Um dia nos Jardins: roteiro para fazer a pé

Arborizado, o bairro concentra diversas opções culturais e gastronômicas, além do visado comércio de luxo

Dá para passar, tranquilamente, um dia inteiro passeando pelos Jardins. São diversos restaurantes estrelados, cafés charmosos e boas opções de compras e lazer – como parques, museus e espaços culturais. Sem falar que caminhar pelas ruas arborizadas da região é uma ótima forma de relaxar e garantir uma atividade física prazerosa.

Pensando nisso, elaboramos um roteiro para fazer a pé durante um dia todo nos Jardins, saindo da Rua José Maria Lisboa:

Paris 6 - Isaac Azar O proprietário do Paris 6, Isaac Azar

O proprietário do Paris 6, Isaac Azar ( Mario Rodrigues/)

1. Café da manhã especial

Nem todo mundo sabe, mas o famoso bistrô Paris 6, inspirado nos cafés, bistrôs e brasseries parisienses, oferece bufê de café da manhã todos os dias, das 7h às 12h. São várias opções de pães, frios, bolos, tapiocas e sucos. Localizado na Rua Haddock Lobo, 1 240, fica a apenas duas quadras do fim da Rua José Maria Lisboa.

Parque Trianon Parque Trianon: ideal para relaxar na região da Avenida Paulista

Parque Trianon: ideal para relaxar na região da Avenida Paulista (Cida Souza/Veja SP)

2. Um passeio no parque

Depois de um café da manhã caprichado, nada como caminhar em meio à natureza para relaxar e respirar ar fresco. Uma das áreas verdes mais conhecidas da cidade, o Parque Trianon, fica a 15 minutinhos de caminhada do Paris 6. Ele é um tesouro no meio da Avenida Paulista, com rica flora remanescente da Mata Atlântica e algumas espécies exóticas.

Masp Cartão-postal inaugurado em 1968: a principal coleção de arte europeia do mundo fora da Europa e dos Estados Unidos

Cartão-postal inaugurado em 1968: a principal coleção de arte europeia do mundo fora da Europa e dos Estados Unidos (Barbara Aguiar/Veja SP)

3. Visita ao museu

Saindo do Parque Trianon, é impossível não ver um dos principais cartões-postais da capital: o Masp. Basta atravessar a Avenida Paulista para visitar o museu mais importante da América Latina, que reúne cerca de 8 000 obras em seu acervo.

Novidade do cardápio do Kouzina: abobrinha empanada com queijo feta, hortelã e romã na forma de mezze

Novidade do cardápio do Kouzina: abobrinha empanada com queijo feta, hortelã e romã na forma de mezze (Rubens Kato/Divulgação)

4. Almoço

Não é à toa que o bairro é o queridinho dos apaixonados por gastronomia. Os Jardins concentram desde restaurantes com menus sofisticados quanto empórios com comidinhas especiais. A nossa dica para o almoço deste roteiro é o aclamado Kouzina, na Rua Peixoto Gomide, 1 710, que fica a 13 minutos de caminhada do Masp.

O restaurante grego tem um menu de 67 pratos, que inclui os clássicos moussaka (lasanha gratinada de fatias de berinjela e batata entremeadas de carne moída e cobertas por bechamel), bifteki (feito com carne de porco e cordeiro, acompanhado com molho de iogurte temperado com pepino e cebola roxa) e kalamakis (espetinhos de cordeiro, carne bovina, de frango e de porco).

Croissant de chocolate do Santo Grão, na Rua Oscar Freire

Croissant de chocolate do Santo Grão, na Rua Oscar Freire (Divulgação/Divulgação)

5. Café ou doce?

Não faltam opções de cafeterias ou docerias nos Jardins. Com mais 10 a 15 minutos de caminhada, você chega a algumas boas opções para o cafezinho pós-almoço: 7 Molinos, Kaya Kafé, Galeria dos Pães, Benjamin A Padaria e Santo Grão.

Para quem prefere doces, fica a dica: VEJA COMER & BEBER 2017/2018 declarou a Casa do Sabor AMMA como a campeã em chocolates na cidade. O terceiro lugar na categoria ficou com a Cau Chocolates, que também está localizada no bairro. Veja outras boas dicas de docerias na reportagem 6 docerias incríveis para conhecer nos Jardins.

Veja outras boas dicas de docerias na reportagem 6 docerias incríveis para conhecer nos Jardins.

Imagem sem fonte Time de artistas vende obras de mascotes na Rua Oscar Freire

Imagem sem fonte</b (Divulgação/Divulgação)

6. Rua Oscar Freire

Uma das ruas mais famosas e chiques de São Paulo, a Oscar Freire fica bem próxima dos cafés e docerias indicados acima. Engana-se quem pensa que as compras ali são apenas de luxo. As lojas são bastante variadas: desde grifes internacionais até marcas mais populares, como Riachuelo e Hope. Além das compras, a rua abriga a Galeria Pet, primeiro espaço de arte dedicado aos animais de estimação.

Quase todos os fins de semana, o MIS promove festas, feiras e shows

Quase todos os fins de semana, o MIS promove festas, feiras e shows (Divulgação/Divulgação)

7. Além do Castelo Rá-Tim-Bum

Com mais 15 minutos de caminhada descendo a Rua Colômbia, você chegará ao Museu da Imagem e do Som. É um dos espaços culturais preferidos dos paulistanos, que recebeu há alguns anos a atração Castelo Rá-Tim-Bum – A Exposição, e sempre apresenta diferentes projetos ao público.

Josephine A balada Josephine é uma filial de uma boate norte-americana

A balada Josephine é uma filial de uma boate norte-americana (Raul Zito/Veja SP)

8. Para curtir a noite

Os Jardins sempre tiveram boas opções para os baladeiros, como a Josephine, a Mokaï e a underground DJ Club. Outras opções são os bares Jet Lag Pub, o Brasserie des Arts e o Barê. Você pode chegar a qualquer um desses estabelecimentos com uma caminhada de 20 minutos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s