Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 30 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

MasterChef 4: trabalho em trio e uma massa de Paola Carossela

No episódio de hoje, há ingredientes em uma caixa surpresa para ser preparados em grupo e eliminatória com uma receita da chef do Arturito

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 20 jan 2022, 14h27 - Publicado em 4 jul 2017, 17h53

Só para lembrar: esse é o décimo oitavo episódio da temporada. Depois desse, ainda faltam sete outros para sabermos quem se sagrará campeão do MasterChef Brasil. Como os candidatos oscilam muito, tudo ainda está bastante indefinido. Não dá para imaginar nem de longe o nome do vencedor, que continua sob a avaliação dos jurados Paola Carosella (Arturito e La Guapa Empanadas), Erick Jacquin (Tartar & Co e Le Bife) e Henrique Fogaça (Sal GastronomiaJamileAdmiral’s Place e Cão Véio).

Basta lembrar que na prova passada, candidatos fortes sofreram bastante. Aliás, provas em grupos sempre provocam esse tipo de confronto.

Das duas equipes formadas na semana passada, a comandado pela Mirian dançou. Errou feio na preparação de uma tilápia. Essa primeira etapa deixou claro que uma habilidade essencial para todo amador que sonha em se tornar profissional é justamente ter voz de comando, ser um líder na cozinha.

Para não parecer antipática, Mirian deixou a rédea frouxa. Deu no que deu. A equipe azul, com dois integrantes a mais, foi direto para a prova de eliminação.

Trio da encrenca: Fabrizio, Vitor V e Mirian sob o olhar de Fogaça Carlos Reinis/Band/Divulgação

Depois, seguiram-se duas provas de sobremesas. Curiosamente, dois competidores, que tinham tudo para se dar bem, dançaram. Ficaram para a eliminação Aderlize e Leonardo, que receberam a companhia do azarão Valter – ele aparentemente, sabe apenas fazer cozinha salgada, o que quase sempre é mortal no programa.

Empurrado pelos colegas do mezanino, Valter conseguiu se salvar. Ele não foi o primeiro colocado, lugar ocupado com destaque pelo Leo com a torta de frutas. Mas bateu a Aderlize.

Lanterninha da noite, a gaúcha dona de comentários agudos reclamou, sem chorar. Na despedida, garantiu para Ana Paula Padrão que foi prejudicada pelos desocupados do mezanino.

“Dar todo o passo a passo do creme anglaise não achei bacana. Não teria acontecido isso Lógico que tem uma estratégia de tirar que é mais forte. Faz parte do jogo”, contestou.

Continua após a publicidade

Aderlize só se esqueceu que foi ajudada pela Deborah, que lhe explicou como não amargar o o pain perdu na primeira prova de doces daquela noite. Memória curta que não resiste a uma revisão no Youtube.

Juradões conversam com Ana Paula Padrão: eliminatória da noite terá prato de La Carossela Carlos Reinis/Band/Divulgação

Na primeira competição de hoje, os participantes se dividirão livremente em três grupos. Cada equipe terá uma cesta com matérias-primas para preparar, cada uma, duas entradas e um prato principal. A complicação surge justamente porque nem todos os ingredientes são exatamente harmônicos. Numa das cestas, encontrarão salmão e picanha, na outra bacalhau e peito de frango, e na última, apenas galinha-d’angola.

Pintou uma síndrome de Yuko para com a Mirian, que foi a rejeitada da turma. Ninguém queria trabalhar com ela. Acabou no grupo formado pelo Vitor V e pelo Fabrizio, que aproveitou para reclamar da companheira.

Não faltarão atritos entre os membros das equipes, sobretudo no grupo que herdou a Mirian. Antes de a colega ingressar no trio, o Fabrizio, que adora reclamar de tudo, já estava se queixando da companheira de trabalho. Para surpresa de todos, Fabrizio engatará uma primeira e vai dar uma travada geral. Parecerá até que está entrando pela primeira vez em uma cozinha. Resultado: vai bater de frente com Vitor V.

Na segunda prova da noite, para apenas seis candidatos, haverá aula da Paola Carosella na eliminatória da noite. Ela ensinará como preparar um nero di seppia com lagostim ao molho bisque. Não será nada fácil replicar a massa em fios colorida de tinta de lula. Agora, é esperar para ver como será a macarronada.

Conheça os participantes:

Veja São Paulo/Veja SP

Obrigado pela visita. Aproveite para deixar seu comentário, sempre bem-vindo, e curtir a minha página no Facebook. Também é possível receber as novidades pelo Twitter.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês