Gastronomia

Comer & Beber 2012-2013: os campeões em vinhos

Saiba quais são os melhores na categoria

Por: Fabio Wright e Arnaldo Lorençato - Atualizado em

Comer & Beber 2012-2013 - Enoteca Decanter
Enoteca Decanter, o wine bar vencedor: serviço conduzido por Barbarita Cacegliero (Foto: Ligia Skowronski)

Entre as atrações desta edição está a escolha inédita do melhor wine bar. O charmoso vencedor pertence à Enoteca Decanter, importadora com sede em Blumenau.

+ Conheça os vencedores da edição Comer & Beber 2012-2013

Responsável pela adega do classudo restaurante Fasano há duas décadas, Manoel Beato fatura o título de sommelier do ano. Pela segunda vez consecutiva, a carta de vinhos de melhor qualidade-preço encontra-se nas sete unidades paulistanas da rede Ráscal.

Abaixo, dois dos vencedores.

  • Refeição em bufê

    Ráscal - Shopping JK Iguatemi

    Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041, Vila Nova Conceição

    Tel: (11) 3152 6111

    VejaSP
    1 avaliação

    Fundada por Roberto Bielawski, a rede atingiu sua maturidade servindo pratos bem conhecidos do público fel. Além de saladas variadas, o bufê inclui pizzas repostas a toda a hora, mortadela com pistache, pastrami, palmito pupunha assado e o bom guacamole. A lasanha vegetariana está entre as opções sem erro de prato principal, assim como o ravióli de banana- -da-terra ao molho de manteiga e sálvia. Custa R$ 72,00 (segunda a sexta) e R$ 79,00 (sábado, domingo e feriados). Caso se combinem os itens do bufê com um grelhado, os preços variam de R$ 75,00 a R$ 83,00. Continua atraente a torta de maçã com chantili (R$ 21,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Enoteca Decanter

    Rua Joaquim Floriano, 838, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3702 2020

    Sem avaliação

    Desde 2008, a importadora catarinense mantém uma grandiosa loja no Itaim Bibi com iluminação suave, pé-direito alto e um bonito lustre composto de taças de vinho. Lá, é possível encontrar 1 600 rótulos trazidos de dezoito países, que integram um dos mais importantes catálogos do país. Nos fundos há ainda um aprazível wine bar, com serviço conduzido pelo sommelier Gelson Matias. Chama atenção no catálogo o premiado Abandonado 2011 (R$ 809,00), um corte de vinte castas portuguesas, produzido por Domingos Alves de Sousa e com estimativa de guarda de mais de quinze anos. Há ainda boas opções abaixo dos R$ 100,00, caso do chileno De Martino Carménère Estate Reserva 2015 (R$ 66,60), tinto elaborado no Vale do Maipo, e o branco Paul Mas Gewürztraminer 2015 (R$ 92,50), francês da região de Languedoc.

    Preços checados em 6 de julho de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO