Taberna 474 (Desde 2011)

Tipos de Bares: Bar-restaurante
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Maria Carolina, 474 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30627098
Horário:
segunda-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
terça-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:30
quarta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:30
quinta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:30
sexta-feira
12:00 - 00:00
sábado
12:00 - 00:00
domingo
12:00 - 19:00
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Lugares/Capacidade total (95)

Resenha por Saulo Yassuda e Fábio Galib

Casais e engravatados dominam as mesas e o atraente balcão, que lembra o de um bar de tapas arrumadinho. Em boa parte das sugestões do chef Chiquinho Viana, o mar é o denominador comum. As sardinhas na brasa (R$ 49,00 a dupla) agradam pelo aroma e pelo sabor. Presente em várias preparações, o bacalhau ganha uma versão selada na manteiga e servida com bottarga ralada por cima mais batata cozida (R$ 92,00). A lula grelhada leva recheio de farofa de camarão e castanha-do-pará (R$ 66,00, duas unidades). Para acompanhar os pratos, há uma fornida carta de vinhos
predominantemente ibéricos.

Informações checadas entre julho e setembro de 2018.

    SÍMBOLO IBÉRICO

    Há novidades no bar-restaurante Taberna 474. O cardápio de pratos e petiscos, sempre bom parceiro de um copo de vinho ou um coquetel, acaba de receber pedidas valorizadas pela adição de presunto cru, o jamón ibérico. A salada com figo fresco, um pouquinho de queijo feta e fatias finas da especialidade da Espanha (R$ 67,00) é uma opção para pegar mais leve. Na versão crocante, o presunto é salpicado sobre a mistura de batatas e ovos fritos com molho de tomate picante e ervilha (R$ 51,00), no estilo espanhol.

    (Por Gabrielli Menezes)

    Informações checadas em fevereiro de 2019.

    Comer e beber

    • 2018 - Indicado

      Cozinha Comer & Beber .

      Casais e engravatados dominam as mesas e o atraente balcão, que lembra o de um bar de tapas arrumadinho. Em boa parte das sugestões do chef Chiquinho Viana, o mar é o denominador comum. As sardinhas na brasa (R$ 49,00 a dupla) agradam pelo aroma e pelo sabor. Presente em várias preparações, o bacalhau ganha uma versão selada na manteiga e servida com bottarga ralada por cima mais batata cozida (R$ 92,00). A lula grelhada leva recheio de farofa de camarão e castanha-do-pará (R$ 66,00, duas unidades). Para acompanhar os pratos, há uma fornida carta de vinhos predominantemente ibéricos. (Informações checadas entre julho e setembro de 2018.)

    • 2017 - Participante

      Bares-Restaurantes Comer & Beber .

      Uma esquina tranquila do Jardim Paulistano guarda esse espaço, próprio para comer e beber em clima animado, que pertence aos mesmos donos do bar Adega Santiago. As sugestões se dão bem tanto na ala fria, de onde vem a vieira na concha temperada com wassabi, azeite, limão e pimentas (R$ 16,00), quanto na quente, com a saborosa casquinha de bacalhau, por caros R$ 45,00. Antes como sugestão do dia, o molhadinho arroz de bochecha (R$ 79,00) foi promovido a prato fixo. Para acompanhar, há uma boa lista de vinhos e chope (Stella Artois, R$ 12,90). (Preços checados em setembro de 2017).

      Saulo Yassuda e Fábio Galib

    • 2016 - Participante

      Bares bares-restaurantes Comer & Beber .

      O bar-irmão da rede Adega Santiago também aposta em atmosfera descontraída e menu elaborado. O polvo à tasquinha (R$ 93,00) é fatiado e guarnecido de cebola e batata. Mostra-se tentadora a costela bovina com discos de mandioca frita, farofinha e folhas de agrião (R$ 64,00). Vá de espresso europeu (brandyde jerez, licor de café, expresso, Fernet-Brancae especiarias; R$ 30,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Saulo Yassuda e Fábio Galib

    • 2015 - Participante

      Bares bares-restaurantes Comer & Beber .

      Um lugar para beber, celebrar e esquecer da vida. Assim é uma taberna, estilo de botequim à portuguesa. Esta aqui, que ocupa o número 474 da Rua Maria Carolina, parece a versão mais arrumadinha do gênero. Lembra bem, no ambiente e no cardápio, a vizinha Adega Santiago, que pertence ao mesmo dono, Ipê Moraes. Para começar, vale pedir novidades de pegada oriental, como a dupla de ostras cobertas de conserva de yuzu e ovas de massagô (R$ 19,00) e o cru de sardinha (R$ 21,00), fatias finas do peixe cru temperadas com molho cítrico. Embora o flezão de bacalhau agrade pela crosta tostada na brasa a carvão, salpicada de alho frito, o prato (R$ 191,00) pecou no excesso de espinhas e no sabor excessivamente salgado. É melhor ficar com um dos arrozes, entre eles o de lula com a tinta do molusco (R$ 73,00). Na carta de drinques figuram o ótimo negroni envelhecido em barril de carvalho durante sete semanas (R$ 36,00) e o caucasiano (R$ 32,00), coquetel de cachaça, vermute extrasseco, bitter e vinho cream sherry, um tipo de jerez. (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Saulo Yassuda

    • 2014 - Indicado

      Bares cozinha Comer & Beber .

      Inspirada nas tascas portuguesas, tem piso e mesas feitos de madeira rústica e paredes de tijolos pintados. Pertence ao empresário Ipe Moraes, também sócio do bar Adega Santiago e do restaurante Casa Europa, todos nas proximidades. O endereço, que agrada pela impecável cozinha de pegada ibérica, levou o prêmio “Comer & Beber” do ano passado como melhor bar onde comer bem. Bom começo, as tostadas de linguiça e cebola caramelada na ciabatta (R$ 28,00) já chegam cortadas para aperitivo. As sardinhas (R$ 41,00, quatro unidades) passam pela grelha e vêm finalizadas com salsinha picada mais uma metade de limão-siciliano. Novidade do chef Chiquinho Viana, o bacalhau fresco em crosta de azeitonas pretas (R$ 62,00) tem como companheiros aspargo, batata bolinha, palmito pupunha e tomate- cereja. O ótimo arroz de costela (também R$ 62,00) é feito com os grãos do tipo carolino (típico de Portugal) cozidos em caldo da carne e misturados a lascas da carne bovina, cubinhos de tomate e folhas de agrião. Para acompanhar, há chope (Stella Artois, R$ 10,90) e vinhos, como o Quinta da Bica Colheita 2010 (R$ 89,00 a garrafa), português da região do Dão. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Saulo Yassuda

    • 2013 - Vencedor

      Bares cozinha Comer & Beber .

      Existe algo mais simples que uma sardinha assada na grelha? Provavelmente não. Ela ou elas quatro (R$ 35,00), neste caso, chegam cheirosas, quentinhas, cheias de si mesmas e sofisticadas em sabor. Salsinha picada e uma metade de limão-siciliano caramelizado na chapa arrematam a apresentação deste prato que pode ser o símbolo de um estilo de cozinha, o de taberna. E o que vem a ser isso? Um lugar dedicado a prazeres simples, ao comércio de vinhos e comes. Aqui, porém, em uma versão toda bacanuda, de madeira e aço, assinada pelo arquiteto Carlos Motta, e com um chef atrás de uma pequena “escotilha”. Chiquinho Viana, tatuado, alargador na orelha, cara de poucos amigos, pilota os fogões e não tem descanso. Ingredientes nobres saem de sua boqueta em estado de graça. Frescos, ponto preciso, equilibrados no sabor e sempre instigando a próxima garfada. Que o diga o polvo do chef (R$ 68,00), duas lindas e tenras pernocas do octópode grelhadas sobre espinafre e legumes regados a azeite de ervas. Ou o chaparral do mar (R$ 135,00), camarões, lulas, polvos, peixes, uma festa oceânica grelhada. Cento e vinte rótulos de vinho, a maioria ibéricos, fazem companhia para uma ótima carta de drinques. Não deixe de provar o porto tonic (R$ 23,00), porto extra dry, água tônica e hortelã. E viva a simplicidade. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra

    • 2012 - Indicado

      Bares cozinha Comer & Beber .

      Do mesmo dono do Adega Santiago, pertinho dali, e com ambientação bem parecida, serve tentadoras receitas, como a casa-mãe. Gostosa entradinha montada no pão ciabatta, a tostada de queijo branco, tomate e tomilho ao forno já chega cortada para aperitivo. Outras pedidas certeiras são a espetada de lula, polvo e vieira grelhados e o polvo à moda, que traz tenros pedaços do molusco com batata, pimentão vermelho e cebola, tudo regado com bastante azeite português Herdade do Esporão. A oferta de bebidas contempla cervejas nacionais e importadas, drinques e 160 rótulos de vinho, caso do Urban Ribeira 2009, tinto espanhol de Ribera del Duero, da vinícola O. Fournier.

      Veja SP

    • 2012 - Indicado

      Bares bar revelação Comer & Beber .

      Do mesmo dono do Adega Santiago, pertinho dali, e com ambientação bem parecida, serve tentadoras receitas, como a casa-mãe. Gostosa entradinha montada no pão ciabatta, a tostada de queijo branco, tomate e tomilho ao forno já chega cortada para aperitivo. Outras pedidas certeiras são a espetada de lula, polvo e vieira grelhados e o polvo à moda, que traz tenros pedaços do molusco com batata, pimentão vermelho e cebola, tudo regado com bastante azeite português Herdade do Esporão. A oferta de bebidas contempla cervejas nacionais e importadas, drinques e 160 rótulos de vinho, caso do Urban Ribeira 2009, tinto espanhol de Ribera del Duero, da vinícola O. Fournier.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s