Imagem Blog

Notas Etílicas - Por Saulo Yassuda

Por Saulo Yassuda
O jornalista Saulo Yassuda cobre cultura e gastronomia. Faz críticas de bares na Vejinha há dez anos. Dá pitacos sobre vinhos, destilados e outros assuntos
Continua após publicidade

Nascido como delivery, Buco mistura pizzaria e bar na Vila Madalena

Com ar improvisado, ponto inclui opções à moda napolitana e drinques no menu

Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
22 abr 2022, 06h00

O pizza-bar Buco faz jus ao significado de seu nome — buco é buraco em italiano. É porque o pequeno ponto, surgido como uma casa de delivery no início da quarentena, abriu ao público em março de 2022 com ar de improviso.

As mesas são dispostas em uma garagem e em um parklet, com um grafite vibrante para dar uma alegrada. Dos antigos sócios, continua nesta nova fase apenas o chef Rafael Silva, o Mike, que já trabalhou em restaurantes como o Piselli Sud. Mesmo em um espaço sem muito conforto, consegue entregar boas pedidas de sotaque italiano.

Ambiente decorado por grafite em cores brancas e amarelas sobre parede de cor cinza, mesas de madeira e banquetas altas
Ambiente: pequeno ponto na Vila Madalena com ar de improviso (Divulgação/Divulgação)

As pizzas, de massa leve, são da escola napolitana. Ainda assim, dependendo do caso, diferentes coberturas podem dividir o mesmo disco de tamanho individual, o que não é de praxe. A portuguesa do mike (R$ 42,00) reinventa a tradicional combinação de presunto cozido, aqui substituído por mortadela junto de muçarela, ovo, cebola-roxa e coentro.

Se preferir algo menos atrevido, saiba que a margherita (R$ 38,00) é daquelas generosas em molho de tomate. Boa para partilhar, a fugazetta (R$ 45,00) tem inspiração argentina. Trata-se de uma pizza fechada com muuuita muçarela e fatias de cebola-­roxa um pouco ardidas (aquelas que deixam o gostinho na boca).

Continua após a publicidade
Batida de coco de cor branca servida em copo similar ao copo americano
Cocadinha: batida de rum e coco (Divulgação/Divulgação)

Para petiscar, o anfitrião propõe frios de produção própria, como a porchetta servida fininha e um tanto gordurosa junto de mostarda e melado (R$ 41,00).

A hidratação é feita com cervejas, entre elas as botequeiras de 600 mililitros (Beck’s, R$ 15,00), e drinques, como a cocadinha (R$ 12,00), uma batida de rum e coco que pode funcionar como sobremesa.

Avaliação: BOM (✪✪✪)

Continua após a publicidade

Buco
Rua Delfina, 38, Vila Madalena, tel. 2737-2852.
Das 18h até 23h (sábado das 17h até 0h; domingo das 18h até 22h; fecha segunda e terça) 
Instagram: @buco.pizzabar. 

Para ficar por dentro do universo dos bares e da gastronomia, siga @sauloyassuda no Instagram e no Twitter.

+ Assine a Vejinha a partir de 12,90 mensais

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.