Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Restaurantes para comer strudel de sobremesa

Confira quatro endereços para provar o doce folhado recheado de maçã

Por Redação VEJA São Paulo 13 jul 2018, 07h00

O strudel, um doce folhado de origem austríaca, pode vir recheado com diversos sabores e ganhar diferentes acompanhamentos.

Confira quatro restaurantes onde vale a pena provar o doce na versão de maçã:

Bar do Alemão: o restaurante, nascido no interior de São Paulo, é famoso por um prato nada alemão: o filé à parmigiana (R$ 199,00, para dois), mergulhado em muito molho de tomate. Para adoçar os almoços e jantares, serve a tradicional sobremesa de maçã (R$ 21,00) acompanhada de creme inglês.

Bierquelle: aberto em 1984, o local, não muito longe da Represa de Guarapiranga, aposta em opções típicas da Alemanha, como o mix de salsichas (R$ 72,00, para dois), acompanhadas de mostarda feita na casa. Na sobremesa, o strudel é servido com uma porção de chantili à parte. Custa R$ 19,50.

bar-do-alemao.jpeg
Bar do Alemão: strudel acompanhado de creme inglês Fernando Moraes/Veja SP

Caverna Bugre: na casa de mais de cinco décadas, o prato campeão de pedido é o filé alpino (R$ 109,60), que satisfaz duas pessoas com um bife no molho inglês finalizado com queijos. No arremate da refeição, o strudel de maçã sai por R$ 13,00. Com sorvete e chantili, acrescentam-se mais R$ 8,00 na conta.

Windhuk: Dá para perceber que os visitantes são daqueles que voltam e voltam de novo para provar as receitas típicas alemãs, como o joelho de porco acompanhado de batata e repolho-roxo (R$ 91,80). Ao fim, cai bem o strudel de maçã com chantili preparado na casa. Sai por R$ 14,00.

Continua após a publicidade
Publicidade