A Juriti (Desde 1957)

Tipos de Bares: Botecos
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Amarante, 31 - Cambuci - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 32073908
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
08:00 - 00:00
quarta-feira
08:00 - 00:00
quinta-feira
08:00 - 00:00
sexta-feira
08:00 - 00:00
sábado
08:00 - 00:00
domingo
08:00 - 16:00
Nos feriados funciona das 8h às 16h.
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Lugares/Capacidade total (60 lugares)

Resenha por Saulo Yassuda e Gabrielli Menezes

O garçom passa entre as mesas levando uma rã à milanesa (R$ 20,00), da cozinha até o freguês, e dispara: “Essa é a Cláudia Raia, tem pernas grossas”. Os clientes caem na gargalhada quase instantaneamente, como se já esperassem o final da frase e, mesmo assim, gozassem do prazer de estar mais um dia ali, naquele bar que parece parado no tempo. Os petiscos expostos sobre o balcão de inox são pedidas certeiras. Entre eles, sardinha à escabeche (R$ 5,00 a unidade) e lula ao vinagrete (R$ 50,00). Para acompanhar, aposte na batida de maracujá (R$ 12,00).

Informações checadas entre julho e setembro de 2018.

    Comer e beber

    • 2018 - Participante

      Botecos Comer & Beber .

      O garçom passa entre as mesas levando uma rã à milanesa (R$ 20,00), da cozinha até o freguês, e dispara: “Essa é a Cláudia Raia, tem pernas grossas”. Os clientes caem na gargalhada quase instantaneamente, como se já esperassem o final da frase e, mesmo assim, gozassem do prazer de estar mais um dia ali, naquele bar que parece parado no tempo. Os petiscos expostos sobre o balcão de inox são pedidas certeiras. Entre eles, sardinha à escabeche (R$ 5,00 a unidade) e lula ao vinagrete (R$ 50,00). Para acompanhar, aposte na batida de maracujá (R$ 12,00). (Informações checadas entre julho e setembro de 2018).

      Saulo Yassuda e Gabrielli Menezes

    • 2017 - Participante

      Botecos Comer & Beber .

      Sessentão, integra a lista dos bares mais antigos da capital. Especialmente nos fins de semana, costuma receber senhores do bairro para beber um chopinho na tulipa (Brahma, R$ 9,00) e, claro, petiscar. Boa parte dos itens fica disposta sobre o velho e longo balcão de inox. Aparecem por lá sardinha à escabeche (R$ 4,00), marisco (R$ 40,00) e lula ao vinagrete (R$ 50,00). Outras duas joias locais vêm da cozinha, instalada nos fundos do salão: a rã à milanesa (R$ 20,00) e o bolinho de bacalhau (R$ 4,50). (Preços checados em setembro de 2017).

      Saulo Yassuda e Fábio Galib

    • 2016 - Participante

      Bares botecos Comer & Beber .

      Tesouro do Cambuci, esse pé-sujo de bairro não entrega a longevidade apenas nos azulejos fora de moda e nas mesas de fórmica gastas pelo tempo. Impera por ali um clima de boa vizinhança, típico dos botequins que atravessam gerações. Assim, é normal uma conversa começar em uma rodinha de senhores grisalhos junto ao balcão, passar pelo garçom e ir parar lá do outro lado do bar. Entre um gole e outro de cerveja (R$ 11,00 a Original) ou chope (Brahma, R$ 8,00), a maioria petisca tira- gostos escolhidos diretamente no balcão, caso da porção de mariscos ao vinagrete (R$ 30,00). Do cardápio, são pedidas clássicas o bolinho de bacalhau (R$ 4,50) e arã à milanesa, que chega com casquinha crocante e carne extremamente macia (R$ 18,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Fábio Galib e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Bares botecos Comer & Beber .

      Do alto de seus 58 anos, a Juriti se mantém como bastião da botecagem à moda antiga na cidade. O chope (R$ 7,00) é servido na tulipa e a cerveja, em copo americano.Tem paredes com azulejos de motivos forais, daqueles que há tempos caíram em desuso. Tudo original, nada propositadamente vintage como alguns de seu gênero. Esse ambiente atrai sobretudo distintos senhores do bairro e grupos de amigos em busca de tira-gostos que já viraram clássicos, caso da rã à milanesa (R$ 16,00) e do bolinho de bacalhau (R$ 3,50). Vale ainda percorrer a vitrine de petiscos, que se estende sobre o balcão de inox. Lá estão frutos do mar, queijos e outras deliciosas “bobagens” que fazem muita gente estender a bebericagem, como a sardinha à escabeche (R$ 4,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Saulo Yassuda

    • 2014 - Participante

      Bares botecos Comer & Beber .

      É um daqueles botecos parados no tempo. Que bom. Tem paredes cobertas por azulejos antigos e um balcão de aço inox e fórmica, onde senhores apoiam garrafas de cerveja enquanto discutem futebol ou simplesmente falam sobre o tempo. As loirinhas Original e Serramalte custam R$ 9,00, enquanto a Antarctica e a Brahma saem por R$ 8,00. Nas vitrines, descansam os tira-gostos frios, entre eles queijos, mariscos e roll-mops, sardinhas enroladas na cebola em conserva. Quadros antigos de encaixar letrinhas de plástico, típicos de botequins nostálgicos como este, listam os outros acepipes. Fazem parte da lista a joana d’arc (R$ 22,00), linguiça calabresa flambada no álcool, e a codorna frita (R$ 10,00), repleta de alho torrado e salsinha por cima. Antes de ir embora, vale pedir a batida da casa (R$ 10,00), combinação de amendoim, licores de cacau e ervas mais leite condensado. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Saulo Yassuda

    • 2013 - Participante

      Bares botecos Comer & Beber .

      Saído diretamente do túnel do tempo, é um lugar imutável. Aberto há 56 anos, tem paredes cobertas por azulejos antigos, balcão de aço inox e fórmica. Sua estufa fria vive lotada de frutos do mar, peixes e queijos, as grandes atrações da casa. Garçons da velha guarda recebem clientes de longa data, a maioria de cabelos já coloridos pela pátina do tempo. Quem manda ali é a tradição. A cerveja vem em garrafa (Original e Serramalte, R$ 8,50; Antarctica e Brahma, R$ 7,50), a batida é de amendoim (R$ 9,00) e um mundo de petiscos dos velhos tempos está sempre à mão: ostras (R$ 35,00, uma dúzia), ovo de codorna (R$ 5,00 a porção), pururuca (R$ 3,00 a unidade), sardinha à escabeche (R$ 4,00 a unidade), marisco (R$ 25,00 a porção), lula ao vinagrete (R$ 35,00 a porção), chouriço (R$ 18,00)... (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra

    • 2012 - Participante

      Bares botecos Comer & Beber .

      Numa travessinha da Lins de Vasconcelos, o botecão de verdade se mantém na ativa há 55 anos. A longeva trajetória justifica-se principalmente pela oferta e qualidade dos tira-gostos. São 32 opções, como o roll-mops (sardinha curtida espetada numa cebolinha), a codorna ao alho e óleo e a lula ao vinagrete. Um fogareiro a álcool prepara na frente dos clientes a calabresa joana d’arc, mais célebre petisco do lugar. Na hora de beber, as escolhas recaem sobre o chope (Brahma) e as batidas, como a da casa, de amendoim e acrescida de licor de cacau.

      Veja SP

    • 2011 - Participante

      Bares botecos Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2011/2012

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Bares botecos Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s