Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Vista

(Desde 2018)

Tipos de Restaurantes: Brasileiros

VejaSP:

Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301 - 8º andar (MAC-USP), - Ibirapuera - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 26583188

Site: vistasaopaulo.com.br

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 12:00 - 16:00 - 18:00 - 22:00

quarta-feira 12:00 - 16:00 - 18:00 - 22:00

quinta-feira 12:00 - 16:00 - 18:00 - 22:00

sexta-feira 12:00 - 16:00 - 18:00 - 22:00

sábado 12:00 - 16:00 - 18:00 - 22:00

domingo 12:00 - 17:00

Faixa de preço: De R$226,00 a R$395,00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (140), Levar vinhos (permite) (R$ 80,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato

Depois de permanecer fechado por 342 dias ou quase um ano, a maior parte desse tempo entre 18 de março e 10 de dezembro de 2020, um dos restaurantes mais bonitos da cidade reabriu. No topo de um edifício desenhado por Oscar Niemeyer, que abriga o MAC-USP, o Vista tem salão charmoso e abre-se para um cenário de desnortear a rotina. De um lado encontra-se o Parque Ibirapuera, com o Pavilhão Ciccillo Matarazzo, edifício que abriga a Bienal de São Paulo, e do outro, o Instituto Biológico da USP. É nesse cenário grandioso que atua o chef Marcelo Corrêa Bastos, do Lobozó e do ótimo Jiquitaia. Com uma legião de paulistanos e turistas em busca de selfies nesse ambiente impactante, o cardápio voltou com alguns ajustes. De entrada, os camarões em- panados e fritos ao molho cremoso de vatapá podem não ser tão carnudos como na descrição do cardápio (R$ 59,00, cinco unidades). Muito saboroso, o arroz de suã com vieiras (R$ 105,00) é preparado com o caldo obtido do cozimento da espinha do porco mais pedaços de linguiça feita na casa e de tomate. De ótima qualidade, uma das inclusões mais recentes do cardápio é o filé-mignon com tutano (R$ 99,00). À carne de ótima qualidade somam-se purê de batata-doce tostada com cebola e agrião mais uma salada de ervas, uma versão dos turnedôs franceses feita para agradar a um grande número de paladares. Embora quase nada tenha de Brasil, assim como o filé, a musse de baunilha, morango, mirtilo, tuille de pistache e sorvete de framboesa (R$ 28,00) é uma delícia. Em agosto, começou a funcionar ao lado do restaurante o bar Vista Balcão.

Informações checadas entre agosto e outubro de 2021.

    Depois de permanecer fechado por 342 dias ou quase um ano, a maior parte desse tempo entre 18 de março e 10 de dezembro de 2020, um dos restaurantes mais bonitos da cidade reabriu. No topo de um edifício desenhado por Oscar Niemeyer, que abriga o MAC-USP, o Vista tem salão charmoso e abre-se para um cenário de desnortear a rotina. De um lado encontra-se o Parque Ibirapuera, com o Pavilhão Ciccillo Matarazzo, edifício que abriga a Bienal de São Paulo, e do outro, o Instituto Biológico da USP. É nesse cenário grandioso que atua o chef Marcelo Corrêa Bastos, do Lobozó e do ótimo Jiquitaia. Com uma legião de paulistanos e turistas em busca de selfies nesse ambiente impactante, o cardápio voltou com alguns ajustes. De entrada, os camarões em- panados e fritos ao molho cremoso de vatapá podem não ser tão carnudos como na descrição do cardápio (R$ 59,00, cinco unidades). Muito saboroso, o arroz de suã com vieiras (R$ 105,00) é preparado com o caldo obtido do cozimento da espinha do porco mais pedaços de linguiça feita na casa e de tomate. De ótima qualidade, uma das inclusões mais recentes do cardápio é o filé-mignon com tutano (R$ 99,00). À carne de ótima qualidade somam-se purê de batata-doce tostada com cebola e agrião mais uma salada de ervas, uma versão dos turnedôs franceses feita para agradar a um grande número de paladares. Embora quase nada tenha de Brasil, assim como o filé, a musse de baunilha, morango, mirtilo, tuille de pistache e sorvete de framboesa (R$ 28,00) é uma delícia. Em agosto, começou a funcionar ao lado do restaurante o bar Vista Balcão.

    Informações checadas entre agosto e outubro de 2021.