Clique e assine por apenas 5,90/mês

Conheça seis croquetas de dar água na boca

Bolinho de origem espanhola tem interior graças ao molho bechamel

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 27 jan 2020, 10h25 - Publicado em 24 jan 2020, 06h00

Receita importada da Espanha, a croqueta é uma variação do croquete francês. Por aqui, a pedida cremosa que tem formado oval ou cilíndrico costuma aparecer no menu de casas variadas, e não só nos endereços de inspiração ibérica. Confira quatro versões do salgado.

Croqueta do Arlete: preparada com berinjela Divulgação/Divulgação

BERINJELA
O croquete à espanhola, ou croqueta, é uma das boas pedidas do cardápio do Arlete Bar e Mercearia. Com interior cremoso, que combina molho bechamel e presunto cru, sai a R$ 18,00 a porção com seis unidades. Pelo mesmo preço, pode-se optar pela versão vegetariana (foto), de berinjela com queijo.
Rua Vupabussu, 101, Pinheiros, tel. 2495-4750.

CHOURIÇO
Servido em par (R$ 16,00) ou em porção de quatro unidades (R$ 30,00), o apetitoso bolinho frito do bar-restaurante Vinoteca Paulistana é feito com chouriço. Cremoso como deve ser e de sabor intenso, vai bem com uma gotinha do limão-siciliano, que acompanha o petisco, e com o molho romesco, feito com pimentão e tomate.
Rua Ministro Ferreira Alves, 54, Perdizes, tel. 2305-3471.

JAMÓN
O badalado Tuy Bar, Cocina integra a pequena lista de bares paulistanos dedicados à petiscagem de tapas. Uma das opções é a clássica croqueta cremosa de jamón, levada à mesa sobre uma tábua de madeira. A porção com cinco unidades tem o preço de R$ 42,90.
Rua Jerônimo da Veiga, 163, Itaim Bibi, tel. 3078-8606.

PALMITO PUPUNHA
Assim como se faz na Espanha, a receita do SubAstor tem base de molho bechamel, para não faltar cremosidade. Cubos de palmito pupunha fresco e queijo da Serra da Canastra entram no preparo do delicioso belisco. Na finalização, tem raspas de limão-siciliano e de parmesão ralado bem fininho na hora (R$ 31,00, oito unidades).
Rua Delfina, 163 (entrada pelo Astor), Vila Madalena, tel. 3815-1364.

Na Adega Santiago: bolinho é servido com pedacinho de limão Divulgação/Divulgação

PATO
Misto de bar e restaurante de pegada ibérica, o Adega Santiago é frequentado por quem não se importa em gastar um pouco a mais para provar pratos portugueses e espanhóis. Para petiscar enquanto eles não chegam, peça a porção do salgado recheado de pato desfiado. Um hit da casa, a pedida vem com seis unidades e custa R$ 45,00.
Rua Sampaio Vidal, 1072, Jardim Paulistano, tel. 3081-5211. Mais duas unidades.

Bolinho: rabada é estrela no Nit Rubens Kato/Veja SP/Divulgação

RABADA
Uma das especialidades de Oscar Bosch, à frente do premiado Nit, atende pelo nome de croqueta. O público prova uma ótima releitura dos bolinhos à moda espanhola composta de rabada e enfeitada com molho de vitello tonnato e alcaparras fritas (R$ 19,00 o par). É de tirar foto e pedir bis.
Rua Oscar Freire, 153, Jardim Paulista, tel. 3539-9795.

Continua após a publicidade
Publicidade