Os preços dos dez melhores hambúrgueres da capital

Confira a seleção com as melhores hamburguerias da cidade e seus sandubas

Não é preciso rodar muito para perceber que a capital está muito bem servida de hamburguerias. Há desde clássicos que preservam a aura dos anos 60, endereços modernos com combinações deliciosas e até redes que não perdem a qualidade mesmo em um estilo mais fast-food.

Selecionamos os melhores estabelecimentos especializados, organizados de acordo com o valor de seus sanduíches. Confira a lista – clique no nome do estabelecimento para saber seu endereço:

R$ 16,50 – Cheese salada, do Hambúrguer do Seu Oswaldo: a hamburgueria de bairro chega aos 50 anos em plena forma. A clientela fiel acomoda-se nas banquetas ao redor do balcão e nem precisa olhar o cardápio para escolher. A grande maioria pede o cheese salada, tão simples quanto bom, que leva um disco de 90 gramas de patinho moído e um molho de tomate fresco e delicioso. O sanduba é entregue no saquinho de papel e custa R$ 16,50. 

R$ 20,00 – Lumberjack, do Bullguer: sucesso na cidade, com casas sempre cheias e hambúrgueres a preços camaradas, o Bullguer quer crescer cada vez mais. Pedidas como o lumberjack, com 100 gramas de carne suculenta mais queijo prato, bacon e picles, custam módicos R$ 20,00. Pelo mesmo preço sai o stencil, acrescido de alface, tomate e cebola-roxa.

Vinil Burger

Vinil burger: hambúrguer da casa por R$ 24,00 (Mario Rodrigues/Veja SP)

R$ 24,00 – Hambúrguer do Vinil Burger: local para traçar sandubas de respeito, o cliente monta seu hambúrguer com os itens descritos no menu. Além do disco de 135 gramas de carne preparado na grelha giratória, dá para acrescentar cheddar, alface, tomate, bacon e cebola. Tudo incluído no preço, atrativo: R$ 24,00. Se quiser adicionar mais um disco de carne, o preço sobe para R$ 35,00.

R$ 28,00 – Brothers, da Frank & Charles: a casa de proporções diminutas, muito frequentada por estudantes da vizinha Fundação Armando Alvares Penteado (Faap), se autointitula diner e inclui até itens de café da manhã no cardápio. Mas ela se sai bem mesmo é nos sanduíches. Para ficar no básico, o brothers (R$ 28,00) traz, além do hamburgão de angus de 140 gramas que preenche todos os lanches, cheddar e bacon no pão preto ou brioche. 

R$ 28,50 – Old fashioned burger, da Cadillac Burger: a hamburgueria com o melhor milk-shake da capital, feito com sorvete, leite e nada mais, também serve ótimos lanches. É o caso do old fashioned burger, acrescido de cheddar inglês, salada verde, tomate, picles e maionese (R$ 28,50). Aos que acham milk-shake coisa de adolescente, a lanchonete faz ainda uma versão “adulta” (R$ 35,00), que acrescenta uma dose de rum Sailor Jerry à versão de chocolate. 

fgjp_0012.jpeg

Brothers (R$28,00), do Frank&Charles: hambúrguer gigante com cheddar e bacon (Divulgação/Veja SP)

R$ 30,00 – English breakfast, do 12 Burger & Bistro: a casa consegue entregar hambúrgueres acima da média. Eles são daqueles altões, difíceis de comer sem o auxílio de talheres, caso da versão com queijo de coalho, bacon e relish de cebola-roxa (R$ 28,00). A que leva cheddar, ovo frito e bacon tem nome: english breakfast (R$ 30,00). 

R$ 31,11 – Oráculo, da Tradi: o ponto de partida para a elaboração do cardápio da melhor hamburgueria da cidade por VEJA COMER&BEBER 2016/2017 veio de outro canto da cidade, o tradicionalíssimo Hambúrguer do Seu Oswaldo, no Ipiranga. A maioria das sugestões, contudo, tem pegada mais moderna e leva um discão de 180 gramas que combina um corte de kobe e outros dois de angus. No oráculo (R$ 31,11) entra uma generosa camada de cheddar fundido misturado a pepperoni moído. A versão menor, com disco de 100 gramas, sai por R$ 26,00.

R$ 32,00 – Lamb burger, da Z Deli Sandwich Shop: os hambúrgueres da segunda melhor hamburgueria da cidade por VEJA COMER&BEBER 2016/2017 valem cada caloria. Servido nas duas unidades, o lamb burger (R$ 32,00) vem com carne de cordeiro, queijo prato, picles, cebola, maionese e dill. O deluxe (R$ 28,00), por sua vez, é exclusividade do endereço de Pinheiros, e recebe a adição de cheddar, bacon bovino, picles, tomate, cebola, maionese e alface.

Bullguer

Lumberjack (R$ 20,00), do Bullguer: hambúrguer, bacon, queijo e picles (Fernando Moraes/Veja SP)

R$ 32,50 – Caprese, da Burger Table: há uma mesona coletiva no meio do salão e uma lousa instalada logo na entrada, que exibe o hambúrguer que está em cartaz a cada mês. Podem pintar sandubas como o caprese (mussarela de búfala, tomate-cereja e pesto; R$ 32,50). No balcão, também dá para escolher os ingredientes e montar o próprio sanduíche ao preço único de R$ 29,00. A porção de batata frita com alecrim e alho custa R$ 10,50.

R$ 34,00 – Zucchini, da Meats: todos os criativos lanches da terceira melhor casa da categoria por VEJA COMER&BEBER 2016/2017 possui suculentos discos de carne. O zucchini (R$ 34,00) tem queijo bûchette, abobrinha, coulis de hortelã e bacon. Mais comum, o cheese burger leva queijo cheddar, maionese e picles (R$ 27,50). À espera dos sandubas, vale pedir a porção de batata e batata-doce fritas (R$ 25,00, a grande). 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s