Clique e assine por apenas 6,90/mês

Lugares para comer macaron

O docinho francês à base de amêndoas é bem difícil de fazer. Mas fique tranquilo: há bons endereços na cidade que oferecem a guloseima

Por Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em 28 Maio 2018, 20h19 - Publicado em 7 nov 2012, 11h42

Levíssimo e colorido. Assim é o macaron, docinho de sotaque francês apreciado pelos paulistanos. Preparado em diversos sabores, compõe-se de dois discos de farinha de amêndoa recheados de creme. Confira algumas casas que o preparam.

Brigadeiros By Cousin’s: a especialidade é o brigadeiro. Mas a vitrine está sempre abastecida com delícias como os macarons, em cerca de doze sabores diferentes, incluindo amaretto, capim-santo, frutas vermelhas e doce de leite. A unidade sai a R$ 5,00.

D’Macarons: a confeiteira Daniela Diniz faz o docinho francês em sabores como limão-siciliano, maracujá com manjericão e tiramisu, este recheado de café, marsala e mascarpone (R$ 5,00 a unidade).

Éclair Moi: além dos éclairs de massa leve e recheio sem exagero de açúcar, a casa serve bons macarons: a caixa com quatro unidades em sabores como caramelo, café ou água de rosas custa R$ 24,60.

Folie: o carro-chefe da loja é o doce francês. Ele aparece em mais de trinta sabores, como gianduia, brigadeiro com gengibre, champanhe e lavanda (R$ 5,50 cada).

Pâtisserie Douce France: comandada por um dos nomes mais conhecidos da confeitaria francesa, Fabrice Le Nud, a casa prepara alguns  macarons franceses com sabores tipicamente brasileiros, como açaí e cupuaçu (R$ 6,50 a unidade).

Tartelier: a loja, cuja fábrica fornece sobremesas a restaurantes e hotéis, tem variadas opções do doce. O macaron sai em versões como chocolate e pistache (R$ 4,60 cada um).

Continua após a publicidade
Publicidade