Imagem Blog

Notas Etílicas - Por Saulo Yassuda

Por Saulo Yassuda
O jornalista Saulo Yassuda cobre cultura e gastronomia. Faz críticas de bares na Vejinha há dez anos. Dá pitacos sobre vinhos, destilados e outros assuntos
Continua após publicidade

Comer & Beber 2020: Clos Wine Bar tem a melhor cozinha

Em um dos melhores bares de vinho da cidade, Elisa Fernandes prepara receitas impecáveis e está pronta para ingressar no grupo de chefs de talento do país

Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 20 jan 2022, 14h07 - Publicado em 19 nov 2020, 20h14

Perrengues como os da época de MasterChef Brasil — preparar um polvo sem graça ou não conseguir abrir um vidro de goiabada — ficaram para trás na vida de Elisa Fernandes, vencedora do reality show em 2014. Agora, os desafios de cozinheira se mostram bem maiores — coisa que vem tirando de letra. Ela tem a grande missão de cuidar do menu do Clos Wine Bar, um dos melhores bares de vinho da cidade e executar receitas que brilham, ao mesmo tempo que não apagam a importância da bebida.

A vivência de três anos na França, onde trabalhou em restaurantes do estrelado Alain Ducasse, foi fundamental para a construção de uma culinária de base clássica e toque pessoal, sem grandes complicações e com produtos de qualidade, assim como é a bistronomia francesa.

Comer & Beber 2020/2021 - Bares - Cozinha - Clos Wine Bar
A cozinheira, que tem o desafio de fazer uma ótima cozinha e, ao mesmo tempo, deixar a bebida brilhar (Ligia Skowronski/Veja SP)

Os simpáticos grissinis na forma de garrafinhas do couvert (R$ 18,00), composto de queijo boursin e babaganuche, dão a boa expectativa do que vem na sequência. O adocicado das esferas de massa choux assadas recheadas de curau de milho é balanceado com os discos crocantes de pancetta salgadinha (R$ 32,00, com salada).

Continua após a publicidade

De pele perfeitamente chamuscada, o robalo (R$ 56,00) tem a parceria de feijão-manteiguinha em três versões: musse aerada, massinha frita e salada. A copa lombo glaceada com cogumelos e redução de vinho jaune (R$ 58,00) é outro atestado de que Elisa — que pouco se distancia do fogão — é uma revelação e pode ingressar no seleto grupo de bons e boas chefs do país.

Clos Wine Bar. Rua Girassol, 310, Vila Madalena.

 

+ Saiba como foi a cerimônia do guia COMER & BEBER 2020/2021

+ Conheça os melhores restaurantes do guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2020/2021

+ Conheça os melhores endereços de comidinhas do guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2020/2021

Continua após a publicidade

+ Conheça os melhores bares do guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2020/2021

+ Conheça os melhores endereços bons e baratos de São Paulo do guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2020/2021

+ Conheça os destaques da gastronomia do guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2020/2021 pelo voto do leitor

 

Também estou no Instagram: @sauloyassuda

E, olha só, voltei ao Twitter: @sauloy

Continua após a publicidade

Valeu pela visita! Tem alguma novidade para me enviar? Meu e-mail é saulo.yassuda@abril.com.br

 

Assine a Vejinha a partir de 5,90 mensais

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.