Dois bares brasileiros (por enquanto) na lista dos 100 melhores do mundo

O badalado ranking The World's 50 Best Bars divulgou o nome dos estabelecimentos que ficaram entre as posições 51 e 100

Na manhã desta terça (24) foi divulgada a relação 51-100 da aguardada lista The World’s 50 Best Bars. Quem não está entre os 50 melhores bares do mundo em 2019 — que só serão divulgados em 3 de outubro –, mas teve boa colocação, foi conhecido hoje.

Por enquanto, dois bares brasileiros estão no top 100. São eles: SubAstor, instalado no porão do Astor, em 51ª posição, e o Frank Bar, montado no Hotel Maksoud Plaza, em 96ª.

Cacau, do SubAstor: coquetel com gim, cerveja witbier, líquido do cacal e solução de sal

Cacau, do SubAstor: coquetel com gim, cerveja witbier, líquido do cacal e solução de sal (Ricardo D'Angelo/Divulgação)

No ano passado, o SubAstor  havia ficado em 82ª posição e o Frank Bar, em 86ª. (Clique no nome das casas para saber mais sobre elas). O Guilhotina, que em 2018 foi o melhor brasileiro colocado, em 71º lugar, não está entre o 51º e o 100º. A expectativa do mercado é que a casa do bartender Márcio Silva tenha entrado para a lista dos 50 melhores (daí o “por enquanto” do parágrafo anterior).

O ranking é organizado pelo grupo William Reed Business Media, que coleta votos de um júri composto de gente da indústria, da mídia e de especialistas do mundo todo. Exposição, relacionamento e trânsito de bartenders pelo globo são peças fundamentais para um bar conquistar altas posições.

Veja a lista completa, do 51 ao 100

51 – SubAstor, São Paulo
52 – Tayēr + Elementary, Londres
53 – Lost & Found, Nicosia (Chipre)
54 – The Bamboo Bar at Mandarin Oriental, Bangcoc (Tailândia)
55 – Scarfes Bar, Londres
56 – Bar Benfiddich, Tóquio
57 – Two Schmucks, Barcelona
58 – Candelaria, Paris
59 – Tales & Spirits, Amsterdã
60 – Tommy’s, São Francisco
61 – 28 HongKong Street, Singapura
62 – Zuma, Dubai
63 – Buck and Breck, Berlim
64 – Oriole, Londres
65 – Hanky Panky, Cidade do México
66- Bulletin Place, Sydney (Austrália)
67 – Sweet Liberty, Miami
68 – Danico, Paris
69 – Siete Negronis, Santiago (Chile)
70 – Baccano, Roma
71 – Quinary, Hong Kong
72 – BlackTail, Nova York
73 – Central Station, Beirute
74 – Dry Martini, Barcelona
75 – Lobster Bar, Hong Kong
76 – Long Island Bar, Nova York
77 – Panda & Sons, Edimburgo (Escócia)
78 – Satan’s Whiskers, Londres
79 – The Baxter Inn, Sydney (Austrália)
80 – Black Pearl, Melbourne (Austrália)
81 – ABV, São Francisco
82 – Drink Kong, Roma
83 – Charles H, Seul
84 – Le Syndicat, Paris
85 – Bar Trench, Tóqui
86 – Nottingham Forest, Milão
87 – Donovan Bar, Londres
88 – Sin+Tax, Jonnesburgo (África do Sul)
89 – Bar Orchard Ginza, Tóquio
90 – Nutmeg & Clove, Singapura
91 – Lost Lake, Chicago
92 – Tropic City, Bangcoc (Tailândia)
93 – The Pontiac, Hong Kong
94 – Amor y Amargo, Nova York
95 – PS40, Sydney (Austrália)
96 – Frank Bar, São Paulo
97 – The Gibson, Londres
98 – Mabel, Paris
99 – Aviary, Chicago
100 – Clover Club, Nova York

Quer mais dicas? Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha. É só clicar aqui.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s