Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Comer & Beber 2020: a celebração da resistência

Saiba em detalhes como foi a premiação mais aguardada da gastronomia paulistana

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 27 nov 2020, 07h57 - Publicado em 27 nov 2020, 06h30

É uma edição histórica. Em seu 24º ano de existência, num 2020 cheio de adversidades, o guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER não deixou de ser publicado. Foi produzido em tempo recorde, de agosto a novembro, e, na semana passada, chegou à casa dos assinantes, às bancas e também foi disponibilizado no site da Vejinha.

Essa revista especial, que contou com um belo ensaio clicado pelo fotógrafo Paulo Vitale, no qual brilharam dez estabelecimentos resistentes e com, no mínimo, quarenta anos de vida, premiou os melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas da cidade. Os nomes foram revelados no dia 19, em uma cerimônia transmitida pelo YouTube de VEJA SÃO PAULO direto do Farol Santander e visualizada, até o momento, quase 10 000 vezes. O evento teve a condução do editor-sênior Arnaldo Lorençato e do apresentador Zeca Camargo.

Os titulares dos 33 prêmios e demais indicados participaram da celebração por transmissão ao vivo, do estabelecimento ou da residência, a fim de garantir o distanciamento. Apresentada por Santander, a noite que marcou o lançamento do guia gastronômico mais aguardado do país contou com mais convidados, que fizeram contribuições on-line.

Ana Maria Massochi (Martín Fierro), a dupla Benny Goldenberg e Paola Carosella (Arturito e La Guapa Empanadas) e Raphael Despirite (Fechado Para Jantar) deram um balanço do difícil ano. E as influenciadoras Cecilia Padilha e Izabel Alvares, ex-participantes do MasterChef Brasil, acompanharam o movimento da cerimônia pelas redes sociais.

Comer & Beber - Rodrigo Oliveira
Rodrigo Oliveira: chef na preparação de seu prato Flavio Santana/Divulgação

Também houve uma breve participação dos repórteres Saulo Yassuda e Gabriela Del’Moro, que compõem a equipe de COMER & BEBER, liderada por Lorençato. A dupla falou sobre a escolha dos melhores do ano em bares e comidinhas. A cantora Mônica Salmaso, acompanhada pelo marido, Teco Cardoso, foi a atração musical com três entradas ao longo de quase duas horas.

Durante a exibição, o chef Rodrigo Oliveira (Mocotó e Balaio IMS) — o único convidado que deu as caras presencialmente — cozinhou no estúdio do Farol Santander. De surpresa, ele recebeu, no fim da noite, o prêmio Causa Social, pelo projeto Quebrada Alimentada, feito em parceria com sua esposa, Adriana Salay.

Juntos, eles distribuíram desde março mais de 40 000 marmitas na Vila Medeiros, no extremo da Zona Norte, onde fica o Mocotó. A premiação da dupla é também uma forma de homenagear parte significativa do segmento da gastronomia, que, apesar das dificuldades, se dispôs a ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade com a doação de alimentos.

Uma detalhe importante: Oliveira preparou no estúdio a mesma quentinha que doou no almoço do dia 19 para 200 pessoas. Era uma carne de porco de panela junto de arroz com cereais, legumes orgânicos, acelga e feijão. Estava deliciosa.

Discurso de Massimo Ferrari
Massimo Ferrari: discurso emocionante da personalidade gastronômica do ano Flavio Santana/Divulgação

O reconhecimento de Oliveira foi um dos momentos mais tocantes da noite, que trouxe ainda um emocionante depoimento de Massimo Ferrari, 77 anos, o grande anfitrião da restauração paulistana que levou o título de personalidade gastronômica. “Estou sentindo uma felicidade única, porque este é o prêmio mais importante, mais cobiçado e mais desejado do nosso mundo gastronômico. Ele reconhece o trabalho, a dedicação e o esforço de tantas pessoas”, disse, às lágrimas. “Hoje me sinto a pessoa mais feliz do mundo.”

Continua após a publicidade

Todos os 401 endereços publicados no guia foram visitados e avaliados pela equipe de especialistas. Para garantir a isenção, 100% da contas foram pagas pela Editora Abril. O evento teve o patrocínio de iFood, Nespresso e Stella Artois.

 

Assine a Vejinha a partir de 5,90 mensais

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:

Facebook: Arnaldo Lorençato

Instagram: @alorencato

Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br

Caderno de receitas: + Fettuccine alfredo como se faz em Roma

 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade