Especial

"Comer & Beber" 2013: bares no Baixo Augusta

Confira a seleção dos melhores endereços nessa região

Por: Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra - Atualizado em

Purgatorium 90
Ambiente escuro do Purgatorium 90: ponto de encontro de descolados (Foto: Fernando Moraes)

O guia “Comer & Beber” 2013 apresenta 200 bares. Abaixo, a seleção de onze casas na região do Baixo Augusta:

+ Tudo sobre o "Comer & Beber" 2013

  • Bares variados

    bee.w

    Rua Haddock Lobo, 167, Cerqueira César

    Tel: (11) 4328 6222

    VejaSP
    2 avaliações

    Um lugar descompromissado instalado em uma varanda na frente de um hostel. Jovens brasileiros e estrangeiros frequentam o bar e contribuem para criar um ambiente cool. Suas grandes atrações são os chupitos, drinques de 50 mililitros feitos para serem tomados de uma só vez. Há 50 versões deles. Vale provar o bee.W (R$ 15,00), que leva cachaça com mel, limões taiti e cravo e chega quase congelado. O red bird (R$ 8,00), com vodca, maracujá e pimenta-malagueta, também merece atenção. Para comer, o hambúrguer da casa (R$ 28,00) é feito com queijo emmental, tomate, alface, maionese e crocantes batatas rústicas.

    Preços checados em 3 de junho de 2015.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Drosophyla

    Rua Pedro Taques, 80, Consolação

    1 avaliação
  • Bares variados

    Exquisito!

    Rua Bela Cintra, 532, Consolação

    Tel: (11) 3854 6522

    VejaSP
    10 avaliações

    Delicioso, agradável. Essa é a tradução da palavra em espanhol que dá nome à casa. Pioneiro no nascimento do agito da região chamada de Baixo Augusta, o espaço é divertido, repleto de lambe-lambes e quadrinhos. Servida em garrafa de 1 litro, a cerveja gaúcha Coruja Viva (R$ 45,00) mata bem a sede que as fajitas del fuego (R$ 58,00) podem causar. São tiras de flé-mignon com pimentão vermelho, cebola, pimenta dedo-de-moça e coentro, acompanhadas de tortilhas quentinhas e molhos. Para continuar a noite, peça o docinho e refrescante drinque exquisito (R$ 31,00), que leva pisco, soda e frutas.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Igrejinha

    Rua Fernando de Albuquerque, 302, Consolação

    Tel: (11) 2769 8794

    VejaSP
    2 avaliações

    Decorado com santinhos e oferendas, caiu nas graças de modernosos e gays. A oferta de drinques reúne algumas opções razoáveis, como o aperol spritz (R$ 28,80). A cerveja Original é vendida por R$ 12,80. Uma salinha de estar torna-se pista de dança nas noites mais “calientes”. Diferentes projetos são lançados por lá, mas poucos duram tanto quanto o Igreginga, que atrai o público masculino com batidas eletrônicas de deep house, sempre às quintas.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Árabes

    Kebabel - Consolação

    Rua Fernando de Albuquerque, 22, Consolação

    Tel: (11) 3259 1805

    VejaSP
    3 avaliações

    Repleta de botecos pé-sujo, a esquina das ruas Augusta e Fernando de Albuquerque bomba de gente jovem que curte a noite com cervejas de garrafa na mão. Quase escondido nesse miolo fica esta pequena casa especializada em kebabs, uma boa opção para quem quer fugir do trivial na hora de petiscar e bebericar. Ali são servidas oito versões do sanduíche árabe enrolado no pão pita. A melhor delas vem com tiras de cordeiro, salsa, tomate, cebola, repolho, hortelã, picles e molho tahine (R$ 30,00). Da carta de bebidas, uma das pedidas é a cerveja Colorado Appia (R$ 22,00).

    Preços checados em 16 de março de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Purgatorium 90

    Rua Augusta, 552, Consolação

    Tel: (11) 4304 5554

    Sem avaliação

    Escuro, o ambiente é animado por DJs que costumam colocar hits do passado, à la Black Sabbath, e por uma mesa de sinuca instalada em um mezanino. Os drinques estão separados em famílias de anjos e demônios. Dos primeiros, o jeremil (R$ 23,00, com vodca importada) leva licor de laranja e suco de cramberry. Do mundo inferior, o asmodeus (R$ 21,00) reúne vodca, sucos de uva e limão e refrigerante de limão. Para comer, o cardápio conta com petiscos clássicos, hambúrgueres e opções veganas, que não usam matéria-prima de origem animal. Caso da inforescências (R$ 15,00), brócolis e couve-for cozidas no vapor e temperadas.

    Preços checados em setembro/outubro de 2013.

    Saiba mais
  • Drinques

    Riviera Bar

    Avenida Paulista, 2584, Bela Vista

    Tel: (11) 3258 1268

    VejaSP
    17 avaliações

    Ao entrar, o visitante dá logo de cara comum bonito balcão vermelho. No piso de cima, o espaço é mais escuro, com vista para a Avenida Doutor Arnaldo. Clássico boteco paulistano, a casa reabriu em 2013 mais arrumadinha e como um bom lugar para investir nos coquetéis, hoje selecionados pelo talentoso bartender Kennedy Nascimento, que cuida dos endereços do grupo. O west side (R$ 26,00) é uma mistura de vodca, hortelã e limão-siciliano. Outro drinque bem-sucedido, o famous avenue (rum, bourbon, limão-siciliano e xarope de maple; R$ 29,00) alcança equilíbrio satisfatório. Para mastigar, a bruschetta caprese é cheia de frescor (R$ 33,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Espanhóis

    Sancho Bar y Tapas

    Rua Augusta, 1415, Consolação

    Tel: (11) 3141 1956

    13 avaliações

    A meia-luz, o ambiente mostra decoração caprichada, na qual sobressaem peças de presunto cru ibérico e cartazes de touradas. Sobre o balcão, ficam espalhadas dezenas de tapas montadas sobre o pão espanhol — nem todas saborosas, é importante frisar —, com opções que variam diariamente (de R$ 6,00 a R$ 10,00 cada uma). Do cardápio fixo, uma sugestão interessante: o polvo cozido e salteado com alho servido ao lado de batatas e pão levemente tostado custa R$ 62,90. Variada, a carta de cervejas inclui rótulos como o da espanhola 1906 Red Vintage (R$ 10,50, 330 mililitros), uma lager.

    Preços checados em 16 de março de 2016.

    Saiba mais
  • Pubs

    The Pub

    Rua Augusta, 580, Consolação

    Tel: (11) 3804 3894

    VejaSP
    4 avaliações

    Não faltam referências à Inglaterra no bar. São incontáveis quadros, placas, bandeirolas e até uma miniatura de uma cabine telefônica. Mesinhas reúnem turmas depois do expediente ou antes da balada. Já o balcão, no qual se encontram sete banquetas, é destino dos que chegam sozinhos em busca de um pint. Tirados na pressão estão o chope London Pride (R$ 27,00) e mais três sugestões. Porções de batata frita em duas dezenas de possibilidades, como a que leva cheddar e bacon (R$ 32,00), e tiras de frango empanadas em massa de cerveja (R$ 29,00) abastecem o público que, com o estômago forrado, adentra a noite embalado por apresentações de rock.

    Preços checados em 12 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Tubaína

    Rua Haddock Lobo, 74, Consolação

    Tel: (11) 3129 4930

    VejaSP
    7 avaliações

    Além da decoração vintage, o mote local é a seleção de mais de vinte rótulos de refrigerante regionais, a maioria vinda do interior de São Paulo. Eles entram em receitas de coquetéis da casa, às vezes doces demais e nem sempre equilibrados. Outro tipo de bebida gasosa muito cotada por lá são os chopes da Bamberg, nas versões weizen (R$ 9,50) e pilsen (R$ 8,50), tirados no ponto. Moreninha, a coxinha de feijão preenchida de calabresa pode ser substituída sem prejuízo pela opção vegana, adocicada e recheada de cebola. Cada uma das porções de oito unidades sai a R$ 26,80.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Z Carniceria

    Avenida Brigadeiro Faria Lima, 724, Pinheiros

    Tel: (11) 2936 0934

    VejaSP
    9 avaliações

    A sensação é de déjà-vu. Nos anos 80 e 90, funcionou no endereço a casa de shows Aeroanta. E o “novo” nome, o proprietário Facundo Guerra pegou emprestado de outro bar que ele tocou na Rua Augusta. Ainda assim, a casa trouxe um agito cheio de frescor ao Largo da Batata. De quinta a sábado, atrações de jazz, blues, folk e rock apresentam-se no lugar. E o público encontra ótimas comidinhas e drinques. Peça o st. james (R$ 28,00), mistura de rum, limão e redução de cerveja com melaço de cana.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO