Tordesilhas (Desde 1990)

Tipos de Restaurantes: Brasileiros
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Alameda Tietê, 489 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 31077444
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
18:00 - 00:30
quarta-feira
18:00 - 00:30
quinta-feira
18:00 - 00:30
sexta-feira
18:00 - 00:30
sábado
12:00 - 17:00 - 19:00 - 00:30
domingo
12:00 - 17:00
Nos feriados 12h às 17h e 19h às 0h30.
monetization_on

Faixa de preço

De R$151,00 a R$250,00

payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Estacionamento/Valet (R$ 25,00), Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (70), Levar vinhos (permite) (R$ 50,00) (1)

(1)com restrição

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

Nascida numa fazenda em Penápolis, no interior de São Paulo, Mara Salles sempre usou a alma caipira como fonte de inspiração para compor sua cozinha. Num cardápio cheio de encantos, a salada chega à mesa numa combinação de folhas hoje chamadas de pancs (plantas alimentícias não convencionais) — ora-pro-nóbis e bertalha bem combinadas com radicchio, alface-americana, rúcula, palmito pupunha e gomos de laranja (R$ 32,00). A chef faz uma deliciosa casquinha de siri (R$ 25,00) com matéria-prima trazida do litoral baiano e servida na cuia com farinha de mandioca crocante. É invenção dela a pescada-amarela ao molho de moqueca, caruru, acaçá de arroz e farofa de dendê (R$ 79,00). Na doçaria, tem os mesmos predicados a compota de casca de maracujá ao creme de mandioca e crocante de cacau (R$ 24,00).

Preços checados em setembro de 2017.

    MOQUECA

    Na versão do Espírito Santo, a moqueca de badejo preparada pela chef Mara Salles sai por R$ 84,00. Quando acrescida de camarão, o preço sobe para R$ 87,00. Seja qual for a escolha, o prato vem com arroz e pirão. A versão vegetariana de banana-da-terra com um toque de dendê sai por R$ 60,00.

    Preços checados em setembro de 2017.

    Comer e beber

    • 2017 - Indicado

      Melhor Brasileiro Comer & Beber .

      Nascida numa fazenda em Penápolis, no interior de São Paulo, Mara Salles sempre usou a alma caipira como fonte de inspiração para compor sua cozinha. Num cardápio cheio de encantos, a salada chega à mesa numa combinação de folhas hoje chamadas de pancs (plantas alimentícias não convencionais) — ora-pro-nóbis e bertalha bem combinadas com radicchio, alface-americana, rúcula, palmito pupunha e gomos de laranja (R$ 32,00). A chef faz uma deliciosa casquinha de siri (R$ 25,00) com matéria-prima trazida do litoral baiano e servida na cuia com farinha de mandioca crocante. É invenção dela a pescada-amarela ao molho de moqueca, caruru, acaçá de arroz e farofa de dendê (R$ 79,00). Na doçaria, tem os mesmos predicados a compota de casca de maracujá ao creme de mandioca e crocante de cacau (R$ 24,00).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2016 - Indicado

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      Há quase três décadas Mara Salles não erra a receita. A chef e dona do Tordesilhas exibe os predicados logo na comissão de frente (R$ 42,00, para dois), uma combinação de quitutes, entre eles pastel de camarão e abobrinha-brasileira marinada. Clássico da culinária do Espírito Santo, a moqueca capixaba pode ser encontrada numa versão vegetariana de banana-da-terra (R$ 55,00). O sertão nordestino aparece na carne-seca com baião de dois, abóbora assada e vinagrete de maxixe (R$ 65,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2016).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Indicado

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      Quer comida de Belém? Tem! E do Rio de Janeiro? Tem também! Uma das grandes especialistas em cozinha nacional da cidade, Mara Salles construiu um cardápio de delícias nacionais em 25 anos de história. É delicioso o tacacá paraense (R$ 23,00), servido na cuia como manda o figurino: caldo de tucupi, goma de mandioca, folhas de jambu e camarão seco, conjunto que deixa um rastro elétrico de felicidade na boca. Em versão um pouco diferente da original, carioca, o picadinho da casa (R$ 59,00) acaba de voltar ao cardápio. São cubos de carne guisada cobertos por um ovo pochê na companhia de arroz e feijão e misturados como em um baião de dois, além de deliciosas fatias grelhadas de banana-da-terra e farofinha bem fina. De criação da chef, a delicada salada de fitas de abóbora e folhas variadas ao molho de laranja vem com camarão salteado (R$ 37,00). O risoto mulato (R$ 63,00), outra de suas invenções, combina o arroz-agulhinha com caldo de feijoada com a ripa da costela suína e couve verdinha. (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Participante

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      Poucos cozinheiros na cidade levam a culinária nacional tão a sério quanto Mara Salles. A chef faz um mergulho profundo nas raízes do Brasil para construir seu cardápio, resultado de um trabalho exemplar. Além de apresentar clássicos como a feijoada (R$ 65,00, só no almoço de sábado) e a moqueca capixaba (R$ 77,00), também lança de tempos em tempos as próprias criações. Uma das mais recentes, a carne de sol é cortada em bife e preparada na manteiga de garrafa com vinagrete de maxixe e cubinhos de tomate mais mandioquinha e cebola (R$ 60,00). Uma farofinha crocante acompanha. Saborosa, a casquinha é feita de siri trazido de Ilhéus e servida numa cuia indígena (R$ 19,00 a unidade). Quer um pouco de doçura? Vá de pavê de chocolate com café e cristais de pimenta-de-cheiro na companhia de compota de cupuaçu (R$ 21,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Indicado

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      Ainda que não seja tão aconchegante quanto a casa da Rua Bela Cintra, onde dispunha de uma área ajardinada em frente à cozinha, o novo endereço do Tordesilhas também é puro charme. Mantém o estilo de decoração do antigo sobrado e o delicioso clima de informalidade. Com a mudança, a chef Mara Salles aproveitou para fazer alguns acréscimos ao cardápio. Entre os pratos principais, a única novidade é o trio de carnes do sertão — de sol, seca e jabá (R$ 60,00) —, na companhia de vinagrete de feijão manteiguinha de Santarém e farofa bem crocante. O cremoso bolinho de pirarucu (R$ 25,00, oito unidades) ameniza saborosamente o tempo para quem precisa aguardar na agradável área de espera do subsolo. Com um toque notadamente ácido da compota de casca de maracujá, o inusitado creme inglês de pequi (R$ 19,00) — muito bom, acreditem — com suspiros de jatobá acaba de ingressar na lista de sobremesas. Dos antigos pratos, continuam a merecer respeito a costelinha de porco (R$ 58,00) tostada na medida com risoto mulato, feito de arroz e caldo de feijoada, mais couve refogada, assim como o barreado (R$ 65,00), cozido de carnes típico do litoral do Paraná. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Vencedor

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      Ao longo de mais de duas décadas da história do Tordesilhas, Mara Salles vem contribuindo para pôr o Brasil à mesa. Ela mescla receitas tradicionais de várias regiões do país a sugestões próprias, sempre com esmero. Dos clássicos, o tutu à mineira é um creme de feijão-vermelho espessado por farinha de mandioca na companhia de ripa de costelinha de porco assada, couve refogada, ovo frito, torresmos e arroz. A chef se preocupou em incluir no cardápio a moqueca de banana-da-terra, uma deliciosa opção vegetariana. Vem da Amazônia o cupuaçu, transformado em compota que confere brilho ao creme brûlé de chocolate amargo. Da carta de vinhos, o chileno Casa Silva Reserva Merlot 2009 pode combinar com vários pratos.

      Veja SP

    • 2012 - Indicado

      Restaurantes maître Comer & Beber .

      Ao longo de mais de duas décadas da história do Tordesilhas, Mara Salles vem contribuindo para pôr o Brasil à mesa. Ela mescla receitas tradicionais de várias regiões do país a sugestões próprias, sempre com esmero. Dos clássicos, o tutu à mineira é um creme de feijão-vermelho espessado por farinha de mandioca na companhia de ripa de costelinha de porco assada, couve refogada, ovo frito, torresmos e arroz. A chef se preocupou em incluir no cardápio a moqueca de banana-da-terra, uma deliciosa opção vegetariana. Vem da Amazônia o cupuaçu, transformado em compota que confere brilho ao creme brûlé de chocolate amargo. Da carta de vinhos, o chileno Casa Silva Reserva Merlot 2009 pode combinar com vários pratos.

      Veja SP

    • 2011 - Indicado

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      Depois de uma breve reforma onde antes ficava o bar, o restaurante tornou-se maior e mais confortável. As mesas preferidas da clientela, em especial de estrangeiros, são as da área ajardinada dando vista para a cozinha. É ali que a chef Mara Salles, autora do livro Ambiências — Histórias e Receitas do Brasil (editora DBA, 168 páginas) lançado em junho, prepara clássicos de várias regiões do país, assim como inventa suas próprias receitas com sabor de brasilidade. São deliciosos os trapos de bacalhau, petiscos compostos do pescado dessalgado, cru e em lascas servido na companhia de beiju de tapioca. Também empolga o tacacá, típico da Amazônia e de intensidade anestésica suavizada. O caldo de tucupi sobre goma de mandioca e folhas de jambu vem coroado por camarão seco como manda a tradição. Feito com apuro, o bobó de camarão ao estilo do litoral baiano tem crustáceos médios nadando num delicado creme de mandioca. Recebe a escolta de arroz e farofa de dendê. Outra sugestão, a carne-seca desfiada complementa-se por pastéis de queijo de coalho ao aroma de ervas, quibebe e um disco de couve frita. Dúvida na sobremesa? Escale a cocada de forno na calda azedinha de tamarindo enfeitada por uma bola de sorvete de tapioca. Na carta de vinhos, o tinto nacional Talento 2006. Ganhador sete vezes de melhor de sua categoria, a última delas no ano passado, o Tordesilhas recebeu quatro votos nesta edição e numa disputa apertada perdeu o título para o Brasil a Gosto.

      Veja SP

    • 2010 - Vencedor

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      De tempos em tempos, a chef Mara Salles apresenta criações próprias, além de clássicos da culinária nacional. Não falta esmero às suas receitas simples, com equilíbrio de condimentos e sabores vigorosos. Pela qualidade, esses pratos colocam o restaurante pela sétima vez no pódio. É o melhor da categoria numa disputa apertada com o Brasil a Gosto e o Dalva e Dito. Entre as boas invenções de Mara está o tenro galeto assado na companhia de curau salgado na palha de milho e arroz de abobrinha ao aroma de pequi. Do Espírito Santo, a cozinheira apresenta a moqueca de badejo e camarão temperada no urucum com tomate, cebola e coentro. Acompanha arroz soltinho. Antes, a comissão de frente é um combinado de petiscos, entre os quais se destaca a deliciosa abóbora-menina crua na marinada de pimenta-de-cheiro do Pará. Arremata a refeição cocada de forno regada de calda de tamarindo e escoltada por sorvete de tapioca. A carta de vinhos privilegia exemplares de produção nacional, caso do Quinta do Seival Castas Portuguesas 2005.

      Veja SP

    • 2009 - Vencedor

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      A chef Mara Salles mostra cada vez mais apuro nos resultados obtidos na cozinha. Acerta particularmente em clássicos regionais, caso do tenro e marcante pato no tucupi servido com farinha-d'água. Mesmo tão distante da Amazônia, o jambu usado na receita conserva o frescor e todo o poder anestésico que pode conter essa verdura. Também se mostra interessante o menu intitulado "Tem mas tá acabando", lançado neste mês para promover ingredientes de produção artesanal. Do Espírito Santo vêm os crustáceos usados na casquinha de siri. Em seguida, o trio de carnes do sertão compõe-se de charque de lagarto, carne de sol de coxão-duro e carne de fumeiro (defumada no Recôncavo Baiano). De guarnição, recebe vinagrete de maxixe, feijão-manteiguinha de Santarém e farinha de mandioca da Bahia. No arremate, chega a graviola com merengue de jatobá e crocante de sementes de cacau. Para abrir a refeição, a dose da cachaça mineira Lua Cheia custa R$ 8,00. Cuidados como esses garantiram a sexta vitória ao restaurante em treze anos de premiação.

      Veja SP

    • 2008 - Vencedor

      Restaurantes brasileiros Comer & Beber .

      Na legião de mulheres que se dedicam à gastronomia em restaurantes paulistanos, Mara Salles garantiu para si o lugar de pioneira na defesa da cozinha brasileira. Quando as comidas do país ainda não eram moda, ela abriu a primeira versão do Tordesilhas no térreo de um flat, auxiliada pela mãe, dona Dega. Foi nesse endereço um tanto soturno e inadequado para uma casa com tamanho viço que ela deu início aos primeiros festivais de culinária regional. Em sua trajetória no Tordesilhas, premiado pela quinta vez como o melhor brasileiro, resgatou pratos de diversos lugares, entre eles um apetitoso barreado, cozido de carnes típico do litoral paranaense servido com farinha e banana-da-terra. Além disso, criou suas próprias receitas. Uma delas, de inspiração amazônica, é o pirarucu fresco regado de tucupi e cercado de minilegumes. Tanto a carne quanto o peixe podem ser provados também em um adorável menu degustação de oito etapas, oferecido apenas no jantar de terça a sábado. Traz no fim uma sobremesa tentadora: a compota de maracujá com um delicado creme de pequi.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s