Clique e assine por apenas 6,90/mês

Gastronomia solidária: conheça projetos que ajudam o próximo

Listamos ações que auxiliam estabelecimentos, profissionais de saúde e gente em situação de rua neste período de pandemia

Por Saulo Yassuda - Atualizado em 22 jun 2020, 14h27 - Publicado em 19 jun 2020, 06h00

Com a pandemia do coronavírus, ações solidárias se multiplicaram pelo mundo todo. Conheça marcas e instituições que concentram as energias para ajudar estabelecimentos, profissionais de saúde e pessoas em situação de rua em São Paulo.

> O Instituto Brasil a Gosto, da chef Ana Luiza Trajano, está doando kits com alimentos para famílias em situações de vulnerabilidade no estado. Os insumos são comprados da Cooperativa dos Agricultores Quilombolas do Vale do Ribeira (Cooperquivale), que teve as vendas significativamente reduzidas durante a pandemia. Para isso, aceita doações para financiamento pelo site kickante.com.br/brasilagosto.

> O Grupo 3corações anunciou a doação de respiradores, medicamentos e leitos de UTI, entre outros, para hospitais das regiões Sudeste e Nordeste. A companhia adaptou a fábrica de filtros de café localizada em Nova Iguaçu (RJ) para a produção de máscaras descartáveis. Além disso, foram distribuídas 100 toneladas de alimentos e aporte financeiro à organização Fraternidade sem Fronteiras.

> O Instituto Ibia, que ajuda a administrar grupos de agroecologia no Brasil, lançou o projeto Rangô SP: compra parte dos vegetais dos que sofreram com a queda de demanda e entrega a restaurantes parceiros, como o Mocotó e o Cortés Asador, que preparam marmitas para ser distribuídas a pessoas em situação de vulnerabilidade. A ação aceita doações, basta procurar no Instagram (@instituto.ibia).

Salão da Vinoteca Paulistana: participante do Menu da Boa Causa Romero Cruz/Veja SP

> MAIS VOUCHERS PARA O FUTURO
A Credicard ingressou no mundo dos vouchers, que cresce desde o início da pandemia. Com a campanha Menu da Boa Causa, vende no site menudaboacausa.com.br vales para ser gastos em restaurantes após a quarentena. A vantagem é dupla: o cliente paga R$ 50,00 pelo voucher, mas poderá consumir R$ 100,00, e o estabelecimento mantém o fluxo de caixa porque receberá o valor com antecedência. Está entre os participantes a Vinoteca Paulistana, em Perdizes.

Continua após a publicidade

> MARMITAS DIÁRIAS
Iniciativa do Instituto de Pesquisa da Cozinha e da Cultura Brasileiras (IPCB), a Marmita Solidária.ipcb arrecada fundos para produzir, no mínimo, oitenta refeições diárias para homens e mulheres em situação de rua na cidade. A ONG aceita matérias-primas para cozinhar e doações em dinheiro pelo site vaka.me/973700. Em ajuda à campanha, podem ser doados ainda máscaras, álcool em gel, capas de chuva descartáveis e embalagens de quentinhas — contato pelo tel. 99595-9962.

> COM LANCHE E ALMOÇO
A Swift entrou para a lista de empresas que investiram tempo e dinheiro em ações solidárias. Com mais de 100 lojas espalhadas pela capital, a marca de processamento de carnes doou a ONGs da Grande São Paulo marmitas e lanches, que variavam semanalmente. Foram 300 almoços e 300 lanches por dia, oferecidos entre segundas e quintas. As organizações distribuíram as refeições a pessoas em situação de rua. A comida foi produzida em cozinha da própria Swift.

> RODADA DE PIZZA EM HOSPITAIS
A cada semana, a Sala Vip presenteou um hospital da Grande São Paulo com pizzas para ser consumidas por médicos, enfermeiros, técnicos, recepcionistas, seguranças… A intenção era prestar uma homenagem a esses profissionais que ajudam no dia a dia do combate ao novo coronavírus. Receberam as boas versões da marca, sempre na massa fininha, locais como o Hospital e Pronto-Socorro Central de São Bernardo do Campo, na região do ABC, e a Santa Casa de São Paulo.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade