Clique e assine por apenas 6,90/mês

Parque Villa-Lobos recebe festival de orgânicos

O evento Da Terra ao Prato promove discussões e vendas de produtos e comidinhas livres de agrotóxicos e aditivos sintéticos

Por Gabriela Santos - Atualizado em 27 jul 2018, 20h30 - Publicado em 27 jul 2018, 18h29

Quem passar pelo Parque Villa-Lobos no sábado (4) e no domingo (5) pode visitar a décima edição do Festival de Gastronomia Orgânica – Da Terra ao Prato. Com entrada franca, o evento receberá, das 10h às 18h, expositores de alimentos orgânicos e cozinheiros renomados, como Mara Salles, do Tordesilhas, e Marcelo Corrêa Bastos, do Jiquitaia e Vista.

Barracas de comidinhas por no máximo 35 reais dão corpo à feira gastronômica, com pratos como a moqueca de legumes, farofa de coentro e pirão de castanha preparada pela chef Ana Luisa Trajano, do Brasil a Gosto.

Legumes e verduras: variedade de alimentos orgânicos oferecidos na feirinha Rodolfo Goud/Veja SP

Na feira de produtos, além de frutas e vegetais sem agrotóxicos, o público também pode adquirir queijos, geleias, pães e cosméticos, todos de pequenas marcas. O festival procura reunir pequenos produtores, associações e cooperativas para divulgar o trabalho e o setor de orgânicos.

No espaço denominado Cozinha Evolutiva, chefs convidados dão aulas para apresentar receitas criadas exclusivamente para o festival. Por 80 reais, os presentes poderão acompanhar o preparo e experimentar as receitas. Os ingressos podem ser adquiridos no site Foodpass.

Continua após a publicidade
Rodrigo Oliveira: um dos chefs convidados pelo evento Divulgação/Divulgação

O famoso dadinho de tapioca do Mocotó será feito em uma versão vegana pelo chef Rodrigo Oliveira, no sábado (4), às 16h.

“Em um momento em que se discute o uso de agrotóxicos no país, é preciso mostrar que há alternativas para a produção de alimentos. O protagonismo de quem cozinha é essencial nessa tomada de consciência, e o setor de alimentos orgânicos se torna essencial nesse processo”, afirma o chef Rodrigo.

Território criança: aulas para os pequenos no festival Divulgação/Divulgação

Além das aulas fechadas, o festival reúne toda a família com o chamado território criança e também com rodas de conversa abertas ao público para discutir temas que envolvem a alimentação e o consumo consciente.

Publicidade