Imagem Blog

Delícia de Conta

Por Comidinhas
Dicas de comidinhas com bom custo-benefício e notas sobre promoções que agradam tanto o paladar quanto a carteira
Continua após publicidade

Bachir: provamos o sorvete que virou sensação nas redes sociais

A pedida ficou famosa por poder ganhar uma capa de pistache torrado

Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 18 mar 2022, 16h33 - Publicado em 18 mar 2022, 06h00

Quem avista a fila que se forma na esquina da Avenida Hélio Pellegrino com a Rua Diogo Jácome às vezes não acredita. É tudo por sorvete. Ali fica a única unidade brasileira da rede Bachir, nascida no Líbano em 1936, onde tem cerca de cinquenta lojas, além de dois endereços em Paris.

Sentados nas poucas mesinhas do espaço, inaugurado em dezembro por membros da família fundadora, marmanjos e pequenos provam bons gelados, consistentes, mas cremosos (R$ 12,00 a bola mista, com até quatro sabores).

O melhor deles é o ashta, de leite temperado com essência de flor de laranjeira, que ganha uma opcional “capa” de pistache torrado, que confere uma textura crocante e um toque salgadinho.

Na matriz libanesa, só esse sabor tem chance de receber a cobertura. Por aqui, ela pode ir em todas as opções — foi difícil aos donos dizerem “não” ao público e o resultado viralizou nas redes.

Funcionário passando sorvete ashta na casquinha no pistache
Ashta: o sorvete de leite temperado com essência de flor de laranjeira pode ser coberto por pistache (Clayton Vieira/Veja SP)

Também instigam a curiosidade e o paladar a massa de miski, resina vegetal usada em sobremesas, e a de pistache (ele de novo), verde e mais firme, que se pedida sozinha custa um pouco mais que os demais (R$ 15,00 a casquinha).

Das receitas livres de leite, agradaram a de rosas, perfumado mas não enjoativo, e a de damasco, com o gosto da fruta seca deliciosamente incisivo e nada melado. Variações “comuns”, como morango ou manga, cumprem tabela, mas não fazem feio.

Funcionário passando sorvete ashta na casquinha no pistache
Cobertura de pistache: faz o maior sucesso com os clientes (Clayton Vieira/Veja SP)

Com o banho de pistache, o preço sobe R$ 3,00 na casquinha e R$ 8,00 no copo, mas pode fazer seu engajamento na internet crescer feito tapete voador.

Continua após a publicidade

Bachir
Salão e retiradas: Rua Diogo Jácome, 686, Moema, tel. e WhatsApp 97301-7070. Tem delivery.
Das 10h até 22h (segunda a partir das 11h).
Tem acessibilidade.
Instagram: @bachirbrasil.

Avaliação: BOM (✪✪✪)

+ Assine a Vejinha a partir de 12,90 mensais

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.