endereços.

Macaron de paçoca: criação da Le Bon Gâteau Divulgação/Divulgação

Le Bon Gâteau. Para festejar, a doceria criou uma receita especial de macaron de paçoca. É vendido individualmente (5,50 reais) ou em caixa com cinco unidades (30 reais). Encomendas: WhatsApp (tel. 3032-0003) ou e-mail (contato@lebongateau.com.br).

Basilicata: pedidas variadas Divulgação/Divulgação

Basilicata. O mix de padaria e restaurante de sotaque italiano vai de polenta com ragu de cordeiro (48 reais), cuscuz de fubá com polvilho doce e frutos do mar (67 reais), arroz-doce de arbóreo ao leite de coco (11,50 reais) e bolo de milho (8,50 reais o pedaço). Delivery: WhatsApp (tel. 95588- 2048) e iFood. Retiradas: Rua Treze de Maio, 596, Bela Vista, tel. 3289-3111.

Bolo de chocolate com pé de moleque: da Bolo à toa Mario Rodrigues/Divulgação

Bolo à Toa. A loja de bolos faz a versão de pé de moleque (40 reais): massa de chocolate coberta de brigadeiro e o doce de amendoim. Em formato retangular, o bolo de fubá cremoso sai por 22 reais. Encomendas: tel. 3812-6889 (Pinheiros). Retiradas: Rua Padre Carvalho, 103, Pinheiros. Mais dois endereços.

Chocolat du Jour: chocolates especiais Divulgação/Divulgação

Chocolat du Jour. A marca lançou chocolates especiais na lata celebration (397 reais), com pé de moleque, milho crispy e bombom de paçoca. Para brincar de pescaria, tem peixinhos de chocolate (129 reais) e pipoca com cobertura (125 reais). Delivery: WhatsApp (tel. 3168-2720) e chocolatdujour.com.br.

Giromilho: da 1900 Alan Simaro/Divulgação

1900. A rede de pizzarias traz de volta ao cardápio o giromilho, rosca de massa de pizza polvilhada de canela e farofa doce e recheada de doce de leite e paçoca, com uma bola de sorvete de milho. Custa 26,90 reais e fica em cartaz até o fim de julho. Delivery: tel. 5575-1900 e app próprio. Retiradas: Rua Estado de Israel, 240, Vila Mariana. Mais seis endereços.

TRADIÇÃO EM DRIVE-THRU

São João de Nóis Tudim: versão em drive-thru Divulgação/Divulgação

Até a sexta (26), o Centro de Tradições Nordestinas (CTN) realiza o chamado São João de Nóis Tudim em formato de drive-thru. Aos fins de semana, das 11h às 17h, os visitantes circulam de carro pelo galpão, no Limão, e pedem pelo vidro comidinhas como curau (7 reais o pequeno) e arroz-doce (7 reais o pote de 250 mililitros).

FESTAS VIRTUAIS PELO BRASIL
Lives temáticas estão marcadas até o fim do mês. De Campina Grande (PB), o projeto O São João de Campina em Casa faz transmissões ao vivo com artistas convidados pelo canal do YouTube na terça (23) e na quarta (24). Entre os participantes está Elba Ramalho. Ivete Sangalo organiza por conta própria uma festa junina solidária no sábado (20) em YouTube/ivetesangalo. No perfil @mossorocidadejunina, no Instagram, também é possível acompanhar apresentações musicais organizadas pela prefeitura de Mossoró (RN).

Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

Continua após a publicidade
Publicidade