ESPECIAL

VEJA COMER & BEBER São Paulo 2014: Bares - Bom e Barato

Confira a seleção dos melhores endereços dessa categoria

Por: Saulo Yassuda

Comer & Beber - sala da sogra
Sala da Sogra: o melhor bar bom e barato, com o drinque blackberry lemonade (Foto: Mario Rodrigues)

A edição especial VEJA COMER & BEBER São Paulo reúne 200 bares. Abaixo, a seleção de bom e barato na categoria.

  • Bom e barato / Cervejas especiais

    Balcão 304

    Rua Pitangueiras, 304, Saúde

    Tel: (11) 4327 0017

    VejaSP
    8 avaliações

    Não espere grandes confortos neste bar dedicado às cervejas especiais. Escondido em uma área residencial perto da Praça da Árvore, dispensa o serviço de garçons. Para pedir um petisco, como os gostosos bolinhos de risoto recheados de brie (R$ 25,00, sete unidades), é preciso dirigir-se ao balcão. As garrafas que matam a sede da clientela ficam expostas em uma estante. São perto de 100 rótulos, entre os quais preciosidades de 330 mililitros como a dinamarquesa To Øl Amazaison (R$ 30,00) e a escocesa Tennent’s (R$ 20,00) — esta, com leve aroma de uísque.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Bar do Milton

    Rua Doutor César, 1277, Santana

    Tel: (11) 2283 0000

    VejaSP
    1 avaliação

    Empresário escolado no ramo da boemia, Milton Di Francesco não faz mais parte do negócio. Mas basta pedir um chope Brahma (R$ 6,90), que verte cremoso de uma máquina em forma de caneca, para constatar que este segue como um lugar de qualidades. Instalado em uma portentosa construção de esquina com dois andares, o espaço não só tem pinta de pizzaria como possui um menu inteiro dedicado a elas. A cozinha, porém, vai bem além e entrega ótimos canapés e sanduíches, estes cortados em aperitivo para ser devorados aos bocados. Um deles, o capitão manoel novaes, empilha rosbife, queijo prato, cebola, salsinha e azeitona em um pão francês junto de maionese, mostarda e molho inglês (R$ 19,90). Se a ideia é ficar mesmo nas pizzas, todas de massa fininha, uma das cinquenta coberturas combina mussarela de búfala, presunto cru e azeitona (R$ 51,90).

    Preços checados em setembro/outubro de 2015.

    Saiba mais
  • Botecos

    Bar e Armazém Cambuci

    Rua Gama Cerqueira, 86, Cambuci

    1 avaliação
  • Bares variados

    Boca de Ouro

    Rua Cônego Eugênio Leite, 1121, Pinheiros

    Tel: (11) 4371 3933

    VejaSP
    23 avaliações

    Com espírito de boteco, mas ambiente mais arrumadinho e soul e rock das antigas no som, tornou-se o predileto de muitos barmen da cidade. Muitos deles aparecem para beber coquetéis preparados com correção e sem frescura pelo sócio Arnaldo Hirai. Prove o clássico dry martíni (R$ 26,00) e o mark twain (bourbon, limão-siciliano e angustura; R$ 25,00). Se preferir uma cerveja, a carta alterna vinte rótulos bacanas. Desde o começo do ano, serve opções de petisco do dia. Torça para aparecer a saborosa costela bovina grelhada com vinagrete (R$ 21,00). Evite os horários de pico, uma vez que o espaço se resume a algumas banquetas no balcão e à mesa de sinuca no piso superior.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Don Mariano

    Rua João Cachoeira, 178, Vila Nova Conceição

    Tel: (11) 3079 5964

    VejaSP
    1 avaliação

    É um desencanado pedacinho espanhol no Itaim, bom para petiscar na calçada ou fazer uma refeição completa. Não raro, recebe grupos de estrangeiros hospedados nos hotéis do entorno. O combinado de nome perfecto (R$ 44,00) inclui, num prato com divisórias, camarões e cogumelos temperados com lâminas de alho torrado, polvo refogado e os embutidos chistorra (linguiça temperada com páprica) e sobrassada, mais cremosa. Acompanha uma cesta de pães e dá perfeitamente para dividir. Se a fome persistir, a paella valenciana (R$ 56,60), de frango e frutos do mar, é individual, mas serve até duas pessoas. O programa fica completo na companhia de uma sangria (R$ 26,00, meio litro), feita com vinho tinto. Se preferir uma cerveja, há marcas nacionais (Bohemia, Original e Serramalte; R$ 9,50) e importadas, caso da alemã de trigo Franziskaner (R$ 16,10).

     

    Preços checados em 14 de janeiro de 2015.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Sala da Sogra

    Rua Luís Góis, 1150, Mirandópolis

    Tel: (11) 2389 5519 ou (11) 2389 5520

    VejaSP
    8 avaliações

    Não parece um nome dos mais apropriados, mas há uma boa explicação: é que o bar ocupa o que antes era a casa da sogra de um dos sócios, Marlon Sakamoto.Todo escurinho e de decoração simples, o local tem como maior predicado os drinques preparados por Gilliard Carneiro, o Gil. O jack lemon and tonic, por exemplo, equilibra uísque Jack Daniel’s, mel, limão-siciliano e tônica. Custa R$ 22,00, o mesmo preço do gim-tônica, que pode vir acrescido de uma fatia de carambola, e do pear lemongrass, de vodca, capim-santo, limões taiti e siciliano mais xarope de maple e suco de pera. Para não ficar só nos goles, a cozinha expede bobaginhas gostosas como canapé de carpaccio (R$ 32,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Terra Nova Cachaçaria

    Rua Maria Amália Lopes Azevedo, 550, Tremembé

    Tel: (11) 2996 7000

    VejaSP
    2 avaliações

    Heinz Schmitz põe seu bar na rota da boa botecagem com uma parruda seleção de cachaças. São paulistas, mineiras, cearenses,cariocas e catarinenses, que totalizam maisde 300 rótulos — experimente a dose da Lúcia Veríssimo (R$ 9,00) ou da Milagrede Minas (R$ 10,00), ambas provenientes de Ouro Preto (MG). Para tabelar com elas, ou então com uma cervejinha, dá para pedir uma picanha fatiada, acompanhada de alho frito, pão francês e saladinha (R$ 95,00). Somente às quintas, o proprietário serve também receitas alemãs, como joelho de porco e kassler (R$ 65,00 e R$ 45,00, respectivamente).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Tiquim

    Rua Cayowaá, 1301, Perdizes

    Tel: (11) 3582 9743

    VejaSP
    1 avaliação

    Diminuto e de esquina, o boteco acolhe um pessoal desencanado de Perdizes, alguns de estilo quase riponga, além de moças gays, todos atrás de uma cervejinha. Aos cuidados da publicitária Fernanda Huerta e da chef Bianca Battesini, a casas e mostra não raro lotada. Frituras individuais figuram entre as boas pedidas. É o caso do rissole de queijo mussarela e cebola caramelada e do bolovo acrescido de queijo em massa de carne de panela (R$ 8,00 cada um). A caipirinha de limão cravo e uva é pedida obrigatória (R$ 18,50, com cachaça Coluninha).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Umbabarauma

    Rua Rodesia, 128, Vila Madalena

    3 avaliações
  • Bares variados

    Underdog

    Rua João Moura, 541, Pinheiros

    VejaSP
    9 avaliações

    O minissalão só tem espaço para a parrilla e um balcão. As mesas, altas e baixas, espalham-se pela calçada e pelo quintal do imóvel vizinho, prestes a se transformar em um novo salão. Enquanto beberica uma long neck de cerveja Heineken (R$ 8,00) ou uma cuba-libre (R$ 18,00), saboreie as pedidas preparadas com capricho cada vez maior na churrasqueira. Um bom exemplo são as fatias de bochecha suína cobertas de vinagrete de maçã verde (R$ 25,00) e o saboroso hambúrguer de costela montado no pão (R$ 20,00). Pagam-se à parte por complementos como a pimenta jalapeño (R$ 3,00) e o queijo cheddar (R$ 5,00). Para começar a petiscagem de maneira menos carnívora, os morrones são pimentões deliciosamente chamuscados com recheio de queijo branco e chimichurri (R$ 25,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO