Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Rodrigo Oliveira leva o Mocotó Café a concorrido ponto turístico de SP

Chef premiado abre lanchonete num lindo edifício, histórico e tombado, da capital

Por Arnaldo Lorençato - Atualizado em 20 Sep 2018, 12h05 - Publicado em 20 Sep 2018, 11h26

Sucesso num dos extremos da Zona Norte, o Mocotó avança pela cidade. Além dos dois endereços vizinhos, Mocotó e Esquina Mocotó, na Vila Medeiros a grife culinária do chef Rodrigo Oliveira chegou à Avenida Paulista com o Balaio, instalado no térreo do Instituto Moreira Salles.

Com nome de Mocotó Café, fincou bandeira no Mercado Municipal de Pinheiros e no Shopping D. É justamente essa lanchonete que acaba de desembarcar no Mercado Municipal da Cantareira, o prédio histórico e tombado com desenho de Ramos de Azevedo.

Mesas para clientes: 28 lugares comunintárias Alex Gomes/Divulgação

O Mocotó Café fica no térreo e tem vista para um os lindos vitrais que adornam o prédio concluído em 1933. “Tinha um ponto vago e resolvi oferecer ao Rodrigo”, conta Osvaldo Nico Gonçalves, dono de negócios como a rede de pizzarias Sala Vip e do Bar do Nico.

Pedidos no balcão: serviço informal Alex Gomes/Divulgação

Oliveira aceitou o convite de imediato, motivado pelo sucesso que faz no Mercado de Pinheiros. “Fomos para lá porque gostamos muito do projeto, mas acabou se tornando um grande negócio””, conta. O passo seguinte foi instalar-se no Shopping D, onde dispõe de uma estrutura maior e consegue inclusive cozinhar o cuscuz, um dos itens do cardápio. Em Pinheiros, as coisas vêm prontas da Vila Medeiros.

Continua após a publicidade
Croqui do projeto: escritório LAB, parceiro antigo de Oliveira LAB/Divulgação

Oliveira conta que o convite que partiu de Nico foi estimulado por José Gaspar, dono do Porco Feliz, que fornece carne suína para muitos restaurantes da cidade. “Não foi a primeira vez que o Nico tinha oferecido um negócio, mas agora deu certo”, comemora o cozinheiro. “Na hora pensei: por que não abrir nesse cartão postal?”

Mais uma vez, o projeto arquitetônico foi do LAB, com quem Oliveira em uma antiga parceria. “Ficou parecido com o de Pinheiros, mas é um pouquinho maior”, descreve. A área própria comporta apenas 28 lugares para refeições, mas também pode-se usar o espaço comum.

Dadinhos de tapioca: atração do cardápio Ligia Skowronski/Veja SP

O Mocotó Café começou a funcionar de maneira informal no dia 14, uma sexta, atendendo somente os comerciantes vizinho. “Estávamos queimando as panelas”, diz Alex Gomes, chef dos cafés. A inauguração foi no dia 17, a última segunda.

Quem passar por lá encontra pedidas como baião de dois, escondidinho, dadinho de tapioca, mocofavá, cafés, cuscuz, bolos e pão de queijo.

Continua após a publicidade

Conheça o cardápio do Mocotó Café no Mercadão.

A conferir.

Mocotó Café.
Mercado Municipal de São Paulo.
Rua da Cantareira, 306, centro, tel. 3326-9511.

Valeu pela visita! Volte sempre e deixe seu comentário. Aproveite para curtir minha página no Facebook e minhas postagens no Instagram. As novidades quentes aparecem também no meu Twitter.

Publicidade