Especial

"Comer & Beber" 2013: bares para comer ostras bem frescas

Confira a seleção dos melhores endereços para provar esse fruto do mar

Por: Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra - Atualizado em

Minato Izakaya
No Minato Izakaya, em Pinheiros, ostras trazidas de Florianópolis (Foto: Ricardo D' Angelo)

O guia "Comer & Beber" apresenta 200 bares. Abaixo, a seleção de endereços que servem ostras frescas:

+ Tudo sobre o "Comer & Beber" 2013

  • Bar-restaurante

    Adega Santiago Cidade Jardim

    Avenida Magalhães de Castro, 12000, Butantã

    Tel: (11) 3758 4446

    VejaSP
    8 avaliações

    Para o paulistano, não bastava a existência de apenas uma unidade da Adega Santiago. Hoje, dez anos depois da inauguração, a rede de bares-restaurantes tem três endereços na cidade. O mais recente (e menor) deles foi aberto em abril, no Jardim Paulista, e bomba desde os primeiros dias de funcionamento. Para um almoço animado ou um jantar festivo, caem bem o bacalhau à brás (R$ 69,00) e as costelinhas suínas no molho da própria carne com couve frita e batata ao murro (R$ 29,00 na versão petisco; R$ 61,00 como prato). Entre um chope gelado e outro (Heineken, R$ 12,90), vale investir no drinque amarguinho vermute riaspritz (vermute envelhecido, espumante e bitter; R$ 37,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    O Catarina

    Rua Ministro Ferreira Alves, 131, Perdizes

    Tel: (11) 2369 5657

    VejaSP
    5 avaliações

    Apelidado de Catarina, o ex-pescador Renato Silvy Andrade foi criado na Praia de Canasvieiras, em Florianópolis. Por isso, faz questão de dar uma cara de boteco à beira--mar ao seu negócio, repleto de mesinhas na calçada. Uma das opções para bebericar é a cerveja do bar, a Ilha Santa Pilsen (R$ 21,00, 600 mililitros), vez ou outra fora da temperatura ideal. Depois de provar os bolinhos cremosos de siri (R$ 30,00, seis unidades), vai muito bem o arroz vermelhinho de camarão, bem úmido. Custa R$ 140,00 e dá para duas pessoas.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Jabuti

    Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, 1315, Vila Mariana

    Tel: (11) 5549 8304

    VejaSP
    1 avaliação

    Eis um classicão da Vila Mariana. Iluminado com luzes frias e repleto de azulejos brancos nas paredes, o botequim investe nos frutos do mar. Garçons das antigas levam à mesa porções como o macio polvo à vinagrete (R$ 54,00) e o escabeche de atum (R$39,50). Continua ótimo o bolinho de bacalhau (R$ 5,00), sequinho e com boa proporção de pescado e batata. Para beber, o chopinho Brahma é bem tirado (R$ 7,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    A Juriti

    Rua Amarante, 31, Cambuci

    Tel: (11) 3207 3908

    VejaSP
    4 avaliações

    Tesouro do Cambuci, esse pé-sujo de bairro não entrega a longevidade apenas nos azulejos fora de moda e nas mesas de fórmica gastas pelo tempo. Impera por ali um clima de boa vizinhança, típico dos botequins que atravessam gerações. Assim, é normal uma conversa começar em uma rodinha de senhores grisalhos junto ao balcão, passar pelo garçom e ir parar lá do outro lado do bar. Entre um gole e outro de cerveja (R$ 11,00 a Original) ou chope (Brahma, R$ 8,00), a maioria petisca tira- gostos escolhidos diretamente no balcão, caso da porção de mariscos ao vinagrete (R$ 30,00). Do cardápio, são pedidas clássicas o bolinho de bacalhau (R$ 4,50) e arã à milanesa, que chega com casquinha crocante e carne extremamente macia (R$ 18,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Japoneses

    Minato Izakaya

    Rua dos Pinheiros, 1308, Pinheiros

    Tel: (11) 3814 8065

    5 avaliações

    É um boteco oriental de pegada mais moderna. Fica em um ponto menos gastronômico da Rua dos Pinheiros e recebe um público descolado no salão de iluminação baixa, paredes escuras e dois balcões, um de frente ao outro. Como os bancos de madeira abrigam apenas vinte pessoas, as esperas são comuns. Entre os tira-gostos frios, estão as ostras vindas de Florianópolis cobertas pelo cítrico molho ponzu, de shoyu, vinagre e limão. De prato quente, há língua bovina frita coberta por molho picante e a pimenta-cambuci recheada de anchova e shimeji. Molha a garganta da clientela o chope Heineken, servido na caneca, e o suave saquê Hakushika Honjozo.

     

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Taberna 474

    Rua Maria Carolina, 474, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3062 7098

    VejaSP
    6 avaliações

    O bar-irmão da rede Adega Santiago também aposta em atmosfera descontraída e menu elaborado. O polvo à tasquinha (R$ 93,00) é fatiado e guarnecido de cebola e batata. Mostra-se tentadora a costela bovina com discos de mandioca frita, farofinha e folhas de agrião (R$ 64,00). Vá de espresso europeu (brandyde jerez, licor de café, expresso, Fernet-Brancae especiarias; R$ 30,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO