Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Três lugares para comprar carne que nem parecem açougues

Confira endereços onde cortes como o t-bone, o prime rib e o bife de tira ficam guardados em geladeiras sofisticadas

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 2 ago 2018, 17h41 - Publicado em 10 jun 2016, 19h26

Nada de carcaças penduradas em ganchos. Nesses três açougues-butique as carnes são cuidadosamente dispostas em geladeiras bonitonas. E não só, todo o ambiente é estruturado como se fosse uma loja chique, com balcão e vitrines.

Confira, a seguir, a especialidade de cada um dos endereços da seleção de VEJA SÃO PAULO.

Dry aged na vitrine: maturação a seco é ponto forte do DeBetti Reinaldo Canato/Veja SP

DeBetti Dry Aged. O açougue de Rogério Betti tem como especialidade os dry aged, cortes de maturação a seco. Na grande câmara fria envidraçada, a carne ganha uma capa escura e interior macio. O t-bone (800 gramas) sai por R$ 139,00.

Feed. A imponente casa do Itaim oferece cortes refrigerados e peças que passaram trinta, 45 e até sessenta dias dentro da câmara fria. O prime rib sai por R$ 179,90, R$ 229,90 e R$ 269,90, de acordo com a maturação.

The Butcher: um açougue pequenino e cheio de charme em Pinheiros Fernando Moraes/Veja SP

The Butcher. Pequeno, o açougue apresenta mais de trinta cortes suínos, bovinos, de frango… O bife de tira, do frigorífico argentino Pico, é vendido congelado por R$ 95,00 o quilo.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade